quinta-feira, 5 de agosto de 2021

Câmara Municipal de Pádua doa veículo para prefeitura

 



A Câmara Municipal de Santo Antônio de Pádua realizou a doação de um veículo oficial à Prefeitura.

O presidente da Câmara, Luís Carlos, agradeceu todos os vereadores pelo apoio na decisão de promover a doação do veículo e afirmou que é um gesto de parceria onde se pensa no município, “para atender o nosso povo, a comunidade, nas demandas que a Prefeitura tem. 

Já o prefeito da cidade, Paulinho da Refrigeração, parabenizou a atitude e ressaltou que o veículo será de grande utilidade para as demandas do município.

O automóvel será utilizado pela Secretaria Municipal de Transporte.


Marco Sameiro

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Secretaria de Estado de Saúde distribui 298 mil doses de vacina contra a Covid-19

 



A Secretaria de Estado de Saúde (SES) dá continuidade, nesta quinta-feira (05.08), à entrega de 298 mil doses da vacina contra a Covid-19 aos 92 municípios do estado. Estão sendo distribuídas 104 mil doses de CoronaVac para primeira e segunda aplicação e 194.220 da Pfizer para primeira dose.

As cidades do Rio de Janeiro, São Gonçalo, Maricá, Niterói e Itaboraí realizaram a retirada dos seus lotes, nesta quarta-feira (04.08), na Coordenação Geral de Armazenagem (CGA) da SES, em Niterói. Para regiões Norte, Noroeste, Baixada Litorânea e Costa Verde, os imunizantes serão distribuídos por três helicópteros, sendo um da Secretaria de Saúde e dois da Polícia Militar. As aeronaves partem às 8h do Grupamento Aeromóvel da Polícia Militar (GAM), em Niterói. Já para os demais municípios, a entrega será feita por vans e caminhões, com escolta da Polícia Militar, que sairão da CGA a partir das 7h.

- No monitoramento genômico que realizamos no estado identificamos que a variante Delta está em circulação com tendência de aumento e deve se tornar a mais frequente. Por isso, é importante que os municípios continuem avançando no processo de vacinação contra a Covid-19. Independentemente da cepa do vírus ou da sua linhagem, a vacinação segue sendo a melhor medida de prevenção contra a Covid-19 – destacou o secretário de Saúde, Alexandre Chieppe.

A Subsecretaria de Vigilância e Atenção Primária à Saúde (SVAPS) vem reforçando rotineiramente com as secretarias municipais de Saúde a importância de responsáveis técnicos e gestores municipais organizarem suas ações de vacinação, respeitando a destinação das doses para a primeira ou segunda aplicação do esquema vacinal. A SVAPS ressalta que a distribuição do imunizante é feita de forma proporcional e igualitária a todos os municípios.

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Região Norte e Noroeste recebem o Programa Governo Presente

 

Foto: Campos dos Goytacazes

As regiões Norte e Noroeste do estado recebem, entre quinta-feira (05/08) e sábado (07/08), o programa Governo Presente. Durante esses três dias, o governador Cláudio Castro vai dialogar com autoridades, sociedade civil e população de dez cidades, a fim de debater temas de interesse público, como geração de empregos num cenário pós-pandemia. Na ocasião, serão anunciados programas de fomento à economia local, investimentos em obras de infraestrutura e na área da saúde, além da inauguração de serviços como um posto do Detran e do Rioprevidência.

- O Governo Presente chegará a todas as regiões do estado. Após o sucesso do programa na Baixada Fluminense e na Região Serrana, chegou a vez de dialogar com a classe política e a população do Norte e Noroeste do estado. Não temos tempo a perder, e nossa missão é trabalhar muito para que o Estado do Rio consiga superar a crise causada pela Covid-19. Isso só será possível com o povo vacinado e com geração de empregos. Essa combinação vai garantir o reaquecimento da nossa economia – afirmou Cláudio Castro.

A primeira parada do Governo Presente acontecerá em Macaé, no Norte Fluminense, nesta quinta-feira (5). No município, o governador terá agendas voltadas para o meio ambiente e fará o anúncio de uma nova unidade do Corpo de Bombeiros. Também está agendado encontro com autoridades da região e representantes do setor de óleo e gás, comércio e serviços.

Ainda nesta quinta-feira, Cláudio Castro irá visitar Conceição de Macabu, Carapebus, Quissamã, Italva e Cardoso Moreira. Nesses municípios, o governador irá assinar acordo de cofinanciamento para a abertura de leitos e construção de hospital, e visitará obras em rodovia.

Na sexta-feira (6), o governador passará o dia em Campos dos Goytacazes, onde tomará café da manhã com empresários da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) da cidade. Cláudio Castro também vai inaugurar um posto do Detran e estará na entrega da UPA de Guarus. Ele ainda participará de fórum com prefeitos do Norte Fluminense, onde irá anunciar investimentos para a região, e visitará a Casa do Trabalhador.

No sábado (7), o governador irá a São Fidélis, São Francisco de Itabapoana (onde participa de fórum com lideranças femininas para debater, entre outros temas, os 15 anos da Lei Maria da Penha) e São João da Barra. O Governo Presente na região será concluído com uma visita ao Porto do Açu, que possui o terceiro maior terminal de minério de ferro do Brasil. O espaço abriga a maior base de apoio offshore do mundo, onde será construído o maior parque térmico da América Latina. A expectativa é que milhares de empregos sejam criados com o avanço das obras no local.

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Firjan: uso do hidrogênio como energia pode impulsionar investimentos no Norte Fluminense

 



O cenário mundial do uso do hidrogênio (H2) como energia, que prevê investimentos de US$ 500 bilhões até 2030, e o conjunto de oportunidades que o desenvolvimento dessa tecnologia representa para o Brasil e para o estado do Rio foram debatidos na segunda Websérie Novas Energias, organizada pela Firjan. Usado em mais de 130 países, o H2 poderá trazer investimentos para o Rio, como no Porto do Açu, em São João da Barra, que já negocia a instalação de usinas no local.

“É uma oportunidade única de discutir o tema de extrema relevância para a indústria e sua competitividade internacional. União Europeia e EUA têm metas ambiciosas de redução de emissão de carbono até 2050 e vão recorrer ao hidrogênio”, analisou Giorgio Luigi Rossi, coordenador da Firjan Internacional e um dos mediadores da série “Rotas de Hidrogênio: energia do futuro e oportunidades para o Rio”.

No país, os projetos de hidrogênio verde somam US$ 22 bilhões. Além de ser uma fonte limpa de energia, o H2 pode gerar produção de Hidrogênio Verde, oriundo de fontes renováveis eólica e solar; e de Hidrogênio Azul, fabricado com captura de carbono (CCUS) e gás natural.

Cana e petróleo atraem produção de H2

Com isso, abre-se a oportunidade de expandir e integrar a produção desse combustível às energias solar, eólica offshore e ao mercado de Petróleo e Gás, principalmente por meio do uso de plataformas antigas, como é o caso da Bacia de Campos. No caso do Hidrogênio Verde, sua produção pode ser ainda mais um destino para o biogás gerado nas usinas de cana-de-açúcar, incrementando a indústria sucroalcooleira da região.

Motivos pelo quais o Porto do Açu é alvo de estudos da australiana Fortescue, uma das maiores produtoras de minério de ferro do mundo, para instalação de uma unidade com capacidade de 300 megawatts. O porto também está assinando acordos sigilosos (NDAs) com outras empresas interessadas na produção. Companhias dos ramos químico e siderúrgico já sinalizaram interesse, tendo em vista a necessidade de reduzir os elevados patamares de emissão de carbono em suas cadeias produtivas.

“Abre um leque de opções de produção de baixo carbono, também com o uso da amônia, que tem maior potencial de transporte do hidrogênio. Estamos participando desse desenvolvimento da tecnologia e do mercado”, explicou Filipe Segantine, gerente de Desenvolvimento de Negócios Sustentáveis no Porto do Açu.

“A demanda por hidrogênio verde tem a ver com a descarbonização, com o compromisso mundial de conter o crescimento da temperatura global em 1,5 grau. O H2 vai transformar o mercado de energia mundial. Até 2025, os países que representam 80% do PIB mundial terão suas estratégias de hidrogênio definidas. A Alemanha definiu que vai descarbonizar sua economia até 2050 e, para isso, precisa importar 90% de H2. Com esse objetivo, dedica recursos para fomentar a economia de hidrogênio no Brasil e em outros países. Mais de 60% das empresas alemãs com tecnologia nessa área têm subsidiárias no Brasil”, destacou Ansgar Pinkowski, gerente de Inovação e Sustentabilidade na Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha do Rio de Janeiro (AHK Rio).

Só neste ano, seis memorandos foram assinados por multinacionais para instalação de usinas em três estados, incluindo o Rio de Janeiro. A expectativa é de que em 30 anos, o Hidrogênio Verde (H2V) possa representar até 20% da matriz energética global.

“O Ministério de Minas e Energia (MME) vai lançar o Programa Nacional de Hidrogênio, produzido pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE), e que tem sua minuta sendo avaliada pelo Conselho Nacional de Política Energética do Ministério. O H2 foi introduzido como um dos temas prioritários de pesquisa e desenvolvimento”, adiantou Luciano Basto Oliveira, consultor técnico na EPE, do MME. A nota técnica de fevereiro de 2021 da EPE já mostra o panorama desse mercado, seus desafios e oportunidades.

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Quinta da Carne - Supermercados Fluminense



 

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

quarta-feira, 4 de agosto de 2021

Alerj: projeto isenta imposto estadual cobrado sobre arroz e feijão

Medida iguala carga tributária com a de São Paulo, garantindo competitividade ao Rio



O arroz e o feijão podem ter isenção do ICMS cobrado sobre a venda desses produtos dentro do estado. É o que prevê o Projeto de Lei 4.406/21, do deputado Rosenverg Reis (MDB), que será votado em discussão única pela Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) nesta quarta-feira (04/08). Caso receba emendas, o projeto sairá de pauta.

Segundo o autor, a medida procura baratear o custo desses alimentos para as famílias. “Diante de todas as dificuldades econômicas a que a população de nosso estado está vivendo em razão da pandemia do coronavírus, protocolei esse projeto para colar o benefício de São Paulo e isentar a carga tributária desses alimentos tão essenciais na mesa de todo cidadão fluminense”, justificou.

A medida equipara a carga tributária a do estado de São Paulo definida nos decretos 61.745 e 61.746, ambos de 2015. Esse processo, conhecido como colagem, é autorizado pela Lei Complementar Federal 160/17 e pelo Convênio ICMS 190/17, com o intuito de evitar a guerra fiscal entre os estados.

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Pôr do Sol musical apresenta Renata Cabral e Gabriel Lobo em frente ao Rio São João

Dupla de amigos se apresentam em Barra de São João neste sábado, dia 7, no Restaurante O Caiçara



Renata Cabral e Gabriel Lobo voltam a tocar juntos neste sábado, dia 7. Desta vez a dupla faz o convite musical para quem gosta de apreciar as belezas naturais da beira Rio São João, em Barra de São João. Cantores são antigos parceiros na música e se reencontram no restaurante O Caiçara, às 15h30, no distrito de Casimiro de Abreu.

Gabriel Lobo foi o primeiro parceiro musical com que Renata trabalhou e é responsável, em parceria com o músico Marcelo Mattos, pela Produção Musical do CD da cantora, intitulado Samba Negro.

Músico experiente, atuando desde 1999, participou de projetos de Blues, Jazz, Samba, Bossa Nova, MPB, Reggae e Rock nos estados de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Amazonas, Roraima, Rondônia e Bahia.

Esse reencontro promete grandes emoções traduzidas em um repertório rico de MPB, Bossa Nova Samba.

SERVIÇO

Renata Cabral e Gabriel Lobo

Pôr do Sol Musical

Local: Restaurante O Caiçara

Endereço: Rua Andrade Silva, 968-1050 - Barra de São João, Casimiro de Abreu

Data: 07 de agosto

Mais informações e reservas pelo telefone (22) 99223-2048


Bruno Pirozi

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Rede de abastecimento da Cedae é atingida por obra e fornecimento é interrompido em Miracema



Uma rede de abastecimento da Cedae foi atingida na manhã desta quarta-feira (04), na esquina da Rua Joaquim Rosa da Gama com a Travessa Eugênio Bereta, no bairro Pontilhão do Rosa, em Miracema. O acidente foi causado por empresa que está realizando obra da prefeitura municipal na região.

Por conta deste ocorrido, o fornecimento de água está interrompido para todo o município de Miracema. Técnicos da Cedae estão atuando no serviço de reparo, dando início à normalização do abastecimento.

Moradores de imóveis que dispõem de sistema de reserva (caixas d’água e/ou cisterna) não devem sofrer desabastecimento. Mesmo assim, a Companhia pede que os clientes usem água de forma equilibrada e adiem tarefas não essenciais que exijam grande consumo de água. Vale informar que clientes podem solicitar o abastecimento por carro-pipa pelo 0800-282-1195.

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

MEC cria Programa Educação e Família para sugestões e denúncias

 

Marcelo Camargo/Agência Brasil 

O Ministério da Educação publicou no Diário Oficial da União do dia (3) a portaria que institui o Programa Educação e Família. Voltado às escolas públicas de educação básica, o programa buscará “fomentar e qualificar a participação da família na vida escolar do estudante e na construção do seu projeto de vida, com foco no processo de reflexão sobre o que cada estudante quer ser no futuro e no planejamento de ações para construir esse futuro”.

A Portaria nº 571 apresenta princípios, objetivos, ações estratégicas e competências do programa, além de descrever como será feito seu monitoramento e avaliação.

Entre os objetivos, estão os de promover ações de formação que envolvam a família e os profissionais da educação; apoiar técnica e financeiramente as escolas participantes do Programa Dinheiro Direto na Escola, para a elaboração e implementação do plano de ação da escola; e a promoção de ações que potencializem a participação da família na vida escolar dos estudantes.

O programa pretende, também, apoiar a elaboração de materiais pedagógicos que valorizem e versem sobre a integração família escola; promover ações que visem à reflexão sobre a importância da família e da escola na construção do projeto de vida dos estudantes; fomentar ações de fortalecimento do conselho escolar, qualificando a atuação dos conselheiros; e promover ações que ampliem o acesso às informações educacionais e financeiras das escolas públicas.

Com o programa, o MEC buscará melhores condições para a consecução das metas do Plano Nacional de Educação (PNE), bem como das premissas da Base Nacional Comum Curricular (BNCC).

EBC

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Itaperuna: Inscrições abertas para atividades esportivas no Poliesportivo

 

Em Itaperuna, RJ, estão abertas as inscrições para atividades esportivas no Centro Poliesportivo. Os interessados devem procurar a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (sala ao lado da piscina), de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. O Centro Poliesportivo está situado na Rua Luiz Carlos Ferreira Tirado, 148, Cidade Nova.

Confira as modalidades disponíveis!

FUTEBOL

Sub 07, Sub 09, Sub 11, Sub 13 e Sub 15: segunda, terça, quarta, quinta e sexta às 16h

Nascidos em 2007 a 2013: sábado às 8h

XADREZ

Segunda: iniciante às 9h | avançado às 10h30min

Terça: iniciante às 14h | avançado às 15h30min

Quarta: iniciante às 9h | avançado às 10h30min | iniciante e avançados às 18h

Quinta: iniciante às 14h | avançado às 15h30min

CONDICIONAMENTO FÍSICO

Segunda a sexta-feira: 6h às 7h | 7h às 8h | 18h às 19h | 19 às 20h

ATIVIDADES RÍTMICAS

Segunda, quarta e sexta: 7h às 8h | 19h às 20h

CAPOEIRA

Terça e quinta: 8h às 10h | 17h30min às 19h30min

VOLEIBOL

Segunda e quinta: 14h às 16h

Segunda e quarta: 8h às 9h | 9h às 10h

NATAÇÃO

Segunda, quarta e sexta: 8h às 9h | 16h às 17h (menores de 18 anos) | 17h às 18h (maiores de 18 anos)

Observação: somente lista de espera. Surgindo vaga, o professor entrará em contato com os interessados.

BASQUETE

Segunda e quarta: 9h (8 a 12 anos) | 10h (13 a 17 anos) | 15h e 18h (8 a 12 anos) | 14h e 17h (13 a 17 anos)

Sábado: 15h

BALLET E GINÁSTICA RÍTMICA

Segunda e terça: 9h às 10h (6 a 10 anos) | 14h às 14h50min (03 a 05 anos) | 15h às 15h50min (06 a 10 anos) | 16h às 16h50min (a partir de 11 anos)

HIDROGINÁSTICA

Segunda, quarta e sexta: 7h às 8h | 18h às 19h

A secretaria do Centro Poliesportivo ainda informa que a quadra de areia próxima à piscina está reservada para o condicionamento físico nas quartas e quintas, das 6h às 8h e 18h às 20h. É importante lembrar que os protocolos sanitários estão sendo cumpridos.

 

Decom Itaperuna

 

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Quarta Maluca - Supermercados Fluminense



 

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

terça-feira, 3 de agosto de 2021

Secretaria de Saúde de Itaperuna utiliza prontuário eletrônico em UBS de bairros e distritos

 


Em Itaperuna, RJ, a Secretaria Municipal de Saúde já conta com sete Unidades Básicas de Saúde (UBS), que estão utilizando o prontuário eletrônico. As unidades utilizam o Sistema Prime, sendo elas, Aré, Boa Vista, São Francisco, Fiteiro, Guaritá, São Mateus e Júlio Costa, em Comendador Venâncio.

O prontuário eletrônico torna o processo dinâmico, no que se refere ao envio da produção e possibilita controlar as ações da equipe diariamente, bem como facilita a busca por indicadores, possibilitando maior agilidade no trabalho.

As equipes da UBS passaram por treinamentos e, a todo o tempo, há acompanhamento dos técnicos de informática junto à Atenção Primária, visando auxiliar no caso de dúvidas no uso diário do sistema. Após o treinamento, os técnicos continuam dando suporte durante 30 dias, para sanar dúvidas. Depois desse período, os técnicos continuam prestando assistência, sempre que houver necessidade.

Segundo Elisabete Teixeira da Silva, coordenadora de Atenção Primária à Saúde, a informatização ocorrerá em todas as UBS e também será descentralizado o agendamento de consultas especializadas e exames.

“Hoje, isso ocorre apenas no Centro de Saúde Raul Travassos, com as consultas especializadas e na Central de Regulação Municipal, Casa Laranja; com os exames de média e alta complexidade. Com a descentralização, os pacientes poderão solicitar consultas e exames nas UBS”, comenta.

Quando o sistema começar a ser implementando haverá uma série de testes.

“Inicialmente nas UBS São Manoel, Boa Vista, São Francisco, São Manoel e Retiro do Muriaé, unidades piloto. Posteriormente, após ajustes necessários, a descentralização ocorrerá nas demais UBS”, finaliza a coordenadora de Atenção Primária à Saúde.

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Deputado Charlles Batista busca melhorias para agentes da segurança pública do RJ

 


Melhorias nas condições de trabalho para os servidores da Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Estado do Rio de Janeiro foram debatidas pelo deputado estadual Charlles Batista com o diretor-geral da corporação, Silvinei Vasques, nesta segunda-feira (02/08), em Brasília. O líder do PSL na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) reforçou os apelos por aquisição de equipamentos, avanços na estrutura de cargos e salários e na legislação.

“A preocupação do deputado Charlles Batista com melhores condições de trabalho no Rio de Janeiro é nossa também. Além da compra de equipamentos, estamos buscando a modernização da PRF na estrutura organizacional e legislação, e o deputado tem sido um grande parceiro”, afirmou o diretor-geral Silvinei Vasques.

Charlles Batista também pediu o apoio da PRF, sempre que possível, no trabalho das Guardas Municipais através de logística, capacitação e operações em conjunto.

“Sabemos o que realmente nossos policiais rodoviários federais precisam. Como já disse outras vezes, a segurança pública pode contar comigo, todos esses nobres guerreiros da PRF, da Polícia Militar e das Guardas Municipais têm voz dentro da Alerj. Vamos avançar!”, destacou Charlles Batista.

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Porciúncula: Faixa preta 3º grau em Jiu Jitsu é destaque em eventos interamericanos


 

Mantendo a tradição do sucesso das artes marciais no município, o atleta Carlos Fernando Filho tem levado o nome de Porciúncula para além das fronteiras do Estado. Este ano o Faixa Preta 3º Grau em Jiu Jitsu, esteve presente em vários importantes eventos, competindo na Categoria Leve, até 76 quilos.

Fernando obteve a 2ª colocação no Pan Americano, que aconteceu na Vila Militar em Deodoro, no Rio de Janeiro (30/06). Participou do Sul Americano Open, também em Deodoro (30/05), onde obteve a 3ª Colocação. Nesta competição também participou o Faixa Roxa Mikon Ferreira, aluno de Fernando, que foi Campeão Sul Americano na Categoria Meio-pesado.



Mas as conquistas não ficam por ai, Fernando também se consagrou Bicampeão no Campeonato Estadual de Jiu Jitsu (11/07), na Barra da Tijuca; e obteve a 3ª Colocação no Campeonato Hélio Gracie (20/06), em Deodoro.

O atleta, que cursa Educação Física e é proprietário da Academia Pró-Fight - Equipe Dela Riva, agradece a Prefeitura de Porciúncula, pelo apoio: “O município nos ajudou com transporte, custeio de passagens e alimentação. E agora com a pontuação obtida, temos a possibilidade de dar entrada na Bolsa Atleta”, comemora Fernando, que é patrocinado pela Super Útil, Padaria São José, Mercado São Sebastião, Loja D’presentes e Concunhados Bar.

 Ascom Porciúncula

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Terça Verde - Supermercados Fluminense



 

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Ministro das Comunicações defende privatização dos Correios em pronunciamento

Fábio Faria disse que é preciso fortalecer a estatal


O ministro das Comunicações, Fábio Faria, fez, na noite de hoje (2), um pronunciamento em rede nacional de rádio e TV para defender o projeto de privatização dos Correios. A defesa foi feita em função da retomada dos trabalhos do Legislativo após o recesso parlamentar de julho.

No pronunciamento, o ministro disse que os Correios são um "orgulho do Brasil" e que é preciso fortalecer a estatal para garantir a universalização dos serviços postais.

"Com a privatização, os Correios vão conseguir crescer, competir, gerar mais empregos, desenvolver novas tecnologias, ganhar mais eficiência, agilidade e pontualidade. Somente assim, os Correios poderão manter a universalização dos serviços postais, que significa estar presente em todos recantos do país", disse.

Faria também disse que, no passado, a empresa foi alvo de corrupção e que a estatal registrou lucro de R$ 1,5 bilhão em 2020.

"Mesmo com muito trabalho e seriedade, o faturamento se mostra insuficiente frente ao que precisa ser investido todos os anos. São necessários R$ 2,5 bilhões por ano em investimentos para que os Correios permaneçam competitivos e possam disputar o mercado com as outras empresas de entrega, de logística que já operam aqui no Brasil", afirmou.

Em abril deste ano, os Correios foram incluídos no Programa Nacional de Desestatização (PND).

O tema está em debate na Câmara dos Deputados, por meio do Projeto de Lei (PL) 591/21, que trata da exploração dos serviços postais pela iniciativa privada. A urgência da tramitação do projeto já foi aprovada pela Casa.

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

segunda-feira, 2 de agosto de 2021

Inea registra presença de onça-parda no Parque Estadual dos Três Picos em Nova Friburgo

 


O Instituto Estadual do Ambiente (Inea) registrou, no dia 12/7, a presença de uma onça-parda (Puma concolor) em Nova Friburgo, dentro dos limites do Parque Estadual dos Três Picos (PEPT), unidade de conservação administrada pelo órgão. Segundo maior felino do continente americano, a espécie tem baixa população naturalmente, e está ameaçada pelo avanço da ação humana no habitat natural.

O animal símbolo do PEPT foi filmado em dois pontos, na parte baixa e na parte alta do Complexo Caledônia, localizado na Região Serrana do Rio de Janeiro. A presença da espécie na unidade de conservação evidencia que o ecossistema da região está saudável, uma vez que a mesma está no topo da cadeia alimentar. A sobrevivência do felino no parque indica também que o ambiente proporciona condições para que isto aconteça.

- Fortalecer os nossos Parques e Unidades de Conservação é parte fundamental do nosso trabalho, pois com isso garantimos um ecossistema saudável para as espécies de fauna e flora em nosso estado - destaca o secretário do Ambiente e Sustentabilidade, Thiago Pampolha.

O monitoramento de animais no local é feito por meio de 20 armadilhas fotográficas com câmeras que foram disponibilizadas à unidade de conservação por meio do projeto Aventura Animal e do colaborador Juram Santos. O equipamento auxilia a equipe do PEPT no monitoramento da qualidade ambiental da fauna.

- As armadilhas promovem, por meio de registro visual, um maior conhecimento da fauna presente dentro do parque e na região. É importante vermos a atividade do animal, como ele se comporta, o que ele faz naquele espaço. Monitoramos também a presença humana, o que auxilia na coibição da caça, por exemplo - explica o coordenador do Núcleo Três Picos, Rominique Schimidt.

A onça-parda, também conhecida como Suçuarana e Leão-baio, alimenta-se de animais silvestres de portes variados e exerce papel vital na manutenção da integridade dos ecossistemas onde ocorre. A espécie tem a capacidade de adaptação a vários tipos de ambientes, de desertos quentes aos altiplanos andinos, com maior atividade ao entardecer e à noite.

Sobre o parque

Com área aproximada de 65 mil hectares, o Parque Estadual dos Três Picos abrange partes dos municípios de Teresópolis, Guapimirim, Nova Friburgo, Cachoeiras de Macacu e Silva Jardim, na Região Serrana do Rio. Além do novo núcleo em Teresópolis, a unidade de conservação possui sede em Cachoeiras de Macacu, um núcleo de montanha em Nova Friburgo e um núcleo operacional em Guapimirim.

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Governo investe mais de R$ 50 milhões em obras de urbanização em unidades habitacionais

 


O Governo do Estado investirá mais de R$ 50 milhões para concluir a construção de imóveis e a reforma de conjuntos habitacionais na capital, Baixada Fluminense, Região Serrana, Norte, Noroeste e Médio Paraíba. Também estão previstas obras de urbanização em diversos municípios fluminenses. Os recursos já foram liberados pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Obras.

- O combate à pobreza é uma das minhas principais preocupações, e o governo tem olhado para a população que mais precisa e que mais foi afetada pela pandemia da Covid-19. Estamos trabalhando em várias frentes. Além do programa SuperaRJ, que garante auxílio emergencial para famílias que vivem na pobreza, investiremos em moradias dignas por meio da construção de novos imóveis e da revitalização de conjuntos habitacionais em todo o estado. A meta é, até 2022, impulsionar o desenvolvimento de todas as regiões fluminenses - explicou o governador Cláudio Castro.

Deste total, R$ 40 milhões serão usados pela Cehab (Companhia Estadual de Habitação) para novas unidades e urbanização de áreas vulneráveis. Mais de R$ 10 milhões são destinados à Emop (Empresa de Obras Públicas) para a revitalização de oito condomínios das décadas de 60, 70 e 80. Segundo o secretário de Infraestrutura e Obras, Max Lemos, a proposta é transformar o Rio de Janeiro em um grande canteiro de obras, levando qualidade de vida à população.

- Além de pacotes de obras quinzenais, estamos também retomando obras que estavam paradas e que têm como foco essa diretriz, de dar habitabilidade a regiões que ainda sofrem as mazelas da falta de infraestrutura. A prioridade para a contratação dos funcionários dessas obras é de moradores da região, como forma de ajudar a comunidade local a gerar renda, principalmente nesse momento de pandemia. Os pacotes de obras significam mais qualidade de vida para a população e geração de emprego e renda para as cidades beneficiadas - destacou.

Morador há 20 anos da Rua Adriana, no bairro Inconfidência, divisa entre os municípios de Nova Iguaçu e Queimados, o pintor Amauri da Conceição, de 58 anos, acredita que as obras de infraestrutura irão trazer mais progresso para o bairro onde vive.

- Acredito que vai representar um futuro econômico para o nosso bairro. Ter comércio na rua, transporte coletivo, uma vez que para pegar ônibus andamos quase dois quilômetros. Estou ansioso. Espero que antes de dezembro esteja tudo asfaltado e possamos fazer a festa de Natal na rua com todos os moradores - disse Amauri.




Conclusão de obras

Na área habitacional, está prevista a conclusão das obras de 28 apartamentos, em quatro blocos, do Condomínio Eldorado II, que está em fase final de construção no município de Queimados, na Baixada Fluminense. Também estão sendo realizados serviços de conservação em seis blocos de unidades na Posse, em Petrópolis, na Região Serrana; a construção de 100 imóveis em Quissamã, no Norte; a finalização de 188 casas no bairro Boa Vista, em Laje do Muriaé, no Noroeste; e o início da construção de 64 casas em Resende e 63 em Porto Real, no Médio Paraíba.

Os recursos também serão usados para a conclusão da urbanização da localidade Vargem Alegre, em Barra do Piraí, onde 88 casas de dois andares estão prontas, e nos bairros de Cabuçu, Curuzu e São José, em Itaboraí. Estão previstas ainda obras para agilizar as intervenções no bairro Inconfidentes, em Austin, em Nova Iguaçu, e Eldorado 3, em Queimados.

Revitalização de condomínios

Na capital, as reformas em conjuntos habitacionais serão realizadas na Cidade de Deus e Santa Margarida, em Jacarepaguá, atendendo 28 prédios, com 1.128 famílias; Dom Pedro I e Rua da Gazela, em Realengo, com 24 prédios e 960 famílias; e Bento Cardoso, na Penha, e Zaira Duna, em Brás de Pina, com 38 prédios e 1.520 famílias. As obras são de melhoria nas áreas comuns, pintura nas fachadas e corredores, reforma nas coberturas e caixa d'água. Em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, as reformas estão acontecendo nos conjuntos Tertuliano Potyguara e Santa Eugênia.

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Secretaria do Ambiente de Itaperuna vai plantar mudas de árvores no entorno da UPA

 




Em Itaperuna, RJ, a Secretaria Municipal do Ambiente vai plantar mudas de árvores no entorno da Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24 Horas).

O secretário Municipal do Ambiente Sérgio Zampiér esteve realizando visita técnica no local, quando mencionou a solicitação do prefeito Alfredo Paulo Marques Rodrigues, Alfredão.

“O prefeito Alfredão pretende deixar um legado verde para as futuras gerações. Vamos plantar diversificadas mudas de árvores no entorno da UPA, e em demais pontos da cidade. Lá no Centro Poliesportivo, por exemplo, já plantamos centenas de mudas, dentre elas, ipê-roxo, ipê-amarelo, ipê-rosa, jacarandá, pau-mulato, jatobá, angico, abricó de macaco, bougainville, e outras mais. Tudo aquilo que estiver ao nosso alcance, para deixarmos Itaperuna mais verde, será feito”, comenta Zampiér.

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Recolhimento de embalagens de agrotóxico em Teresópolis acontece de 16 a 20 de agosto

Iniciativa é uma parceria da Prefeitura com a Emater-Rio



A Prefeitura, por meio da Secretaria de Agricultura, em parceria com a Emater-Rio, realiza, entre os dias 16 e 20 de agosto, o recolhimento itinerante de embalagens vazias de agrotóxicos. A campanha conta com o apoio do Inpev (Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias), da Arasef (Associação dos Revendedores de Agrotóxicos da Região Serrana Fluminense) e da Secretaria Estadual de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento.

O objetivo da campanha é dar destinação correta ao material recolhido. Isso evita que os resíduos deixados nos recipientes contaminem o meio ambiente e coloquem em risco a saúde da população. A ação acontece em diversas localidades do 2º e do 3º Distritos.

A Prefeitura disponibilizará veículo e pessoal, que circularão pelas comunidades, de acordo com cronograma estipulado pela Secretaria de Agricultura e pela Emater, recolhendo as embalagens de agrotóxicos depositadas pelos agricultores em pontos de referência pré-determinados. Depois, os recipientes coletados serão encaminhados aos postos de recebimento da Arasef em Água Quente/Teresópolis e em Conquista/Nova Friburgo.

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Deputado Jair Bittencourt apresenta proposta para impulsionar a aquicultura fluminense

Criação de um plano estratégico para o setor foi apresentada na Alerj



O Estado do Rio de Janeiro pode se transformar em um dos pioneiros no Brasil a criar um Plano Estratégico para o Desenvolvimento Sustentável da Aquicultura, atividade econômica responsável pelo sustento de centenas de famílias na região costeira fluminense. A indicação legislativa que solicita ao governador Cláudio Castro (PL) a criação do Plano foi apresentada pelo vice-presidente da Assembleia Legislativa (Alerj), deputado Jair Bittencourt (PP), e prevê, entre outras medidas, atualizar e ampliar a base de dados regionais da atividade, desenvolver práticas sustentáveis para preservação do meio ambiente, além de oferecer capacitação técnica a interessados e dar apoio à produção e comercialização do pescado.

Na justificativa da proposta, Jair Bittencourt destaca que, graças às características climáticas favoráveis, recursos hídricos em abundância e litoral recortado com locais abrigados, o Rio de Janeiro apresenta grande potencial para o desenvolvimento da aquicultura.

A atividade utiliza técnicas de cultivo e reprodução de peixes, moluscos e crustáceos, em condições adequadas de iluminação e temperatura, podendo ocorrer em ambientes naturais ou em tanques artificiais. Outra vertente é a produção de algas e plantas marinhas utilizadas na alimentação e elaboração de medicamentos farmacêuticos.

“O setor de aquicultura é de extrema importância para a economia estadual e necessita apenas de mais incentivos para que possa se desenvolver com toda a sua capacidade, auxiliando os que já sobrevivem da atividade e gerando novas oportunidades de emprego e renda na região costeira fluminense”, ressalta o vice-presidente da Alerj, Jair Bittencourt.

Segundo dados do IBGE, a aquicultura brasileira produziu 579 mil toneladas de pescado em 2018, movimentando R$ 4,9 bilhões. Desse total, o Rio de Janeiro produziu 4.580 toneladas de peixe de cultivo e ficou em quinto lugar nacional no ranking de produção de moluscos, perdendo para São Paulo.

Em muitas localidades da costa fluminense, como a Costa Verde e a Região dos Lagos, por exemplo, a produção de mariscos ainda é quase artesanal, com mão de obra familiar e pouca tecnologia, mostrando a necessidade urgente de ações estratégicas que ajudem a alavancar a atividade e promovam o desenvolvimento econômico do Estado.

A indicação legislativa 406/2021 apresentada pelo vice-presidente da Alerj prevê ainda criar um órgão de fomento, a Fundação Instituto da Pesca do Rio de Janeiro, para coordenar e gerenciar o Plano Estratégico, além de implementar uma Câmara Técnica da Aquicultura Fluminense, com representantes do poder público e da sociedade civil, para discutir metas e políticas públicas integradas com municípios fluminenses.

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Dia dos Pais - Supermercados Fluminense





 

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Firjan: Em junho, Noroeste Fluminense teve o maior saldo de empregos do ano

 

Foto: Renato Mello



A retomada da economia do Noroeste Fluminense bateu o recorde de empregos do ano, segundo análise feita pela Firjan a partir da plataforma Retratos Regionais. A diferença, ainda que pequena, foi de 309 vagas abertas em junho contra 305 em março – até então, o melhor saldo de 2021. Já no mês de junho, o destaque regional é Indústria e Construção (+120), enquanto Itaperuna liderou a abertura de empregos (+240).

“Estamos vendo que a retomada está sendo gradual, mas constante, o que nos traz esperança de que o segundo semestre será ainda melhor. Também é muito positivo o fato de diferentes segmentos se revezarem como os maiores contratantes”, disse o presidente da Firjan Noroeste Fluminense, José Magno Vargas Hoffmann.

O presidente se refere ao fato de que, no início do ano, a Construção Civil se destacou na geração de empregos, enquanto em junho coube à indústria da moda. Considerando todas as cidades que compõem o Noroeste Fluminense, a principal atividade foi a de “Confecção de peças do vestuário” (+51) – situação que se repete no total do semestre, com saldo de 101 novas vagas. Outro exemplo da retomada do setor o grande segmento de “Confecção de Artigos do Vestuário e Acessórios”, que gerou 57 empregos em junho e 140 no ano.

Nos primeiros seis meses, Indústria e Construção foram as principais contratantes (+463), seguidas de Comércio (+435) e Serviços (+336). No apanhado semestral da região, Itaperuna (+615), Pádua (+206) e Itaocara (+106) lideram o ranking. Em Itaperuna o destaque é a Indústria e Construção (+305), tendo como principais atividades a “Coleta de resíduos não-perigosos” (+65) e “Confecção de Artigos do Vestuário e Acessórios” (+83).

“Claro que a capital é um grande centro econômico, mas quando se fala em empregos em geral, vemos que dois terços das vagas foram abertas no interior; e indústria, três quartos das oportunidades são de fora da capital. Então, com o fechamento do semestre, fica claro o quanto o interior tem sido um importante propulsor da retomada dos empregos no estado do Rio”, disse Marcio Felipe Afonso, especialista em Estudos Econômicos da Firjan.

Destaque em Campos, Macaé e São João da Barra

Já o Norte Fluminense foi protagonista no ranking estadual. Campos (+3.630) e Macaé (+3.482) foram, respectivamente, a terceira e a quarta cidade de todo o estado que mais geraram empregos nos primeiros seis meses deste ano. No mês de junho, os municípios ganham ainda a companhia de São João da Barra (+289), nona cidade fluminense com maior geração de empregos, segundo dados análise feita pela Firjan por meio da plataforma Retratos Regionais.

No estado do rio, a indústria abriu mais 2.455 novos postos de trabalho formais em junho, mais que o dobro do saldo observado em maio (+1.150). A análise feita pela Firjan mostra ainda que já foram reabertas nove em cada dez vagas da indústria fluminense fechadas de março a junho do ano passado, meses de maiores incertezas e restrições relacionadas à pandemia de Covid-19. Em números absolutos, foram32 mil reabertas contra 36,5 mil fechadas.

Outra observação dos analistas da Firjan é que o bom desempenho do mercado de trabalho da indústria fluminense está disseminado. Em junho, todas as regiões e 63 dos 92 municípios do estado apresentaram saldo positivo de contratações. Esse foi o segundo melhor desempenho do mercado de trabalho fluminense no ano e, pelo segundo mês consecutivo, o Rio de Janeiro foi o terceiro estado que mais abriu vagas com carteira assinada no país.

Plataforma Retratos Regionais

A plataforma Retratos Regionais da Firjan tem como base o saldo de empregos formais disponibilizados no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia. Em painel setorial são disponibilizados dados específicos dos setores industriais.

Em painel regional, que também permite a busca por município, é apresentado o cenário geral de empregos, incluindo todos os grandes setores. A plataforma pode ser acessada por meio deste link: Retratos Regionais | Firjan.





COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

domingo, 1 de agosto de 2021

Impostômetro chega à marca de R$ 1,5 trilhão

Esse é o montante pago em tributos federais, estaduais e municipais




O Impostômetro, medidor da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) da carga tributária dos brasileiros, marcou R$ 1,5 trilhão na madrugada de hoje (1ª). Esse é o montante que foi pago desde o primeiro dia em tributos federais, estaduais e municipais.

Em 2020, o mesmo valor foi atingido no dia 28 de setembro, o que mostra que, este ano, os brasileiros estão pagando mais impostos. Segundo a ACSP, parte da alta na arrecadação acontece devido a recuperação econômica, impactada pela crise gerada pela pandemia de coronavírus.

"Boa parte do aumento da arrecadação deste ano é explicada pela melhora da economia, que está menos sujeita a restrições de funcionamento", analisa o economista da ACSP, Marcel Solimeo, sobre o abrandamento das quarentenas para reduzir a disseminação da covid-19.

Por outro lado, o aumento da carga tributária também é reflexo, de acordo com a associação, da elevação dos preços dos produtos e serviços. Em nota, a entidade lembra que o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) acumula alta de 8,6% em doze meses e o Índice Geral de Preços (IGP), de 33%.

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

sábado, 31 de julho de 2021

Sorte: Mega-Sena pode pagar R$ 38 milhões neste sábado

As apostas podem ser feitas até as 19h



A Mega-Sena pode pagar R$ 38 milhões neste sábado (31) ao apostador que acertar as seis dezenas do concurso 2.395. O sorteio será realizado a partir das 20h (horário de Brasília), no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário do Tietê, em São Paulo (SP), com transmissão ao vivo pelas redes sociais (perfil @LoteriasCAIXAOficial no Facebook) e pelo canal da Caixa no Youtube.

As apostas podem ser feitas até as 19h de hoje em qualquer lotérica do país, no portal Loterias Caixa e no app Loterias Caixa (disponível para Android e iOS). Clientes do banco também tem a opção de apostar por meio do Internet Banking Caixa.

O valor de uma aposta simples (6 dezenas) na Mega-Sena é de R$ 4,50.

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Sacola Cheia - Supermercados Fluminense

 





COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Municípios da região Noroeste estão há duas semanas sem registros de mortes por Covid

 


Sete municípios da região Noroeste do estado do Rio de Janeiro estão há duas semanas sem registrar mortes por Covid-19. A informação é de um levantamento feito por técnicos da Secretaria de Estado de Saúde (SES), divulgado nessa sexta-feira (30.07). A análise levou em consideração dados das semanas epidemiológicas 27 e 28, período de 4 a 17 de julho.

As cidades sem óbitos causados pela doença foram: AperibéCambuci, Italva, Itaocara, Laje do Muriaé, São José de Ubá e Varre-Sai.

- Importante destacar que essa análise não pode ser feita com semanas tão próximas. É preciso respeitar 15 dias, ao menos, para que as informações estejam mais consolidadas. O resultado é consequência da vacinação no estado do Rio de Janeiro, que já atingiu mais de 50% de toda população fluminense adulta com ao menos uma dose da vacina - destaca o secretário de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe.

A SES ressalta que muitos casos são notificados após a data do óbito. Por essa razão, desde o início da pandemia, recomenda-se que a análise das informações seja feita pela data de ocorrência da morte; e não pela data de notificação ou confirmação.

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Brasileirão: Madureira busca recuperação e São Bento tenta 1ª vitória

 


Após perder a invencibilidade na Série D do Campeonato Brasileiro, o Madureira-RJ mira a reabilitação neste sábado (31). Do outro lado, o São Bento-SP busca a primeira vitória na competição. O duelo da nona rodada do Grupo 7, no estádio Aniceto Moscoso, na zona norte do Rio de Janeiro, será transmitido ao vivo na TV Brasil às 15h (horário de Brasília).

O Tricolor Suburbano carioca perdeu a liderança da chave na rodada passada, ao perder para o Santo André-SP por 2 a 0 no estádio Distrital do Inamar, em Diadema (SP). A primeira derrota após oito jogos derrubou os cariocas para o terceiro lugar, com os mesmos 13 pontos do Ramalhão, que tem uma vitória a mais (quatro a três).

O zagueiro Guilherme Xuxa e o atacante Guilherme Augusto estão fora por terem contraído o novo coronavírus (covid-19). O lateral-direito PC, que se recuperou de um estiramento muscular, é dúvida. O técnico Alfredo Sampaio deve escalar o Tricolor com: Lucão; Léo Barboza, Mario Pierre, Thiago Medeiros e Juninho Monteiro; Feitosa, Leandro Sardinha e Rafinha; Romário, Sampaio e Índio.

O Bentão paulista é o lanterna do grupo, com cinco pontos, todos provenientes de empates. Na última rodada, os paulistas foram derrotados pelo Cianorte-PR, por 1 a 0, no estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba (SP). A equipe está seis pontos atrás do clube paranaense, que aparece em quarto lugar e ocupa a última vaga ao mata-mata.

O técnico Paulo Roberto Santos tem dois desfalques: o lateral-esquerdo Marcelo Sendeski (desconforto na posterior da coxa) e o atacante Johny (panturrilha). A provável formação terá Cleber Alves; Makelele, Dogão, Douglas Mendes e Alysson; Fábio Bahia, Fraga e Kadu; Kayan, Judson e Anderson Cavalo.

Os rivais deste sábado se encontraram há três semanas, em Sorocaba. O duelo foi decidido nos acréscimos e terminou empatado em 1 a 1. O zagueiro Dogão abriu o marcador para a equipe paulista à frente aos 17 minutos do primeiro tempo, mas o atacante Douglas Cunha, aos 48 da etapa final, evitou a derrota dos cariocas.

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Novo plenário da Alerj: modernidade tecnológica no legislativo

Deputados realizam sessão plenária de teste e Palácio Tiradentes, antiga sede, vai virar um museu



Toda mudança precisa de uma ambientação e de testes. Esse foi o objetivo da sessão simulada que ocorreu no moderno e tecnológico plenário da nova sede da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), nesta quinta-feira (29/07). Comandada pelo presidente do Parlamento Fluminense, deputado André Ceciliano (PT), com parlamentares participando de forma remota e presencial, a simulação seguiu o rito de uma sessão normal, com votação nominal e discussões. A inauguração oficial do novo plenário acontece na próxima terça-feira (03/08)

A nova sede da Alerj, localizada na Rua da Ajuda, número 5, abriga em um só prédio os setores administrativos, os gabinetes e as salas de comissões e o plenário. "Este foi um evento teste e estamos nos ajustes finais. É muita emoção estar de casa nova, mas também é grande a saudade do Palácio Tiradentes", declarou Ceciliano.

O presidente anunciou que o Palácio Tirandentes, antiga sede da Alerj, se tornará o Museu da Democracia e já receberá em outubro uma exposição sobre Dante Alighieri, em parceria com o Consulado Italiano. "Ao mesmo tempo em que nos transferimos para cá, vamos manter as exposições no Tiradentes, que tem um papel fundamental para a cultura fluminense", afirmou.

Parlamentar mais nova da Casa, Dani Monteiro (PSol) elogiou as novas instalações. "Acho uma mudança importante e acredito que a tecnologia está a nosso favor quando tratamos de democratização de políticas públicas e acesso às informações. As instalações do novo prédio estão muito boas", disse.

Com cinco mandatos, o deputado Luiz Paulo (Cidadania) demonstrou saudade do Palácio Tiradentes, mas disse que está preparado para viver esta nova fase. "Estou há 14 anos e meio trabalhando no Tiradentes e lá estão meus laços afetivos. Aqui, eu estou chegando agora. Mas para tudo na vida a gente tem que viver o presente", declarou.

Novidades nas votações

No novo plenário, os deputados votarão de forma on-line, por meio de modernos tablets (são 76 ao todo; um em cada mesa. Já instalados, os dispositivos agilizarão as votações durante as sessões, possibilitando, por exemplo, acesso às pautas dos projetos de lei a serem votados. No sistema SevWeb, implantado pela Alerj, cada deputado terá seu login e senha, podendo participar, inclusive, das sessões de forma virtual.

A partir de agora, os deputados entrarão num link para fazer o registro facial e, assim, poderem ingressar no sistema. Esse é um recurso de segurança que vai evitar qualquer tentativa de acesso indevido.


O painel eletrônico do plenário, com alta resolução de 7K e 504 placas de LED, vai dar também maior agilidade e transparência às sessões legislativas. A tela (com cerca de 14 metros) se apoia no madeiramento de jacarandá recuperado do próprio edifício, construído na década de 1960 e que passou por um processo de retrofit (reforma arquitetônica). O plenário é 27% maior que o atual, com 185 lugares para receber deputados e assessores, e funciona no primeiro subsolo. Já a galeria pode comportar até 120 pessoas.

Diretor-geral da Alerj, Wagner Victer se mostrou satisfeito com os testes: "Ocorreu tudo bem, até acima das nossas expectativas. A emoção é muito grande e é um orgulho de todos da Casa em estarmos participando deste momento".

O plenário dispõe, ainda, de sete câmeras giratórias (duas a mais que no plenário do Palácio Tiradentes), que serão operadas pela TV Alerj por meio de um switch que passa a ser integrado ao plenário. São três máquinas acopladas a dois monitores de LED nos quais é possível acompanhar todos os ângulos do plenário, inclusive da galeria localizada no andar de cima.

O novo plenário conta também com rampas e elevadores especiais para garantir a acessibilidade de cadeirantes, bem como oferece área de convivência para os deputados. Na decoração, destaca-se a cor azul petróleo presente no revestimento do tapete, representando uma das principais riquezas minerais do estado.




COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Mapa de Risco: região Noroeste mantém risco baixo moderado de transmissão da Covid

 




A 41ª edição do Mapa de Risco da Covid-19, divulgada nessa sexta-feira (30) pela Secretaria de Estado de Saúde, mostra que o estado do Rio de Janeiro teve 27% de redução no número de óbitos provocados pelo vírus. As internações por síndrome respiratória aguda grave (SRAG) caíram 18% na comparação entre as semanas epidemiológicas 28 (de 11 a 17 de julho) com a 26 (27 de junho a 03 de julho) de 2021; e as taxas de ocupação de leitos no estado estão em patamares estáveis: 56% para leitos de UTI e 38% para leitos de enfermaria. Com os indicadores reduzidos, o estado segue – pela terceira semana consecutiva - com a classificação de bandeira amarela, ou seja, de baixo risco de contrair a doença.

- Apesar de um bom resultado neste levantamento técnico, é importante que todos mantenham os cuidados já conhecidos, como distanciamento social, uso de máscara e de álcool gel. Com o avanço da vacinação, conseguiremos minimizar os impactos causados pela Covid - analisa o secretário estadual de Saúde, Alexandre Chieppe.

Das nove regiões do estado, sete estão em bandeira amarela. Apenas a Metropolitana I e a Noroeste permanecem com bandeira laranja (risco moderado de transmissão). As demais -- Médio Paraíba, Serrana, Baixada Litorânea, Norte, Centro-Sul, Baía da Ilha Grande e Metropolitana II -- estão com bandeira amarela.

Cada bandeira representa um nível de risco e um conjunto de recomendações de isolamento social, que variam entre as cores roxa (risco muito alto), vermelha (risco alto), laranja (risco moderado), amarela (risco baixo) e verde (risco muito baixo).

Os resultados apurados para os indicadores apresentados devem auxiliar a tomada de decisão, além de informar a necessidade de adoção de medidas restritivas, conforme o nível de risco de cada região.

Em seis meses de vacinação, o estado do Rio ultrapassou a marca de 10 milhões de doses aplicadas contra a Covid-19. Mais de 50% da população adulta do estado já recebeu a primeira dose contra o coronavírus e pouco mais de 20% receberam a segunda dose ou a dose única.

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Compartilhe

CURTA A NOSSA PÁGINA