sexta-feira, 18 de maio de 2018

Após afastamento de prefeito, presidente da Câmara assume o cargo em Laje do Muriaé


Carlos José de Freitas Pereira
O presidente da Câmara de Vereadores de Laje do Muriaé, Carlos José de Freitas Pereira, o Cazé (Podemos), foi empossado como prefeito interino na noite de quinta-feira (17) em uma solenidade realizada na Câmara.
Cazé assumiu a chefia do Executivo após a Justiça Eleitoral afastar o prefeito Dr. Rivelino (PP) do cargo.
O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) determinou a realização de uma nova eleição na cidade, mas a data do pleito ainda não foi definida.
O novo prefeito contou sobre seus objetivos na Prefeitura. “Meus objetivos são manter o contato com a população de Laje, pagar em dia os servidores públicos e trazer desenvolvimento para a cidade”, disse Cazé.
Em nota, Dr. Rivelino informou respeita as decisões judiciais e vai tentar reverter a decisão no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O prefeito afastado disse também que estará a disposição da nova gestão e deseja que façam um ótimo trabalho em prol da população.
Afastamento
Dr. Rivelino foi condenado em primeira e segunda instâncias por compra de votos e abuso de poder político nas eleições de 2016.
Segundo a decisão, Rivelino praticou abuso de poder político em seu primeiro mandato ao realizar nomeações para cargos em comissão com desvio de finalidade.
Ainda de acordo com a decisão, na semana anterior à realização da eleição, Rivelino e um candidato a vereador prometeram entregar uma porta à filha de uma eleitora, com a intenção de obter os votos dela e do companheiro. Foi prometida também a construção de um muro, segundo o TRE.
Além do afastamento, a decisão determinou ainda a inelegibilidade do político por oito anos, a contar das eleições de 2016, e multa no valor de aproximadamente R$ 17,5 mil.


G1

COMPARTILHE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe