domingo, 26 de junho de 2022

Fexpo 2022 em Além Paraíba





A Prefeitura Municipal de Além Paraíba, através da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte, Lazer e Turismo com muita satisfação apresenta alguns dos shows já devidamente contratados para o grande evento que começa em 2 de agosto.




Segundo o secretário Pablo Teófilo, graças ao apoio do prefeito Miguel Belmiro de Souza Júnior, a cidade terá uma festa cheia de novidades e atrações, sem cobrança de ingressos e de portões abertos para o povo. Já estão confirmados os seguintes shows:

Dia 03 de Agosto, o número 1 do spotify Brasil com a música Bandido, Zé Felipe;
Dia 04 de Agosto, um dos mais famosos pagodeiros da atualidade, Dilsinho;
Dia 05 de Agosto, direto do The Voice Kids, o rei da sanfona e sertanejo, Michel Teló;
Dia 06 de Agosto, uma das cantoras pop mais ouvidas do país, Luisa Sonza;




E ainda tem muito mais por vir. Você não perde por esperar.

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Equipe do Programa de Fortalecimento do Artesanato Fluminense retorna a Trajano






Representantes do Programa de Fortalecimento do Artesanato Fluminense (PFAF) estiveram novamente em Trajano de Moraes. Num primeiro momento, para um importante bate-papo com artesãos do município, e depois para uma visita que já queriam fazer havia tempo.

O bate-papo aconteceu pela manhã no Trajano Country Clube, num coffee-break com aproximadamente 20 artesãos inscritos no programa e a equipe da Secretaria Municipal de Cultura. O objetivo do encontro era esclarecer as dúvidas dos presentes sobre as próximas etapas do PFAF, incentivando-os sobre o trabalho proposto para o município.

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Prefeitura de Porciúncula asfalta a Estrada da Barra






Através de um convênio firmado entre a Prefeitura de Porciúncula e o Departamento de Estradas de Rodagem do Estado do Rio de Janeiro (DER-RJ) estão sendo asfaltados vários trechos de vias públicas dentro dos limites do município. Um trecho da Estrada da Barra, está recebendo manta asfáltica. Em breve outras vias também serão contempladas.

Cabe ao Estado fornecer os materiais e insumos para a realização das obras; e ao município, a disponibilização de pessoal e equipamentos para execução dos serviços, através de um Plano de Trabalho criteriosamente elaborado. Segundo o gestor do Convênio, Valdo do Ônibus, o contrato com o DER teve início em março e tem validade de 12 meses, prazo, dentro do qual pretende-se asfaltar vários trechos de vias no município.

De acordo com o prefeito Léo Coutinho, o acesso ao Governo do Estado, para se firmar a parceria foi facilitado pelo Deputado Jair Bitencourt, através de solicitações encaminhadas por vereadores de Porciúncula. “Agradecemos a todos que colaboraram para que este importante projeto se concretizasse. Ao diretor do DER 6a ROC, Engo Newton Rodrigues; ao secretário das Cidades, Uruan Cintra; ao governador Cláudio Castro. E não podemos esquecer do grande empenho da equipe de trabalho da Prefeitura, coordenada pelo secretário de Infraestrutura, Moyses Araujo e o assessor de Gabinete Josiel Ieka”, disse o prefeito.

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Firjan: cadeia de petroquímica e de fertilizantes pode estimular R$ 20 bilhões em investimentos em gás natural no Rio


Foto: Pixabay



A partir do aumento da capacidade de escoamento e desenvolvimento de 4 hubs no estado, o Rio de Janeiro tem o potencial de estimular consumo e melhorar seu índice de aproveitamento de gás natural. Com isso, num futuro próximo, o estado pode receber mais de 80 milhões de m³/dia pelas rotas de escoamento de gás, o que significa mais que triplicar a oferta atual de 20 milhões de m³/dia. Os dados são do estudo “Potencial do Gás Natural: Um Novo Ciclo para a Petroquímica no Rio de Janeiro”, produzido pela Firjan SENAI, apontando cenários potenciais de produção de eteno, propeno, amônia, ureia e metanol, como forma de agregar maior valor ao gás natural enquanto insumo nas cadeias de petroquímica e na indústria de fertilizantes.

Conforme o documento, além das rotas existentes no estado (Rota 2 – Macaé/RJ e Rota 3 – Maricá/RJ) e a já confirmada (Rota 5b – Macaé/RJ), podem ser atraídas para o Rio duas outras (Rota 4b – Itaguaí/RJ e Rota 6b – São João da Barra/RJ), incluindo ao menos duas unidades de processamento de gás e gasodutos de transportes como reflexos. Esses projetos podem gerar investimentos de ao menos R$ 20 bilhões e adição de 48 MM m³/dia de gás natural, e podem ser criados mais de 180 mil postos de trabalhos diretos e indiretos.

Para baixar o estudo “Potencial do Gás Natural: Um Novo Ciclo para a Petroquímica no Rio de Janeiro” clique em https://bit.ly/3ycW9XB

“Já fomos autossuficientes em fertilizantes e petroquímica. Porém, ao longo dos anos, com o preço dos insumos mais baixos, o Brasil e o Ocidente se voltaram para a Ásia. Agora, a pandemia e a guerra na Ucrânia mudaram essa percepção. Os preços estão mais caros e, claramente, percebemos que temos oportunidades por aqui. Devido à alta disponibilidade de gás natural na costa, o Rio tem potencial para acabar com a dependência brasileira de importação de alguns produtos petroquímicos, como fertilizantes”, frisa o presidente da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro (Firjan), Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira.

Segundo ele, é necessário que os agentes econômicos privados entendam essa oportunidade. “É preciso haver um olhar estratégico. O Rio tem posição especial, o gás está na costa, tem infraestrutura de transporte interessante, com portos, para escoar esses produtos. Se o Rio se unir à malha ferroviária nacional, se torna ponto de exportação de grãos e pode levar ao campo os fertilizantes produzidos aqui”, avalia.

Nesse sentido, é importante fortalecer o ambiente de negócios pró-investimentos, tanto no mercado livre de gás no Rio quanto para a indústria. A iniciativa está em linha com a proposta trabalhada pela Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), liderada pelo seu presidente André Ceciliano, para a construção de um Plano Estadual de Fertilizantes, medida já em vigor com a Lei 9.716/2022. O estado poderá assim sediar não apenas plantas para produção de fertilizantes, mas também um Centro de Referência em Inovação na área, projeto que está sendo desenvolvido em parceria com a EMBRAPA.

O documento “Potencial do Gás Natural: Um Novo Ciclo para a Petroquímica no Rio de Janeiro” será apresentado nesta quinta-feira (23/6) em evento na Firjan, às 16h, com a presença de importantes agentes do mercado, que participaram com artigos na produção do estudo. A Empresa de Pesquisa Energética (EPE) aborda a visão sobre o potencial do mercado de gás natural; já o BNDES destaca a importância da petroquímica como âncora para desenvolvimento da demanda de gás natural; e o Sindicato da Indústria de Produtos Químicos para fins industriais do Estado do Rio de Janeiro (SIQUIRJ) evidencia o potencial desenvolvimento econômico fluminense a partir da petroquímica.

Já a Firjan SENAI destaca a importância de dar notoriedade às aplicações e tecnologias do gás natural em prol do crescimento da indústria fluminense, em especial através do Instituto SENAI de Inovação em Química Verde, voltado para pautas que ampliam o melhor uso de insumos e processos químicos. Por fim, o documento lembra que a descarbonização no ambiente de negócios, com a produção de amônia a partir do hidrogênio verde (H2V) para produção de fertilizantes, já encontra mercado no mundo. Além disso, há total sinergia com a pauta ESG, dada a integração do gás natural como fonte mais limpa e sua utilização também como rota de obtenção de hidrogênio.

Demanda firme

Para a gerente de Petróleo, Gás e Naval da federação, Karine Fragoso, a indústria petroquímica e de fertilizantes têm demanda firme de gás, servindo como âncora para a construção dos novos dutos no estado fluminense. “É mais uma opção para o gás que temos em reserva, que está sendo produzido e reinjetado. Isso caracteriza uma demanda para esse gás, que pode vir a ser escoado por meio das rotas existentes e também daquelas que poderão vir a existir”, afirma.

Hoje, na exploração de petróleo na costa fluminense, a reinjeção de gás já alcança 50% de nossa produção. Ainda que parte dela seja usada para melhoria do processo de produção de óleo, o ponto de equilíbrio desse uso é, em referências internacionais, bem inferior ao alocado, destaca o documento. “Isso, leva a entender que parte significativa desse volume está sendo desprezado sem qualquer agregação de valor, em um mercado bastante deficitário de gás, como o que vivemos hoje, bem refletido nas recentes altas de preços”, esclarece o gerente de Projetos de Petróleo, Gás e Naval da Firjan, Thiago Valejo.

O estudo cita ainda que para os produtos da cadeia do eteno e propeno, por exemplo, os dados de comércio exterior mostram uma tendência clara do Brasil atender o seu mercado interno como importador líquido, cenário já amplamente conhecido quando lembrado sobre os produtos de fertilizantes e do metanol.

Acesse o “Potencial do Gás Natural: Um Novo Ciclo para a Petroquímica no Rio de Janeiro” e os demais estudos da gerência de Petróleo, Gás e Naval da Firjan através do link https://www.firjan.com.br/firjan/empresas/competitividade-empresarial/petroleoegas/publicacoes/



COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

sábado, 25 de junho de 2022

Futebol feminino Cantagalense marca inauguração na Quadra de Areia Manoel Felipe de Jesus

 



A noite do último dia 15 ficou marcada pelo show do futebol feminino de Cantagalo na inauguração das obras de reforma e novas benfeitorias na Quadra Municipal de Areia Manoel Felipe de Jesus. Foram investidos ao todo no equipamento, via recursos próprios do município, a importância de R$64.601,11.

Entre as ações realizadas, foi revisada e aprimorada toda a tubulação de drenagem do equipamento, inclusive com a instalação de uma manta de bidim, garantindo que não haja alagamentos. O muro da lateral da quadra foi todo recuperado e recebeu nova pintura. Ainda também, onde antes na lateral era chão batido, foi construída uma nova calçada cimentada.

O prefeito Guga de Paula relatou a sua satisfação em estar inaugurando mais esta obra para o esporte. Lembrou que está já é a segunda reforma completa que realiza. Disse ainda que mais obras para o esporte estão a caminho e ficou muito satisfeito em ver dois times femininos ativos na cidade.

Logo após o discurso das autoridades presentes, o time da Escolinha do tio Alex e o time Fúria Serrana, estrearam as novas benfeitorias da quadra municipal de areia Manoel Felipe de Jesus, com vitória do Fúria Serrana por 5x2.

Estiveram presentes a vice-prefeita, Emanuela Teixeira, a primeira-dama e a secretária de Assistência Social, Jussara Figueira, o secretário de Turismo e Esportes, Cleyton Filho, o assessor de esportes, Ademir Ortega, o presidente da Câmara de Vereadores, Ciro Fernandes, os vereadores, Matheus Arruda, Oséas Pereira e Eurico Miranda.

 

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Saúde alerta para acidentes que causam queimaduras em festas juninas

 


O Ministério da Saúde divulgou alerta com recomendações e cuidados para evitar acidentes que possam causar queimaduras durante as tradicionais festas juninas, muito populares em todo o país. A atenção deve ser especial em ambientes em que podem ser frequentes as queimaduras por líquidos quentes, chamas de fogueira e fogos de artifício.

Entre janeiro e abril deste ano, já foram registrados 3.540 procedimentos hospitalares e 32.631 atendimentos ambulatoriais por causa de queimaduras no Brasil.

Segundo o ministério, em junho, é comum aumentarem os casos, e a prevalência é de queimaduras de segundo grau, com destaque para as lesões dos membros superiores (mãos e braços), tronco e cabeça.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 180 mil pessoas morrem por ano em consequência de queimaduras, que são a quinta causa mais comum de lesões não fatais na infância. As queimaduras não fatais podem causar hospitalização prolongada, desfiguração e incapacidade, muitas vezes resultando em cicatrizes e rejeição.

Ao todo, 48 estabelecimentos são habilitados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) como centros de referência na assistência a queimados, além da oferta de procedimentos, medicamentos, órteses, próteses, materiais especiais e exames necessários para atender às vítimas.

Primeiros socorros

De acordo com o Ministério da Saúde, em casos de queimadura, o paciente deve colocar, de imediato, a parte queimada debaixo da água corrente fria, com jato suave, por aproximadamente dez minutos. Compressas úmidas e frias também são indicadas.

Se houver poeira ou insetos no local, mantenha a queimadura coberta com pano limpo e úmido. No caso de queimaduras em grandes extensões do corpo por substâncias químicas ou eletricidade, a pessoa necessita de cuidados médicos imediatos.

É importante nunca tocar a queimadura com as mãos; nem furar bolhas; tentar descolar tecidos grudados na pele queimada, ou retirar corpos estranhos ou graxa do local queimado. Não se pode colocar manteiga, pó de café, creme dental ou qualquer outra substância sobre a queimadura. O Ministério da Saúde lembra que somente o profissional de saúde sabe o que deve ser aplicado sobre o local afetado.

Prevenção

Nas festas, é preciso também ter atenção ao manipular bebidas e alimentos com altas temperaturas e evitar brincadeiras perto de fogueiras para prevenir queimaduras por chamas e problemas nas vias aéreas, pela inalação de fumaça.

É importante ainda ter cuidado ao usar produtos inflamáveis, como o álcool 70% (na forma líquida ou em gel), e não manipular o produto perto do fogo, mantendo-o longe do alcance das crianças.

Outras recomendações são evitar fumar dentro de casa, principalmente se estiver deitado, ao acender fósforos, manter o palito longe do rosto, para não atingir cabelo ou sobrancelha, e, ao acender velas, observar se estão longe de produtos inflamáveis, botijões de gás, solventes ou tecidos.

No caso de queimaduras elétricas, é preciso retirar o fio da tomada ou desligar a energia geral. Recomenda-se ainda o uso de protetor nas tomadas elétricas da casa. Possíveis vazamentos de gás devem ser investigados com frequência, e as crianças precisam ficar longe da cozinha durante o preparo dos alimentos. O cabo e as alças das panelas, que devem estar em bom estado, têm de ficar sempre virados para a área do fogão.

Na hora do banho, é bom testar a temperatura da água com o dorso da mão antes de molhar a criança, que deve ficar sempre longe de produtos de limpeza. Recomenda-se ainda o uso de protetor nas tomadas elétricas da casa.

EBC

 

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Presidente da Câmara Sebastião Martins solicita melhorias para Pádua

 




Durante os trabalhos legislativos na Câmara de Pádua, o presidente da Câmara vereador Sebastião Martins solicitou que o benefício do vale alimentação seja estendido aos funcionários da empresa Vieira Stones e pediu que seja feito tapa-buraco em frente ao Mercado do Batista Teixeira. 

O presidente reforçou a necessidade de castrar os cães de rua, principalmente as fêmeas. Na justificativa, o vereador aponta que é público e notório que há muitos animais em estado de abandono na cidade. 

Preocupado com a condição de vida dos moradores que residem no bairro Cidade Nova, o vereador pediu providências sobre o valão e a construção de rua na beira do valão até o Colégio Jazbik. 

Martins solicitou que seja feito um manilhamento e a construção de bueiros nas ruas altas do bairro Cidade Nova.  O trabalho serve para impedir o acúmulo de água de chuva nas ruas e casas da região. 

‘São diversos serviços que vão trazer mais valorização para a cidade’ - afirmou Sebastião. 

Simone Gargano

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Compartilhe

CURTA A NOSSA PÁGINA