Mostrando postagens com marcador ZONA DA MATA. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador ZONA DA MATA. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 1 de novembro de 2019

Motorista de carro morre após bater de frente com carreta na BR-040 em Juiz de Fora


O acidente ocorreu no sentido Rio de Janeiro. O trânsito na rodovia precisou ser parcialmente interditado


Um motorista, de idade ainda não divulgada, morreu em um acidente na tarde da última quinta-feira (31) no km 771 da BR-040, em Juiz de Fora. Segundo o Corpo de Bombeiros, ele estava em um carro que colidiu com uma carreta.

Conforme a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente ocorreu após o automóvel, com placas de Juiz de Fora, invadir a contramão. O condutor não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

De acordo com a concessionária que administra o trecho, Via 040, o acidente ocorreu no sentido Rio de Janeiro (RJ) e o trânsito foi parcialmente interditado.

Ainda segundo informações da PRF, o condutor da carreta, com placas de Uberlândia, que transportava sabão, sofreu lesões leves e foi socorrido por uma ambulância da concessionária e encaminhado para uma unidade hospitalar, não informada.



G1

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

quinta-feira, 31 de outubro de 2019

Reforma do prédio da Câmara de Pirapetinga custará mais de R$ 94 mil



A reforma da sede do Legislativo Municipal da cidade de Pirapetinga, Zona da Mata Mineira, tem gerado revolta na população em geral.  Isso por causa do valor da obras que passa de R$ 94 mil reais.

A placa instalada no prédio mostra que a obra começou no dia 7 de outubro e vai terminar em abril de 2020. A empresa que está fazendo a reforma é Construtora CMG de Pirapetinga Ltda.

Nas redes socias, choveram críticas em cima da obra por parte da população. Segundo eles a cidade tem muito mais problemas do que um prédio que é considerado novo e que não vai beneficiar ninguém. 

Vale lembrar que esse valor daria para comprar ambulâncias, o que ajudaria muito a área da saúde, que é um dos grandes problemas anunciados pela população.



Texto: Marco Sameiro

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

sábado, 26 de outubro de 2019

Homem morre ao cair em córrego durante chuva em Viçosa


Vítima foi levada pela correnteza após barranco ceder. Corpo foi achado na manhã deste sábado (26) pelo Corpo de Bombeiros

Corpo foi encontrado no córrego em Juiz de Fora
 Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação

Um homem de 50 anos morreu após cair em uma córrego durante uma forte chuva que atingiu Viçosa nesta sexta-feira (25).

De acordo com o Corpo de Bombeiros, ele foi levado pela correnteza após o barraco da varanda da residência dele ceder. O corpo foi achado na manhã deste sábado (26) às margens do córrego na Rua Elvira Santana.

Segundo os militares, a vítima ainda conseguiu salvar o filho, de idade não identificada, que também estava do lado de fora casa e seria arrastado pela terra.

A perícia técnica da Polícia Civil foi acionada para coletar os dados para investigação da causa da morte.



G1

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

quarta-feira, 23 de outubro de 2019

Dupla sertaneja lança clipe gravado em Minas Gerais

Wendel & Vinícius vem se destacando no cenário musical
 através de suas talentosas vozes e pelo 


A dupla Wendel & Vinícius é formada por músicos autodidatas, multi-instrumentistas, nascidos na cidade do Rio de Janeiro/RJ, além de exímios intérpretes são também compositores. Iniciaram suas trajetórias musicais cantando em corais de igrejas de suas cidades, importante laboratório musical, que lhes proporcionou valiosos aprendizados, técnicas vocais e amor pela música. Na adolescência Wendel morou em Espírito Santo /ES e em Juiz de Fora/MG e Vinícius em Bela Vista/MS, onde encontraram na música sertaneja o grande amor de suas vidas e a certeza de que suas vidas só teriam sentido através da arte. Agora juntos, com dedicação a música sertaneja de alma e coração, Wendel & Vinícius vem se destacando no cenário musical através de suas talentosas vozes e pelo carisma que contagiam e conquistam novos fãs por onde passam.


Acabam de lançar seu primeiro trabalho autoral, a música ‘Amnésia de Cachaça’, produzida em Minas Gerais, por grandes nomes do meio sertanejo, disponível em todas as plataformas digitais, junto com seu primeiro vídeo clipe, disponível em seu canal do YouTube, através do link: youtube.com.br/wendelevinicius.
Contato para shows: (21) 999741-7786 Rodrigo / (21) 99770-2005 Renato /(21) 99974-4617 Fábio.


COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

segunda-feira, 21 de outubro de 2019

Avião de pequeno porte cai sobre carros em BH e mata 3


Não há informações sobre feridos. Aeronave caiu em cima de carros, segundo o Corpo de Bombeiros




Uma aeronave caiu na manhã desta segunda-feira (21/10/2019) em Belo Horizonte (MG). O acidente ocorreu próximo ao Aeroporto Carlos Prates, na região noroeste da capital mineira, na rua Minerva. 


Havia, no avião, quatro tripulantes. O Corpo de Bombeiros da cidade confirmou, até o momento, a morte de três pessoas, mas não informou se eles estavam no avião ou se foram vítimas em solo. O acidente ocorreu por volta das 8h10. 

De acordo com o Corpo de Bombeiros, o avião de pequeno porte caiu sobre carros. O número de veículos atingidos também não foi confirmado pela corporação. Quatro viaturas do resgate estão no local.

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

sábado, 12 de outubro de 2019

Motorista morre e quatro passageiros ficam feridos em capotamento na BR-116 em Muriaé


De acordo com a PRF, o condutor de 45 anos perdeu o controle do carro de passeio, bateu em um barranco e capotou

Carro capotou na BR-116 em Muriaé — Foto: Rádio Muriaé/Gilson Junior

Um motorista morreu e quatro passageiros ficaram feridos em um capotamento na BR-116 em Muriaé, na manhã deste sábado (12).

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o condutor de 45 anos perdeu o controle da direção do carro de passeio, bateu em um barranco e capotou.

Segundo o Corpo dos Bombeiros, a corporação foi acionada. Chegando no local, alguns feridos estavam deitados no meio da pista, esperando atendimento e reclamando de dores.
Conforme os Bombeiros, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) encaminhou as vítimas para o Hospital São Paulo.



G1

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

terça-feira, 1 de outubro de 2019

Minas é o único estado do Sudeste a aderir ao Programa das Escolas Cívico-Militares

O MEC vai liberar R$ 54 milhões para o programa em 2020, sendo R$ 1 milhão por escola 






Quinze estados e o Distrito Federal (DF) aderiram ao modelo de escolas cívico-militares do Governo Federal. O balanço foi divulgado nesta terça-feira (1°), pelo Ministério da Educação (MEC), sendo que em três das cinco regiões do país - Norte, Centro-Oeste e Sul - , todas manifestaram interesse. 

Adesão ao programa: 

Centro-Oeste: Distrito Federa, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul 

Nordeste: Ceará 

Norte: Acre, Amapá, Amazonas, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins 

Sudeste: Minas Gerais 

Sul: Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina 

Nova etapa 

Agora o MEC inicia uma nova etapa com a abertura de período de adesão para os municípios. As prefeituras que quiserem participar do programa terão o prazo de 4 a 11 de outubro. Na seleção dos municípios será observada a capacidade de mobilização de profissionais da reserva das Forças Armadas. No caso de não haver efetivo nas cidades militares do Exército, da Força Aérea e da Marinha, eles serão substituídos por policiais militares e bombeiros das corporações estaduais. 

Outra prioridade é a implantar as escolas cívico-militares em unidades com estudantes em situação de vulnerabilidade social e Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) abaixo da média do estado. “Nessa primeira fase começaríamos com duas escolas por estado, mas vamos reprogramar, ponderar, temos que analisar se alguns estados não vão querer e vamos poder deslocar mais de uma [escola] para o estado que queira”, afirmou o ministro da Educação, Abraham Weintraub. 

Na avaliação de Weintraub, a demanda foi alta e a expectativa é que cresça com a nova fase de abertura para adesão dos municípios. 

Escolas cívico-militares 

Nesse modelo de escola, os militares atuam como monitores para auxiliar na gestão educacional. O objetivo é melhorar a educação básica do País com a construção de um ambiente de parcerias e de maior vínculo entre gestores, professores, militares, estudantes, pais e responsáveis. 

O Centro de Ensino Fundamental (CEF) 19 de Taguatinga (DF), adotou o modelo cívico-militar há cerca de um mês. Antes, houve uma audiência pública e, em votação, 85% dos pais e da comunidade escolar aprovaram a adoção do modelo. 

A vice-diretora do CEF 19, Cristina da Silva Hosken, explicou que os militares cuidam da organização disciplinar dos estudantes e, mesmo com pouco tempo de implementação, já é possível perceber mudanças no ambiente escolar. 

“Estamos apenas com 30 dias da gestão compartilha na escola e pudemos observar nesse primeiro momento que é muito positiva a presença dos militares na questão dos atrasos, da disciplina dentro da escola, no uso do uniforme. Os alunos têm demonstrado mais interesse em estudar, a perspectiva é muito boa”, disse Cristina Hosken. 

O coordenador de disciplina do CEF 19, Tenente do Corpo de Bombeiros do Distrito Federal, J. Augusto, contou que a chegada dos militares transformou a escola em um ambiente mais calmo e organizado. Além disso, deu aos professores melhores condições para cuidar da parte pedagógica do ensino. 

“Conseguimos aliviar a pressão em cima dos professores, coordenadores. Além do professor ter que desenvolver o programa de aula dele, ele tinha que cuidar de disciplina, de organização de alunos. Então, hoje ele tem mais tempo para se dedicar ao aluno porque toda a parte de disciplina e organização estamos fazendo. Ele pode ter tranquilidade para exercer a função dele com eficiência”, afirmou o tenente. 

A estudante do CEF 19, Daniela Rizo, de 11 anos, gostou do modelo de gestão compartilhada implantado na escola. “Gostei muito porque estava muito tumultuado e agora estão todos saindo em fila, estão todos uniformizados, por isso que gostei dessa gestão compartilhada”, detacou. 

Para Elivan Emanuel, de 14 anos, a disciplina na escola também melhorou. “Ajudou bastante a escola que estava com um pouquinho de dificuldade na disciplina e na organização das salas. Antes os estudantes eram um pouco desrespeitosos com os professores, e agora estão respeitando mais”, disse. 
Implantação das escolas 

O MEC tem o objetivo de instalar 216 dessas escolas em todo o país até 2023. A iniciativa piloto, em 2020, contemplará 54 unidades Antes do lançamento do modelo do Governo Federal, o Brasil já contava com 203 escolas cívico-militares 

Para o ano que vem, o orçamento do programa é de R$ 54 milhões, R$ 1 milhão por escola. O dinheiro será investido no pagamento de pessoal nas instituições e na melhoria de infraestrutura, compra de material escolar, reformas, entre outras pequenas intervenções. 

As escolas em que haverá pagamento de pessoal serão aquelas em que existirá parceria entre o MEC e o Ministério da Defesa, que contratará militares da reserva das Forças Armadas para trabalhar nos colégios. 




MEC

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Compartilhe

CURTA A NOSSA PÁGINA