terça-feira, 29 de maio de 2012

Governo do Estado lança campanha de prevenção ao câncer de mama

Objetivo da ação é conscientizar as mulheres sobre a importância do diagnóstico precoce da doença

O Governo do Estado em parceria com a Sociedade Brasileira de Mastologia (SNM) e a prefeitura do Rio lançou, nesta segunda-feira (28/5) a campanha nacional de prevenção ao câncer de mama. A intenção é conscientizar as mulheres brasileiras sobre a importância do diagnóstico precoce da doença.

Com o slogan “Eu amo meus peitos”, a campanha foi oficializada no Centro de Diagnóstico por Imagem (Rio Imagem), que oferece exames gratuitos, inclusive a mamografia. Desde a inauguração do equipamento, 10.300 exames deste tipo foram realizados no centro que, em média, atende cerca de 100 mulheres diariamente em seu setor de mama.

- Estamos na primeira fase que é a de ampliação do acesso ao diagnóstico deste tipo de câncer, mas há uma segunda fase que é tão ou mais difícil que é o acesso ao tratamento. Acho que o nosso grande desafio é dar acesso para que a população possa definitivamente realizar o tratamento adequado em nossas unidades. Estamos falando em salvar vidas, mas também em evitar mutilações. Há um compromisso meu e do secretário de saúde municipal. Solicitei ao Inca e à Fundação do Câncer para que consigamos fazer um mapa de uma rede assistencial de Oncologia em todo o nosso estado. E um dos nossos grandes focos será a mulher – destacou o secretário de Saúde, Sérgio Côrtes.

Estado já realizou 89% do número de mamografias feitas em 2011
A Secretaria de Saúde tem investido no diagnóstico precoce da doença. Só em 2011, o Estado registrou um aumento de 247% no número de exames realizados, em comparação com o ano anterior. Nos quatro primeiros meses de 2012, as unidades estaduais - Hospital Estadual da Mulher Heloneida Studart e Rio Imagem - realizaram 14.849 mamografias. O número representa 89% de todos os exames do tipo realizados no ano passado inteiro (16.607).

Cerca de 50 mil novos casos de câncer de mama são esperados por ano no Brasil, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), entretanto ações simples como a auto-palpação, exame feito pela própria paciente, recomendado para mulheres com menos de 35 anos, e a mamografia, indicado para mulheres com idade acima dos 40, podem reverter este quadro aparentemente assustador.

- O ideal é que não se tenha medo de enfrentar o exame. Ele é rápido e eficiente. O lucro é muito maior do que o incômodo. Fazer o diagnóstico no estágio inicial faz toda a diferença. Recomendamos que dos 40 aos 50 anos as mulheres realizem a mamografia de dois em dois anos e, anualmente, dos 50 anos em diante - ressaltou a radiologista do Rio Imagem, Maria Luísa Pinero Marsillac.

COMPARTILHE

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Vacinação contra gripe acaba esta semana em todo o país

Brasília – A Campanha Nacional de Vacinação contra a Gripe será encerrada sexta-feira (25) em todo o país. De acordo com o Ministério da Saúde, não há previsão de que o prazo seja prorrogado. Idosos a partir de 60 anos, crianças de 6 meses a 2 anos incompletos, grávidas em qualquer período da gestação, indígenas e profissionais de saúde devem procurar os postos de saúde das 8h às 17h.
A dose protege contra os três tipos de vírus que mais circularam no Hemisfério Sul em 2011, inclusive o causador da influenza A (H1N1) – gripe suína. A meta do governo é imunizar 24,1 milhões de pessoas em todo o país, o equivalente a 80% do público-alvo. O último balanço indica que 13,4 milhões de pessoas já foram vacinadas (44,7% do público-alvo).
O maior alcance, de acordo com o Ministério da Saúde, foi verificado entre o público infantil: 2,2 milhões de crianças vacinadas (51,9% do público-alvo). Mais de 1 milhão de trabalhadores de saúde também foram imunizados (43,5%), além de 888,3 mil gestantes (41,1%), quase 9,1 milhões de idosos (44,3%) e 193,3 mil indígenas (32,9%).
Os grupos foram escolhidos para tomar a vacina depois que estudos demonstraram que eles são mais suscetíveis a doenças respiratórias. Crianças que serão imunizadas pela primeira vez devem tomar duas doses, com intervalo de 30 dias. Aquelas que já receberam uma ou duas doses da vacina no ano passado devem receber apenas uma este ano. Os demais grupos devem tomar dose única.
A vacina não é recomendada para quem tem alergia à proteína do ovo ou apresentou reações adversas às doses anteriores. Pacientes com doenças agudas, neurológicas ou febre devem consultar um médico antes de tomar a vacina. O Ministério da Saúde garante que a dose não provoca efeitos colaterais. A pessoa pode sentir apenas dor leve ou sensibilidade no local da injeção.
Em 2011, de acordo com dados da pasta, 25,134 milhões de pessoas foram vacinadas – 84% do público-alvo definido. No mesmo período, foi registrada uma redução de 64% nas mortes provocadas pelo vírus Influenza H1N1. Ao todo, 53 mortes foram confirmadas. Também no ano passado, houve queda de 44% nos casos graves da doença, que totalizaram 5.230.

Fonte: Agência Brasil

COMPARTILHE

Brasil vai enfrentar crise gerando emprego e investindo em infraestrutura, diz Dilma

Brasília – Em cerimônia de assinatura da ordem de serviço das obras de construção de uma ponte na BR-101, em Santa Catarina, a presidenta Dilma Rousseff disse hoje (21) que, em passado recente, diante da crise financeira internacional, quando o mundo lá fora “espirrava”, o Brasil pegava uma “pneumonia”. Hoje, no entanto, o país construiu uma estabilidade financeira que o fortaleceu para enfrentar momentos de crise como a que vivem os Estados Unidos e países da Europa.
“Desde o processo de abertura democrática deste país, viemos construindo nossa estabilidade. Nos últimos anos, a partir do governo Lula, tivemos o cuidado de criar um conjunto de armas contra a crise externa. No passado, o mundo espirrava lá fora e pegávamos uma pneumonia. Hoje, não pegamos pneumonia, estamos muito mais fortes”, disse na cerimônia, em Laguna (SC).
Dilma observou que há um problema sério no sistema bancário europeu e que a situação na Europa tem se “deteriorado bastante” nas últimas semanas. Ela tem respondido, aos que lhe perguntam como fica o Brasil diante do atual cenário, que o país está preparado. “Me perguntaram outro dia se estávamos preparados para enfrentar o que acontece na Europa e digo que estamos 100% preparados, 200% preparados e vamos resistir à crise criando emprego, investindo em infraestrutura e nas atividades sociais para que sejamos um país que, ao mesmo tempo que cresce, distribui sua riqueza”.
Em seu discurso, a presidenta lembrou que o Brasil tem US$ 370 bilhões de reservas e observou que isso é uma proteção para o que quer que aconteça no sistema financeiro internacional.
A ordem de serviços assinada nesta segunda é para a construção de ponte sobre a Lagoa do Imaruí, na BR-101. A ponte terá 2,8 quilômetros de extensão. De acordo com o ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, a previsão é que as obras estejam concluídas em 2014.

Fonte: Agência Brasil

COMPARTILHE

Passageiros do Galeão já convivem com medidas de segurança para a Rio+20

Da Agência Brasil
Rio de Janeiro - Os passageiros que desembarcam no Aeroporto Internacional Tom Jobim (Galeão), zona norte do Rio de Janeiro, já podem perceber o reforço na segurança no terminal. Isso porque a Polícia Federal (PF) intensificou a fiscalização no embarque e desembarque de passageiros com a utilização de aparelhos de raio X mais sensíveis para visualizar bagagens e rastrear objetos pelo corpo.
A medida faz parte do plano de segurança para a Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20, que terá início no próximo dia 13. Na semana anterior ao evento, a PF contará ainda com o apoio de 200 agentes para ampliar o controle dentro do terminal.
O titular da delegacia especial da PF no Aeroporto Internacional Tom Jobim, delegado Ricardo Bechara, explicou que uma das medidas a serem tomadas é a utilização de aparelho para rastrear resíduos de explosivos e drogas. Ele ressaltou que os agentes contarão ainda com o auxílio de cães farejadores para a identificação de drogas escondidas.
"Já conseguimos a prisão de vários traficantes tentando deixar o país com a utilização desses equipamentos. Para aqueles passageiros que tentam sair do país portando drogas escondidas no corpo, nós também utilizamos um aparelho de raio X pessoal, que faz a busca daqueles indivíduos suspeitos de portarem drogas", disse.
Ainda de acordo com o delegado, será feita uma análise a partir da lista de passageiros que desembarcarão no aeroporto com a finalidade de ter um controle migratório. "O policial federal analisa o passaporte de entrada e saída, e caso encontremos passageiros suspeitos, e nós já sabemos o perfil dessas pessoas que nós não queremos que adentrem no território nacional, serão inadmitidos e retornarão ao seu país de origem", completou.
O policiamento terá ainda o apoio de aproximadamente 90 agentes que virão de outros estados para auxiliar na segurança. O serviço será realizado 24 horas por dia e ainda atenderá a outras áreas do aeroporto, como o estacionamento, a pista, o saguão e as ruas do entorno.

COMPARTILHE

Governo reduz imposto para automóveis e para crédito à pessoa física

Brasília – O consumidor pagará menos Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) na compra de veículos e terá desconto no Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) em qualquer tipo de operação de crédito à pessoa física, anunciou há pouco o ministro da Fazenda, Guido Mantega. As medidas são destinadas a estimular a economia brasileira em meio à crise internacional.
Para veículos de até 1 mil cilindradas, o IPI será reduzido em sete pontos percentuais. Os veículos entre 1 mil e 2 mil cilindradas movidos a álcool ou flex, o imposto caíra 5,5 pontos. Para o mesmo tipo de automóvel movido à gasolina, a redução corresponderá a 6,5 pontos. Os utilitários e veículos comerciais terão o imposto reduzido em 3 pontos percentuais.
A desoneração para os automóveis vale até 31 de agosto e provocará renúncia de R$ 1,2 bilhão para os cofres federais. Além de terem o IPI reduzido, os automóveis terão desconto no preço de tabela segundo compromisso acertado entre o governo e as montadoras. De acordo com o ministro, os fabricantes se comprometeram em reduzir os preços dos veículos de até 1 mil cilindradas em 2,5% sobre o preço de tabela. O desconto será 1,5% para os veículos entre 1 mil e 2 mil cilindradas e 1% para os utilitários comerciais.
De acordo com Mantega, os bancos públicos e privados se comprometeram ainda a aumentar o volume de crédito concedido, o número de parcelas e a reduzir o valor da entrada para a aquisição do bem. O Banco Central também liberará parte do compulsório (dinheiro que os bancos são obrigados a recolher à autoridade monetária) para esse tipo de financiamento.
O ministro anunciou ainda a redução de 2,5% para 1,5% do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) para todos os tipos de operação de crédito à pessoa física. Com a medida, o imposto volta aos níveis do início de 2011. De acordo com Mantega, a redução permitirá que uma linha de crédito com juros de 20% ao ano tenha a taxa reduzida para 19% ao ano.
A redução de IOF para o crédito à pessoa física não tem prazo para deixar de vigorar. Segundo Mantega, o governo federal deixará de arrecadar R$ 900 milhões em três meses apenas com essa medida.


Fonte: Agência Brasil

COMPARTILHE

Governo vai leiloar 500 mil toneladas de milho de estoques públicos para abastecer áreas afetadas por estiagem e seca

Brasília - O governo autorizou a venda de 500 mil toneladas de milho dos estoques públicos para garantir o abastecimento de cooperativas e produtores de aves, suínos e bovinos e a indústria de ração de regiões atingidas pela estiagem e pela chuva.
A venda, operacionalizada pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), está marcada para o dia 31 de maio e será feita por meio de leilão de Valor de Escoamento de Produto (VEP), modalidade em que o governo paga uma subvenção para que o produto seja escoado para uma determinada região em que há dificuldade de abastecimento, segundo o Ministério da Agricultura.
Dessa vez, o objetivo é garantir a oferta do grão nos estados do Sul e do Nordeste afetados pela estiagem e para os da Região Norte, onde as cheias prejudicaram a produção.
O novo leilão de estoques públicos de milho foi autorizado em portaria conjunta dos ministérios da Agricultura, da Fazenda e do Planejamento, publicada na edição de hoje do Diário Oficial da União.

Fonte: Agência Brasil

COMPARTILHE

Mais de 160 funcionários públicos foram expulsos só neste ano

Servidores foram expulsos pelo Executivo por cometerem práticas ilícitas comprovadas
Entre janeiro e abril deste ano o Poder Executivo Federal expulsou 162 servidores públicos por cometerem práticas ilícitas comprovadas. A quantidade, publicada em relatório da Controladoria-Geral da União (CGU), é 33,8% maior que a registrada nos quatro primeiros meses de 2011 e menor apenas que a do mesmo período de 2007, quando foram expulsos 173 servidores.
Entre as práticas ilícitas estão o uso indevido do cargo, improbidade administrativa, abandono do cargo, recebimento de propina e desídia, caracterizada por desleixo e preguiça no serviço. Das expulsões ocorridas até o fim de abril, houve 138 demissões de cargo efetivo, 18 destituições de cargo em comissão, e 6 cassações de aposentadoria.
Cinco ministérios são responsáveis por 75% das expulsões de servidores públicos ocorridas no período: Justiça (32), Previdência Social (31), Educação (27), Fazenda (16) e Saúde (16). Em 2012, o Rio de Janeiro lidera o número de servidores expulsos, com 26, seguido por São Paulo e Distrito Federal, com 18, Mato Grosso do Sul, com 12, e Minas Gerais, com 11.
Em 2011 foram expulsos 564 servidores, o maior número desde 2003, quando teve início o levantamento. De acordo com a CGU, desde 2003 foram expulsos 3.695 servidores federais.

Fonte: Tribuna de Petrópolis

COMPARTILHE

Queda na temperatura faz surgir doenças como a meningite

Número de casos registrados até o momento está dentro do esperado para este período do ano

Baixas temperaturas e ambientes fechados formam o ambiente ideal para a proliferação de doenças infectocontagiosas de transmissão respiratória. É nesta época do ano que a equipe de Vigilância em Saúde registra aumento nos casos de meningites no estado. Este ano não está sendo diferente, mas o superintendente de Vigilância Epidemiológica e Ambiental da Secretaria de Saúde, Alexandre Chieppe, ressalta que a população não precisa se alarmar:

- Neste período do ano observamos uma queda natural nos números de doenças como a dengue e um aumento das doenças respiratórias, como as meningites. É resultado da queda de temperatura e maior aglomeração de pessoas. Até o momento, no entanto, os dados não diferem dos anos anteriores e não observamos tendência de aumento – adverte Chieppe.

De 1º de janeiro a 18 de maio de 2012 foram registrados 133 casos de meningite meningocócica, com 24 óbitos. No mesmo período de 2011, foram 34 mortes.

Para o superintendente, ações simples podem ajudar a evitar a disseminação da doença:

- Manter os ambientes arejados, evitar aglomerações e lavar sempre as mãos são medidas que ajudam a evitar o contágio – aconselha Chieppe.

Doença

A meningite é uma inflamação das meninges, que são as membranas que envolvem o cérebro. Esta doença é causada, principalmente, por bactérias ou vírus, portanto são diversos os tipos de meningites. Nem todas são contagiosas ou transmissíveis. A meningite meningocócica é causada por uma bactéria, o meningococo e é contagiosa.

Pode ser transmitida pelo doente ou pelo portador através da fala, tosse, espirros e beijos, passando da garganta de uma pessoa para outra. Nem todos que adquirem o meningococo ficam doentes, pois o organismo se defende com os anticorpos que cria através do contato com essas mesmas bactérias, adquirindo portanto, resistência à doença. As crianças de 6 meses a 1 ano são as mais vulneráveis ao meningococo porque geralmente ainda não desenvolveram anticorpos para combatê-la. É uma doença grave e devemos estar alertas para os sinais e sintomas porque, se diagnosticada e tratada logo, pode ser curada sem deixar seqüelas para o doente.

Sinais e sintomas

Febre alta; dor de cabeça forte; vômitos (nem sempre, inicialmente); rigidez no pescoço (dificuldade em movimentar a cabeça); manchas vinhosas na pele; estado de desânimo, moleza. Nos bebês pode-se também observar moleira tensa ou elevada; gemido quando tocado; inquietação com choro agudo; rigidez corporal com movimentos involuntários, ou corpo "mole", largado.

Prevenção e vacinas

A vacina contra Meningococo C está atualmente disponível na rede pública para crianças com menos de 2 anos (doses aos 3, 5 e 15 meses), pois faz parte do Calendário Básico de Vacinação da Criança, do MS. A vacina contra o Haemophilus influenzae tipo B também protege contra a meningite e faz parte do calendário. 

COMPARTILHE

Rio Rural: maior concentração de recursos do Bird no setor

Programa do Governo do Estado é o protagonista em ações de sustentabilidade no interior fluminense

Às vésperas da Rio+20 (Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável), o Estado do Rio se destaca em iniciativas de sustentabilidade, que aumentam a renda dos produtores e melhoram a qualidade dos produtos agrícolas. O programa Rio Rural, iniciativa da Secretaria de Agricultura, concentra o maior volume de recursos do Banco Mundial (Bird) no setor e poderá ser replicado em outros países do mundo.

O secretário de Agricultura e Pecuária, Christino Áureo, afirmou que o estado é protagonista na adoção de técnicas produtivas ambientalmente adequadas.

– Temos apenas 0,5% do território brasileiro e não podemos competir em volume de produção. Por isso, buscamos um produto final melhor, com menos agrotóxicos, baseado em propostas sociais e adequado às vocações do estado, como hortifruti e produção leiteira – disse Áureo.

O Rio Rural também foi destaque no evento “Dias da Terra e Água”, promovido pela Organização das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO) este mês, na Itália. Durante o encontro, a FAO elogiou o trabalho do governo estadual e destacou que o programa pode ser replicado em outros países.

– Em 2011, estivemos no Senegal para replicar – em caráter ainda experimental – nosso trabalho. Também nos disponibilizamos a compartilhar, através de acordos de cooperação, tecnologias como o simulador de microbacias, que projeta o cenário futuro dessas regiões depois da implantação de todas as atividades catalogadas – afirmou o secretário.

COMPARTILHE

Compartilhe