domingo, 31 de dezembro de 2017

Salário mínimo será de R$ 954 a partir do dia 1º de janeiro

Presidente assinou decreto do novo valor nesta sexta


O presidente Michel Temer assinou, nesta sexta-feira, um decreto que fixa o valor do salário mínimo em R$ 954 para o ano de 2018. O novo valor, R$ 17 maior que o atual, passa a valer a partir do dia 1º de janeiro.
O decreto deve ser publicado ainda nesta sexta em edição extra do Diário Oficial da União. O valor divulgado é R$ 11 menor do que o previsto inicialmente no orçamento de 2018, aprovado no Congresso no valor de R$ 965. O reajuste de 1,81% segue a previsão do Índice de Preços ao Consumidor (INPC).
O reajuste do salário mínimo em 2018 será o menor desde a criação do Plano Real, em 1994. Além de ser o menor aumento em 23 anos, o reajuste será inferior à inflação acumulada nos últimos 12 meses pela primeira vez desde 2011.
Até esta quinta-feira, o menor reajuste anual do mínimo havia sido concedido em 1999, quando aumentou 4,62%. A inflação acumulada em 12 meses era, porém, menor que o reajuste: 3,14%. Por isso, apesar de pequeno, o reajuste garantiu aumento real de 1,48% aos trabalhadores e pensionistas naquele ano.
O decreto deve ser publicado ainda nesta sexta em edição extra do Diário Oficial da União. O valor divulgado é R$ 11 menor do que o previsto inicialmente no orçamento de 2018, aprovado no Congresso no valor de R$ 965. O reajuste de 1,81% segue a previsão do Índice de Preços ao Consumidor (INPC).
O reajuste do salário mínimo em 2018 será o menor desde a criação do Plano Real, em 1994. Além de ser o menor aumento em 23 anos, o reajuste será inferior à inflação acumulada nos últimos 12 meses pela primeira vez desde 2011.

Até esta quinta-feira, o menor reajuste anual do mínimo havia sido concedido em 1999, quando aumentou 4,62%. A inflação acumulada em 12 meses era, porém, menor que o reajuste: 3,14%. Por isso, apesar de pequeno, o reajuste garantiu aumento real de 1,48% aos trabalhadores e pensionistas naquele ano.

COMPARTILHE

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

Duque de Caxias ganha Hospital do Olho



A unidade é fruto de uma parceria entre os governos federal,
estadual e municipal e vai oferecer 990 cirurgias por mês
Ft: Maurício Bazílio



Carinhosamente chamado de novos olhos de Duque de Caxias, o Hospital do Olho Júlio Cândido de Brito foi inaugurado no último dia 28 pelo governador Luiz Fernando Pezão, o secretário de Estado de Saúde Luiz Antônio Teixeira Jr. e o prefeito de Duque de Caxias, Washington Reis. Especializada em oftalmologia, a unidade é uma das mais modernas do país e conta com equipamentos de última geração para atender à população.
- Esse foi um ano de renascimento para Caxias, principalmente com a entrega de uma obra tão importante como o Hospital do Olho e os dados extraordinários dela. Precisamos dessa parceria, porque sem ajuda a gente não faz essa travessia – declarou o governador Luiz Fernando Pezão.

Parceria entre os governos federal, estadual e municipal, o hospital tem capacidade para realizar 3.700 consultas, 3.100 exames e 990 cirurgias por mês. A unidade conta com 15 cirurgiões, 12 oftalmologistas clínicos, cinco anestesistas, quatro enfermeiros e 12 técnicos de enfermagem. Todos os pacientes serão regulados pela Central Estadual de Regulação.
- Essa unidade vai salvar milhares de vidas, porque as pessoas precisam da sua visão para trabalhar, exercer sua profissão, viver, se alimentar. Esse é um gol de placa e o Estado vai ajudar a custear todas as cirurgias. É uma grande vitória para Duque de Caxias e para a Baixada Fluminense – ressaltou o secretário de Estado de Saúde.

Publicidade


Instalado em um prédio de dois andares na Rua Doutor Laureano, 1.135, em Duque de Caxias, o Hospital começou a ser construído no início do ano com verbas repassadas pelos governos Federal e Estadual. Equipado com placas fotovoltaicas a unidade será totalmente abastecida com energia solar, visando economia e sustentabilidade do local.
- Esse foi um compromisso que assumi com a minha cidade e que estamos realizando, através das secretarias de Saúde e de Obras do município, além das parcerias com os governos estadual e federal. São milhares de pessoas, principalmente idosos, esperando por uma cirurgia de catarata e tratamento de glaucoma. Através do hospital, vamos dar dignidade às pessoas. Vamos dar novos olhos para o cidadão de Duque de Caxias – afirmou o prefeito Washington Reis.

A solenidade contou ainda com a presença de deputados federais e estaduais, vereadores, secretários, entre outras autoridades. 

COMPARTILHE

quinta-feira, 28 de dezembro de 2017

Petrobras anuncia aumento de 1,7% no preço da gasolina

Reajuste começa a valer a partir desta sexta-feira
Preço do diesel também sofretá alta 
 Márcio Alves / Agência O Globo




A Petrobras anunciou, nesta quinta-feira, mais um aumento de 1,7% no preço da gasolina e alta de 1,1% no preço do diesel, comercializados nas refinarias. Os reajustes serão válidos a partir desta sexta-feira, dia 29. Na quarta-feira, a estatal corrigiu em 0,9% no preço do diesel e manteve estabilidade no preço da gasolina. Desde o início da nova metodologia, a gasolina acumula alta de 29,54% e o diesel, valorização de 25,42%.
De acordo com a Agência Nacional do Petróleo (ANP), o preço médio do litro da gasolina na cidade do Rio ficou em R$ 4,537, na semana de 17 a 23 de dezembro. O valor máximo encontrado pela agência foi de R$ 4,899, em postos da Lagoa e do Leblon, e o mínimo de R$ 4,159, em um posto de Cascadura.

Publicidade


A Petrobras adotou uma nova política de reajuste de preços a partir do dia 3 de julho, em que as correções acompanham o movimento do mercado internacionais e ocorrem diariamente.

Rio tem a terceira gasolina mais cara do país
O Estado do Rio tem a terceira gasolina mais cara do Brasil, perdendo apenas para Acre e Minas Gerais, segundo a tabela do Conselho Nacional de Política Fazendária, publicada no Diário Oficial do dia 21 de dezembro. Mesmo sendo o maior estado produtor de petróleo do país, com uma refinaria em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, o preço médio ponderado ao consumidor final é de R$ 4,41 no estado. No Acre, o litro custa, em média, R$ 4,8265. Em Minas Gerais, R$ 4,4203.



O GLOBO

COMPARTILHE

quarta-feira, 27 de dezembro de 2017

Brasil terá nove feriados nacionais em 2018

Ano terá cinco dias de ponto facultativo


O Ministério do Planejamento divulgou nesta terça-feira, 26, por meio de portaria publicada no Diário Oficial da União, o calendário de feriados nacionais e pontos facultativos em 2018. O ano que vem terá nove dias de feriado nacional e cinco de ponto facultativo.
Serão feriados: o dia 1º de janeiro, segunda-feira (confraternização universal); 30 de março (Paixão de Cristo); 21 de abril, sábado (Tiradentes); 1º de maio, terça-feira (Dia Mundial do Trabalho); 7 de setembro, sábado (Independência do Brasil); 12 de outubro, sexta-feira (Nossa Senhora Aparecida); 2 de novembro, sexta-feira (Finados); 15 de novembro, quinta-feira (Proclamação da República); e 25 de dezembro, terça-feira (Natal). São pontos facultativos: 12 e 13 de fevereiro (carnaval); 14 de fevereiro (quarta-feira de cinzas - ponto facultativo até as 14h); 31 de maio, quarta-feira (Corpus Christi); e 28 de outubro, sábado (Dia do Servidor Público).

Publicidade

A portaria estabelece ainda que os dias de guarda dos credos e religiões não relacionados poderão ser compensados, desde que previamente autorizado pela unidade administrativa de exercício do servidor.
Os feriados declarados em lei estadual ou municipal serão observados nas respectivas localidades.
A norma diz ainda que não será permitido aos órgãos e entidades integrantes do Sistema de Pessoal Civil da Administração Federal antecipar ponto facultativo.

Estadão Conteúdo

COMPARTILHE

terça-feira, 26 de dezembro de 2017

Prefeitura de Porciúncula disponibiliza vagas para educação infantil e creches

A Secretaria Municipal de Educação apresenta para o ano de 2018 novas vagas para crianças da Educação Infantil e creches nos três distritos. As matrículas podem ser feitas nas próprias unidades escolares.
Vejam as vagas:






COMPARTILHE

Chuva forte causa queda de muro e deslizamento de terra em Petrópolis

Três sirenes foram acionadas no início da madrugada desta terça-feira (26)


Uma forte chuva atingiu Petrópolis, na Região Serrana do Rio, na noite desta segunda-feira (25) e causou a queda de um muro no bairro Cascatinha e um deslizamento de terra, que derrubou a parede frontal de uma casa na Barão do Rio Branco.

Segundo a Defesa Civil, ninguém ficou ferido, mas os moradores foram orientados a deixar as casas. O órgão permanece em estágio de atenção por causa da previsão de chuva para esta semana.

A queda do muro em Cascatinha causou a obstrução parcial da via e aingiu um carro. A Comdep foi mobilizada para fazer a limpeza e desobstrução da via.

Publicidade


Três sirenes foram acionadas no início da madrugada no Vila Felipe, Dr Thouzet e João Xavier. O maior índice pluviométrico acumulado nas últimas 24 horas foi registrado na Rua João Xavier, no Bingen: 38.4 milímetros. Índices altos também foram registrados no Dr. Dr. Thouzet (37.8 milímetros), Rua Nova, na 24 de Maio (29.4 milímetros), e Vila Felipe (27 milímetros).

A Defesa Civil orienta a população a ter atenção, caso a chuva seja permanente, em função dos acumulados que deixam o solo encharcado.


G1


COMPARTILHE

No Rio, rodovias federais registram seis mortes no final de semana do Natal

Seis pessoas morreram nas estradas federais do Rio de Janeiro no fim de semana do Natal, divulgou na manhã de hoje (26) a Polícia Rodoviária Federal, que registrou um total de 81 acidentes. O balanço abrange os dias 22 a 25 de dezembro e informa que 88 pessoas se feriram nessas ocorrências.

Os acidentes com vítimas fatais ocorreram em três dias diferentes. No dia 23, um motorista morreu em uma colisão na BR-116, na altura de Magé, na Baixada Fluminense. No dia 24, o choque entre dois veículos em Campos dos Goytacazes, Norte Fluminense, matou uma criança de três anos e um adulto de 50, além de ferir gravemente duas pessoas.

Publicidade


Já na noite do dia 25 ocorreu o acidente mais grave. Dois veículos colidiram na BR-393, em Paraíba do Sul, no Centro-Sul Fluminense, e três pessoas morreram no momento do acidente. Seis feridos foram levados em estado grave para a Santa Casa de Três Rios.

Menos pessoas morreram no Natal de 2017 do que no de 2016, quando nove pessoas morreram entre os dias 22 e 25 de dezembro. Entretanto, foram registrados mais acidentes e mais feridos, já que no ano passado 75 ocorrências deixaram 84 feridos nas estradas federais do Rio.

Infrações
O balanço da Polícia Rodoviária Federal informa ainda que foram emitidos 1.634 autos de infração entre sexta-feira e segunda. Mais de 300 foram por ultrapassagens proibidas e 81 por condução sem o cinto de segurança.

A constatação do consumo de álcool levou à autuação de seis pessoas, enquanto 25 foram autuadas por se recusarem a passar pelo teste do bafômetro.


COMPARTILHE

XUXA celebra Natal ao lado de atual namorado e do ex Luciano Szafir

Apresentadora também curtiu a data com Sasha Meneghel e a mãe Dona Alda



Xuxa contou com a companhia do atual na namorado, Junno Andrade, e o ex Luciano Szafir, na celebração do Natal. O pai de sua filha, Sasha Meneghel, postou em seu Instagram um clique da comemoração em que aparece ao lado da atual mulher Luhanna Melloni e com os seus dois filhos, David e Mikael.
"Os meus, os seus e os nossos. Todo mundo junto e misturado. Feliz Natal a todos !!! Hohohohoho @sashameneghel @luhannaszafir @xuxamenegheloficial @junnoandrade @solangemeneghel", disse ele.
Vivendo nos Estados Unidos onde estuda Moda, Sasha também participou da comemoração com a avó materna, Dona Alda, e da tia Solange Meneghel.
Quem


COMPARTILHE

DEM traça plano para candidatura de Maia ao Planalto

A legenda investe no discurso de que ele é o único candidato com capacidade de "reunificar" a política nacional


O DEM trabalha para lançar o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (RJ), como candidato à Presidência da República em 2018. A legenda investe no discurso de que ele é o único candidato com capacidade de “reunificar” a política nacional, por ser hoje um dos poucos políticos com trânsito no governo e nos principais partidos da oposição (PT, PC do B e PDT), que o ajudaram a se eleger para o comando da Casa, além de manter boa relação com o Judiciário.

O lançamento da pré-candidatura já tem data para acontecer: 6 de fevereiro, quando está marcada a convenção nacional do DEM. Ao lançar Maia, a estratégia do partido é testar o nome do presidente da Câmara nas pesquisas eleitorais. O parlamentar fluminense tem dito a aliados que só aceita disputar o Palácio do Planalto se atingir pelo menos 10% das intenções de voto. Nos últimos levantamentos, ele ainda patina, com menos de 5%.
“O Rodrigo tem os principais atributos que o legitimam a exercer essa função de candidato do centro: capacidade de diálogo, equilíbrio e serenidade para tomar decisões. Hoje é um presidente respeitado pelo governo e pela oposição, mostrando vocação para romper esse clima de intolerância política que agita o País”, diz o líder do DEM na Câmara, Efraim Filho (PB), um dos principais entusiastas da candidatura de Maia.
Em busca de apoio para se viabilizar como candidato, Maia atua em pelo menos duas frentes. Em uma delas, tenta se firmar como líder do Centrão, grupo do qual fazem parte partidos grandes e médios, entre eles PP, PR, PSD, PRB e PTB, e que está sem liderança desde a prisão do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Na outra, investe numa aproximação com o PMDB do presidente Michel Temer, o qual trabalha por uma candidatura única da base aliada que defenda o legado de seu governo.
Publicidade

Com os movimentos, Maia busca afastar essas legendas do governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), um dos nomes que tenta se viabilizar como o candidato de centro-direita apoiado pelos partidos da atual base aliada. Além do tucano, outro que se movimenta para ser esse candidato único da base é o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles (PSD), que se aproximou do presidente da Câmara nos últimos meses.

TV

Com apoio oficial desses partidos, Maia teria o maior tempo de televisão, o que o ajudaria a se tornar mais conhecido perante a população. Atualmente exercendo seu quinto mandato de deputado consecutivo, ele teve desempenho eleitoral pequeno no último pleito, em 2014. Naquele ano, o parlamentar fluminense se elegeu deputado com 53.167 votos, três vezes menos do que seu melhor desempenho nas urnas, que aconteceu em 2006 (198.770 votos).
“O Rodrigo, pela condição de presidente da Câmara e características de atuação política dele, converge muito com partidos de todas as matizes. Ele está construindo, num processo extremamente delicado, uma candidatura que pode vir a unir partidos do centro e juntar, mesmo que não coligados, mas com apoio, esquerda direita e centro”, afirma o deputado Pauderney Avelino (AM), secretário-geral do DEM.
Planejamento Segundo Efraim, a candidatura de Maia vem sendo planejada estrategicamente. O primeiro passo, diz, foi fortalecer a bancada da sigla na Câmara, que elegeu 21 deputados em 2014 e deve dobrar de tamanho até março, segundo estimativa da legenda. “Isso dá capilaridade nos Estados”, diz o líder. A segunda etapa será lançamento de 12 pré-candidaturas a governador em 2018 (BA, GO, AP, PE, RJ, SP, RS, DF, PA, MT, MS e RO), ante apenas duas em 2014.
“Estamos tentando ocupar espaço de centro, lacuna deixada pelo próprio PSDB, nos conflitos externos, brigas e disputas internas”, afirma Efraim. De acordo com o líder, a pré-candidatura de Maia terá três “pilares”: a agenda econômica, com foco no emprego e empreendedorismo; a social, tendo como “vitrine” a reforma do ensino médio feita pelo ministro da Educação, Mendonça Filho, que é do DEM; e segurança pública, com propostas em “defesa da vida e da família”.
“O Rodrigo tem cumprido papel fundamental para estabilidade econômica e política do Brasil. Tem articulação política interna, mas também espírito público para interpretar o que Brasil precisa”, diz o deputado licenciado Rodrigo Garcia (SP), secretário estadual de Habitação de São Paulo e um dos vice-presidentes do DEM. “O Rodrigo terá um papel fundamental nas eleições de 2018, sendo ele o candidato a presidente ou não”, emendou.
Procurado, o presidente da Câmara disse que em 2018 tentará se reeleger para o sexto mandato consecutivo como deputado e, se tiver sucesso, reeleição para Presidência da Casa. No Rio, diz, seu foco será eleger seu pai, o ex-prefeito César Maia (DEM), para o governo do Estado ou para uma das duas vagas do Senado.
Ele defende que o DEM tenha candidatura própria a presidente e cita o nome do prefeito de Salvador, ACM Neto, e do senador Ronaldo Caiado (GO) como bons candidatos a presidente pela sigla. 

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.


COMPARTILHE

Lei traz novas regras para compra de produtos pela internet

As  novas  regras  sobre  o  comércio  eletrônico  foram  incluídas  na  Lei  10.962,  de  2004  
Arquivo/Agência Brasil


Já está em vigor a Lei 13.543, que traz novas exigências para a disponibilização de informações sobre produtos em sites de comércio eletrônico. Pela norma, sancionada na semana passada pelo presidente Michel Temer, o preço dos produtos postos à venda nos sites têm de ser colocados à vista, de maneira ostensiva, junto à imagem dos artigos ou descrição dos serviços. Segundo a lei, as fontes devem ser legíveis e não inferiores ao tamanho 12.
A norma inclui essas exigências relativas às vendas online na Lei 10.962, de 2004, que disciplina as formas de afixação de preço de comerciantes e prestadores de serviços. Entre as obrigações gerais de empresas estão a cobrança de valor menor, se houver anúncio de dois preços diferentes, e a necessidade de informar de maneira clara ao consumidor eventuais descontos.
A Lei é um detalhamento do Código de Defesa do Consumidor (Lei 8.078, de 1990), que também versa sobre requisitos a serem seguidos pelos vendedores, como a disponibilização de informações corretas e claras quanto aos produtos, incluindo preço e características.
Benefícios
O Ministério da Justiça argumenta que a lei será um importante instrumento para facilitar a busca de informações pelos consumidores nesse tipo de comércio. “Hoje em dia temos dificuldades de conseguir essas informações porque há produtos em sites ou plataformas sem preço. Isso já era vedado pelo Código de Defesa do Consumidor, e essa lei veio para deixar tais obrigações mais claras, garantindo o direito à informação de quem compra”, afirmou a diretora do Departamento de Proteção e Defesa do Consumidor do ministério, Ana Carolina Caram.

Publicidade


Para a supervisora do Procon de São Paulo, Patrícia Alvares Dias, a Lei é positiva. “Os consumidores estão tendo dificuldade, porque, em sites de comércio eletrônico, em geral, há as características do produto, mas dados sobre o preço não são apresentados com tanto destaque.”
Expansão
Segundo a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (Abcomm), 25,5 milhões de pessoas fizeram compras pela internet no primeiro semestre deste ano. Apesar do número representativo, a entidade ressalta que as transações são concentradas nos dois principais centros urbanos do país: São Paulo foi responsável por 35,5% das vendas e o Rio de Janeiro, por 27,6%.
De acordo com a consultoria Ebit, o comércio eletrônico no Brasil no primeiro semestre do ano cresceu 7,5% em comparação com o mesmo período no ano anterior, com faturamento total de R$ 21 bilhões.
Reclamações
O consumidor que encontrar uma situação em que o preço do produto não está apresentado de maneira clara e em destaque, ou que a fonte seja menor do que o tamanho 12, deve acionar órgãos de proteção e defesa como os Procons, o Ministério Público e a Secretaria Nacional de Defesa do Consumidor do Ministério da Justiça. Os sites que estiverem violando artigos da lei podem ser multados, ou até suspensos.

EBC


COMPARTILHE

domingo, 24 de dezembro de 2017

Com dificuldades, Globo estuda futuro do remake da Escolinha; saiba mais


Quem vem acompanhando a programação da Globo sabe que o canal está apostando bastante em releituras de séries que foram sucesso no passado. Um dos primeiros projetos do tipo foi a Escolinha do Professor Raimundo, dessa vez protagonizada pelo filho de Chico Anyzio, Bruno Mazzeo.

Já com três temporadas no ar, a Globo ainda encontra uma grande dificuldade para manter a série. De acordo com o jornalista Flávio Ricco, o maior desafio do canal para a realização da produção é conseguir conciliar a agenda de trabalho dos atores, que são nomes importantes para a teledramaturgia da Globo.

Publicidade


Diante dos bons resultados alcançados pela série, no entanto, a Globo pretende continuar dando aquele “jeitinho” e continuar produzindo-a para exibir em formato de temporadas.

Estreia da nova temporada bombou na Globo

A estreia da terceira temporada da nova Escolinha do Professor Raimundo teve com boa audiência.

O humorístico, comandado por Bruno Mazzeo, fechou com 13,1 pontos de média e superou a audiência de estreia da 2ª temporada, em 2016, quando marcou 12,9 pontos, segundo dados consolidados da Grande São Paulo. O melhor índice de início de temporada da nova Escolinha, no entanto, é o da primeira: 14 pontos.

Cada ponto equivale a 70.5 mil domicílios na Grande São Paulo. 



TVFoco

COMPARTILHE

UFF vai iniciar plano para tornar seus campus mais sustentáveis

Plano de Logística Sustentável (PLS) será aplicado a partir de janeiro



Onze campus distribuídos em nove municípios do Estado do Rio, separados por quilômetros e que abrigam, juntos, mais de 75 mil pessoas, entre estudantes, funcionários e professores. Manter em funcionamento uma estrutura como a da UFF é um desafio, e a partir do ano que vem, a universidade começará um movimento para fazer as engrenagens deste gigante girarem de forma mais sustentável. Já a partir de janeiro, será aplicado o chamado Plano de Logística Sustentável (PLS). São diretrizes listadas num documento elaborado ao longo deste ano e que preveem mudanças nos processos estabelecidos pela instituição. Embora não fale em valores, o vice-reitor Antônio Cláudio Nóbrega afirma que as medidas resultarão em economia para a universidade num momento de restrição orçamentária, sobretudo para investimentos.

O Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) 2018, em fase de redação final no Congresso, prevê R$ 1,9 bilhão para a UFF, R$ 60 milhões a mais do que estava previsto para este ano. Mas o montante para investimentos caiu de R$ 32,2 milhões para R$ 25,2 milhões no período.

Segundo Nóbrega, o PLS faz parte de um programa maior de melhoria da gestão da universidade. Uma das iniciativas já em curso é a montagem de um sistema totalmente digitalizado para os processos internos da UFF. Isso vai acabar, por exemplo, com o uso de veículos oficiais da universidade para levar e trazer documentos de campus de outros municípios para Niterói.
— Acabou o papel. Vai ser tudo digital. Isso aumentará a transparência e a eficiência (da gestão). É uma medida que também tem óbvia consequência socioambiental — afirma o vice-reitor. — O que o plano visa é a transformação de ações como esta em institucionais; e não apenas pontuais.

Publicidade


O Plano de Logística Sustentável cria uma espécie de comitê gestor de sustentabilidade na universidade. Este grupo, que ainda será formado, terá poder de executar as ações previstas no documento. A presidente da comissão responsável pela elaboração do documento, Deise Faria Nunes, aponta que o comitê terá poder até na elaboração de licitações.
— Temos uma comissão de licitação, e o nosso papel vai ser informar que as licitações precisam ser feitas levando em conta as questões de sustentabilidade. Ao longo de 2018 será feito um levantamento, e no fim do ano divulgaremos um relatório que mostrará quantos contratos respeitaram o estabelecido.

Deise explica que, com isso, os certames terão que levar em conta mais do que só o preço do serviço. Na prática, isso deve estimular a compra de produtos mais sustentáveis, como lâmpadas de LED (mais econômicas a longo prazo, porém mais caras do que as incandescentes) e torneiras com temporizadores, que economizam água.

O documento começou a ser redigido em setembro do ano passado. Ao longo de 2017, a equipe responsável pelo PLS da UFF visitou todos os campus da universidade para colher sugestões e críticas ao plano. Segundo Deise, uma das descobertas nessas visitas foi que há uma série de iniciativas de sustentabilidade em quase todos os campus. Estas ações, porém, ocorriam de forma independente, e agora poderão ter respaldo institucional.
— Estudantes e professores poderão nos indicar que suas iniciativas têm possibilidade de serem realizadas dentro da universidade.


OGlobo




COMPARTILHE

Polícia encontra 55 Kg de maconha enterrada em localidade entre Itaperuna e Natividade

Apreensão foi nesta sexta-feira (22)


Polícia Militar apreendeu 55 Kg de maconha na última sexta-feira (22) na localidade da Serrinha, que fica entre Itaperuna e Natividade, no Noroeste Fluminense. A droga estava escondida em um galão de plástico enterrado em um terreno. Ninguém foi preso.

De acordo com a PM, a maconha estava separada em embalagens com 1 Kg cada. O material foi levado para a 143ª Delegacia de Polícia.

G1

COMPARTILHE

Botafogo age rápido e efetiva Felipe Conceição como novo treinador

Formado nas categorias de base como jogador, o ex-atacante atuou entre 1997 e 2001

O Botafogo confirmou neste sábado a efetivação de Felipe Conceição como novo treinador do clube. Formado nas categorias de base como jogador, o ex-atacante atuou entre 1997 e 2001. Como treinador, retornou à General Severiano em 2013, onde treinou a equipe Sub-15 e Sub-17. Felipe Conceição foi promovido ao profissional em 2016 e passou a exercer a função de auxiliar técnico.
Envolvido com o Botafogo desde 1997, Felipe Conceição foi peça importante nas categorias de base e participou ativamente da formação de uma nova safra de talentos. A efetivação de Felipe Conceição vai de encontro ao novo modelo de forte integração entre base e profissional. A data para apresentação oficial do novo treinador será divulgada posteriormente.
"Não poderia iniciar a minha carreira como treinador em lugar melhor. Estou satisfeito, honrado pelo convite recebido e muito motivado para trabalhar. A visão de integração entre base e profissional é fundamental e tenho pensamento alinhado com o clube. Precisamos utilizar a base, um ativo do Botafogo. Conheço bem essa geração, trabalhei por quase três anos com esses jovens valores. O Botafogo oferece totais condições para que esses meninos se desenvolvam", afirmou Felipe Conceição.
Publicidade

Felipe ganhou destaque em 2015, quando levou a equipe sub-17 à decisão da Copa do Brasil da categoria. Nomes como Luis Henrique e Matheus Fernandes eram os destaques daquela geração. No ano seguinte ele foi incorporado à comissão técnica do elenco profissional.

Informações do site oficial do Botafogo

COMPARTILHE

sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Neymar detona novo visual de Alexandre Pato: “Ridículo”



O jogador Alexandre Pato apareceu com um novo visual esses dias e surpreendeu os fãs por ter platinado os cabelos. Quem parece não ter gostado da novidade foi o amigo, Neymar, que não perdeu a oportunidade de ‘zoar’ o amigo.

“Tu só pode estar de sacanagem com esse cabelo, né? Está querendo irritar alguém? Tá muito ridículo!”, disse o ex de Bruna Marquezine nos comentários da foto do amigo. Bem-humorado, o ex de Fiorella Mattheis respondeu: “Para de graça”.

Publicidade


Porém, os fãs do craque da Seleção Brasileira, concordaram com sua opinião: “Está muito feio!”, disse uma. “Melhor você pintar de castanho”, comentou outro. Já um terceiro postou: “Para com isso! Está ridículo mesmo”.


TVFoco


COMPARTILHE

William Waack é demitido da Globo após atitude racista

Apresentador foi flagrado em um vídeo, durante as eleições americanas do ano passado, dizendo 'é coisa de preto'

O apresentador William Waack foi demitido da TV Globo nesta sexta-feira

O apresentador William Waack foi demitido da TV Globo nesta sexta-feira. Ele já estava afastado da emissora desde o dia 8 de novembro, quando um vídeo circulou na Internet mostrando uma atitude racista do apresentador. Minutos antes de entrar no ar durante a cobertura das eleições americanas do ano passado, uma pessoa passa de carro na rua e buzina. Waack então grita: “tá buzinando por que, seu merda do cacete? Não vou nem falar, porque eu sei quem é... é preto. É coisa de preto”.

No comunicado emitido nesta sexta, a Globo afirmou que o apresentador reiterou que "nem ali nem em nenhum outro momento de sua vida teve o objetivo de protagonizar ofensas raciais". A emissora informou que Waack "repudia de forma absoluta o racismo, nunca compactuou com esse sentimento abjeto e sempre lutou por uma sociedade inclusiva e que respeite as diferenças" e pediu desculpas pelo ocorrido.
Publicidade

"A TV Globo e o jornalista decidiram que o melhor caminho a seguir é o encerramento consensual do contrato de prestação de serviços que mantinham. ​A TV Globo reafirma seu repúdio ao racismo em todas as suas formas e manifestações. E reitera a excelência profissional de Waack e a imensa contribuição dele ao jornalismo da TV Globo e ao brasileiro. E a ele agradece os anos de colaboração", diz a nota assinada pelo diretor de jornalismo, Ali Kamel.
 ODia

COMPARTILHE

Governo do Estado entrega 180 unidades habitacionais para desabrigados das chuvas em Bom Jardim

Parceria com a União já entregou 4.205 imóveis para vítimas de enchentes na Região Serrana



O Governo do Estado do Rio de Janeiro, por meio da Secretaria de Obras, entregou, nesta quarta-feira (20/12), 180 unidades habitacionais no condomínio Bom Destino, na cidade de Bom Jardim, na Região Serrana do Rio. Os apartamentos do programa Minha Casa Minha Vida (MCMV) foram construídos para atender vítimas das chuvas que atingiram a cidade em janeiro de 2011. O investimento foi de R$ 13.938.700 (sendo R$ 13,5 milhões do Governo Federal e R$ 438.700 do Tesouro estadual, para desapropriação da área).
 - São lares seguros e de boa qualidade para que essas famílias possam viver sem temer novas enchentes - afirma o secretário de estado de Obras, José Iran Peixoto Júnior. 

 As unidades habitacionais têm área construída de 43 metros quadrados (m2), compostas por sala, dois quartos, banheiro, cozinha e área de serviço. Os apartamentos foram entregues às vítimas das chuvas gratuitamente, sendo que a escritura definitiva do imóvel será entregue aos moradores em dez anos. A Caixa Econômica Federal lembra que não é permitido alugar ou vender o apartamento antes do recebimento da escritura.

Publicidade


O Secretaria de Obras já havia entregado às vítimas das chuvas na cidade de Bom Jardim 28 casas na Granja Santa Thereza. Está prevista ainda a entrega de mais 14 unidades no Chalet. No total, a cidade será beneficiada com 222 unidades habitacionais.  

UNIDADES HABITACIONAIS NA REGIÃO SERRANA

O Governo do Estado, em parceria com a União, está construindo 4.880 unidades habitacionais para desabrigados pelas enchentes. Desse total, 4.205 já foram entregues. São 2.337 (todas entregues) em Nova Friburgo; 1.600 (todas entregues) em Teresópolis; 358 (50 já entregues) em Petrópolis; 153 em Areal; 222 (208 já entregues) em Bom Jardim; 100 em Sumidouro; e 110 (10 já entregues) em São José do Vale do Rio Preto. A construção é feita através do Programa Minha Casa, Minha Vida e a montagem de casas modulares  é de responsabilidade da Secretaria de Obras com material doado por empresas de construção.

COMPARTILHE

Compartilhe