quarta-feira, 30 de junho de 2021

Deputada Federal Clarissa Garotinho visita Pádua e São Fidélis

Emendas parlamentares possibilitam obras em Santo Antônio de Pádua e São Fidélis

Davi, Nando, Clarissa, Paulo e Claudinéia

O município de Santo Antônio de Pádua receberá este ano uma emenda parlamentar de R$ 780 mil para investir na saúde municipal. Os recursos foram destinados pela deputada federal Clarissa Garotinho (PROS/RJ), que visitou nesta tarde (30/06), a sede da prefeitura local e, em seguida, o Hospital Hélio Montezano de Oliveira, onde será investida a verba. A agenda de hoje teve também uma passada em São Fidélis, onde Clarissa “fiscalizou" obras de emendas reservadas por ela em anos anteriores.

“Tenho dito que meu gabinete em Brasília está à disposição do interior do estado, principalmente do Norte e do Noroeste Fluminense, para que as cidades da região possam superar as dificuldades financeiras, vencer a Covid-19 e voltar a crescer", disse Clarissa ao ser recebida pelo prefeito de Santo Antônio de Pádua, Paulinho da Refrigeração (PTB).

Secretária Andrea, deputada Clarissa, prefeito Paulinho e vice Jadir

Durante a visita ao Hospital Helio Montezano de Oliveira, a parlamentar se mostrou bastante emocionada por estar ajudando uma unidade que leva o nome do seu avô, pai do ex-governador Garotinho. Esse hospital é tradicionalmente de Atenção Básica, mas, desde o começo deste ano, vem estendendo o atendimento a alguns casos de média e alta complexidade, numa mudança de perfil.

Cumprindo todos os requisitos necessários em tempos de pandemia, Clarissa visitou algumas dependências do hospital, sempre ao lado do prefeito. Mais cedo, na visita à sede da prefeitura, a deputada conversou também com vereadores locais e representantes da sociedade civil.

Paulo Roberto, Andrea e Clarissa

O primeiro evento do dia aconteceu, no entanto, em outra cidade, São Fidélis. Ao lado do ex-prefeito do município Davi Loureiro, ela foi ver como estão as obras de pavimentaçao na Avenida Sete de Setembro, em frente à Rodoviária Prefeito Carlos de Oliveira. Os recursos foram destinados por Clarissa em emendas de 2017 e 2019, que, juntas, somam R$ 1 milhão. Também englobam outras ruas do entorno.

Nos últimos anos, a parlamentar reservou ainda R$ 3 milhões, em 2018, para a área de Saúde da cidade, beneficiando ações de Atenção Básica além de Média e Alta Complexidade; e R$ 500 mil para ampliação de creches.

 

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

PSL articula filiação de Datena de olho na disputa pelo Palácio do Planalto em 2022

 



O PSL acertou a filiação do apresentador da TV Band José Luiz Datena e estuda lançá-lo na disputa pelo Palácio do Planalto nas eleições 2022, como outra opção entre os nomes da chamada “terceira via”, ou ao Senado. A filiação será formalizada nesta semana.

Ainda rachado e abrigando nomes fiéis ao presidente, como os deputados Eduardo Bolsonaro e Carla Zambelli, o diretório estadual do PSL em São Paulo dá continuidade às mudanças que miram as próximas eleições. Uma das estratégias é trazer nomes “grandes” para a sigla.

“A vinda do Datena acontece em um momento em que o país precisa de esperança. O Brasil não pode ficar refém de dois nomes. O PSL acredita num novo caminho para o nosso país e está unindo todas as forças na construção dessa terceira via”, diz o presidente estadual do PSL em São Paulo, o deputado federal Júnior Bozzella.

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Incentivo a adoção de animais é tema de vídeo exibido em monitores da rodoviária de Niterói

A iniciativa partiu do Governo do Estado em parceria com a Rodoviária de Niterói



A mensagem é clara: Adoção é um Ato de Amor! O vídeo de 15 segundos feito através da parceria entre a Secretaria de Estado de Agricultura e o Terminal Rodoviário Presidente João Goulart, em Niterói, tem o objetivo de levar ao público a mensagem de incentivo a adoção de animais abandonados que são recolhidos por protetores independentes e ONGs.

A iniciativa, que partiu do Secretário Estadual de Agricultura, Marcelo Queiroz, responsável pelas políticas públicas de proteção e bem estar animal, logo ganhou a adesão e parceria do Diretor de marketing do Terminal Rodoviário, Luiz Redinger.

As imagens serão exibidas simultaneamente, em diversas horas do dia, em 34 monitores e serão vistas pelas cerca de 600mil pessoas que circulam diariamente no local.

O Diretor de Marketing, Luiz Redinger fala sobre a importância do conteúdo do vídeo durante os anúncios exibidos no terminal.

- O objetivo de ter a secretaria dentro do terminal, nos possibilita levar essa mensagem ao nosso público, e incentivar mais atenção aos pets. Os animais, ensinam aos seres humanos a reaprender o sentido da palavra amor. No ir e vir aqui da rodoviária, agora o público terá a oportunidade de ter essa troca com os animais – explicou Luiz.




O guia turístico, Daniel Silva, de 34 anos, morador de Niterói, passa pelo Terminal Rodoviário Presidente João Goulart todos os dias para trabalhar e também voltar do trabalho. Ele aprovou a iniciativa.

- Esse tipo de divulgação, é um ato de amor aos animais, e quanto maior a divulgação e locais forem usados, menos animais teremos em situação de vulnerabilidade pela cidade. Assim você ajuda espalhar empatia, amor, carinho, zelo e afeto. Justamente quem vai para uma rodoviária na correria do dia a dia, se deparar com essas imagens, é de extrema valia -

O secretário Marcelo Queiroz, acredita que as campanhas de adoção têm um grande resultado positivo.

- As campanhas de adoção que estamos promovendo desde o ano passado e o número cada vez maior de animais adotados demonstra a importância de mantermos ativas as mais variadas formas de divulgação desse ato de amor! Essa parceria é mais uma que contribuirá para darmos novos lares a animais em situação de risco –

Se você não passa pelo do Terminal Rodoviário Presidente João Goulart, em Niterói, basta acessar a página da secretaria estadual de agricultura e assistir o vídeo.

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Rio das Ostras apresenta The Doors em Cine Clube

Exibição gratuita é nesta quinta, 1, na Confraria do Jamelão

Foto: Divulgação


A Confraria do Jamelão, em Rio das Ostras, dá continuidade a exibições de filmes às quintas-feiras. Na próxima, dia 1 de julho, será a vez de The Doors, de 1991. As sessões são sempre às 20h com entrada franca.

Jim Morrison, a voz e a alma dos Doors, um homem que marcou várias gerações e que ainda hoje nos faz interrogar se algum dia alguém o conheceu realmente. Oliver Stone, realizador pródigo em filmar polêmicas americanas, realizou em 1991 um filme sobre a ascensão dos Doors, terminando o filme com a morte de Jim Morrison, cuja frase do epílogo deixa a certeza das causas em aberto – dizem que Jim morreu de uma parada cardíaca. É, em seus certos exageros, a biografia de Jim Morrison e da banda The Doors, uma das mais influentes dos anos 1960. Mostra sua passagem pelo conturbado mundo do rock´n roll, onde as drogas e o sexo reinavam.


Faça sua reserva pelo telefone 22 99779-2132. As vagas são limitadas por causa da pandemia. O local obedece rigorosamente todos os protocolos sanitários e o uso de máscara é obrigatório.


Bruno Pirozi

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Alunos voltam às aulas presenciais em Porciúncula

 

Foto: Divulgação/ Prefeitura de Porciúncula

As aulas presenciais na rede municipal de ensino retornaram na última segunda-feira, 28. Mesmo diante das restrições e das dificuldades impostas pela pandemia de Covid-19, a Secretaria Municipal de Educação se preparou para o retorno gradual das atividades escolares.

Após mais de um ano longe das escolas, o primeiro dia de aula não teve algazarra, correria, abraços e gritos típicos dos pátios escolares. As crianças chegaram receosas, com os sorrisos encobertos pelas máscaras e com a obrigação de passar pelos protocolos de segurança na entrada da escola e seguir outros em sala de aula.

Todas as escolas municipais estão funcionando com número restrito de alunos, perfazendo um total máximo de 30 % da capacidade, além do rodízio de alunos e turmas, além do horário reduzido de turnos.

Os estudantes, cujos pais não estão seguros com o ambiente escolar, podem continuar fazendo as atividades remotamente.

Para as famílias que têm crianças indo à escola, a Secretaria Municipal de Educação preparou uma cartilha informativa sobre todos os protocolos a serem seguidos para proteção à saúde no ambiente escolar.

O secretário de Educação Erick Moraes sabe das dificuldades, mas está esperançoso. “O retorno foi preparado com muito carinho. Tudo está diferente, mas estamos todos dispostos a nos adaptar e oferecer a maior segurança e o melhor aprendizado para nossos alunos”.


Ascom

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Governo do Rio antecipa metade do 13º salário dos servidores públicos

Designed by Gabriel_Ramos / shutterstock


Com o objetivo de incrementar a economia fluminense, o Governo do Estado paga, nesta quarta-feira (30/06), a metade do 13º salário aos servidores públicos nesta quarta-feira (30/06). O valor da folha de pagamento, que inclui cerca de 460 mil ativos, inativos e pensionistas, será de R$ 1,6 bilhão.

- Vamos aos poucos recuperando as finanças e também as economias do nosso Estado. Além de colaborar no bolso desses trabalhadores, esse recurso será fundamental para melhorarmos a economia fluminense - disse o governador Cláudio Castro.

Neste dia, os servidores receberão a primeira parcela do 13º salário de 2021. O salário de junho, previsto para o mês que vem, será depositado conforme calendário oficial.

- Essa antecipação está sendo feita com extrema responsabilidade fiscal e dentro do planejamento previsto para este ano - destacou o secretário de Estado de Fazenda, Nelson Rocha.

A segunda parte do 13º salário, prevista para o fim do ano, sofre os descontos previstos em lei, se for o caso, como o de Imposto de Renda (IR).

Incremento na economia

A expectativa do governo estadual é que a antecipação do depósito dos salários ajude a movimentar a economia fluminense. Um efeito positivo é esperado, tanto na possibilidade do aumento do poder compras dos cidadãos do estado, quanto na redução da inadimplência por meio da quitação de dívidas.

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Quarta Maluca - Supermercados Fluminense



 

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

terça-feira, 29 de junho de 2021

Energia: ajuste da bandeira tarifária representa custo de R$ 9,49 a cada 100 kWh

Valor será analisado em consulta pública



A Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL aprovou nesta terça-feira (29/6) a resolução que estabelece as faixas de acionamento e os adicionais das bandeiras tarifárias a partir de 1º de julho de 2021. O valor da bandeira tarifária patamar 2 referente a julho de 2021 será de R$ 9,492 a cada 100 quilowatts-hora (kWh) consumidos. A bandeira vigente em julho foi anunciada na última sexta-feira (25/6).

A diretoria da ANEEL decidiu também novos valores para as outras bandeiras. A amarela será de R$ 1,874 a cada 100 kWh; a vermelha patamar 1, de R$ 3,971 a cada 100 kWh; e a vermelha patamar 2, de R$ 9,492 a cada 100 kWh. O valor deliberado pela Diretoria Colegiada da ANEEL para a bandeira vermelha patamar 2 contempla os custos de geração de energia elétrica decorrentes da conjuntura hidrológica de exceção vivenciada neste momento, a pior desde 1931 segundo o Operador Nacional do Sistema (ONS). Uma nova consulta pública será aberta nos próximos dias para avaliação do valor da bandeira tarifária patamar 2.

A bandeira verde, que indica boas condições de geração de energia, é gratuita desde a adoção do sistema, em 2015. ale recordar que as bandeiras tarifárias, atualizadas anualmente até 2019, permaneceram com valores inalterados em 2020 como medida emergencial da Agência para aliviar a conta de luz dos consumidores e auxiliar o setor elétrico em meio ao cenário de pandemia da Covid-19. Pelo mesmo motivo, a ANEEL manteve a bandeira verde de junho a novembro de 2020 – nesse período, os custos da Conta Bandeira foram supridos pela Conta Covid, empréstimo ao setor elétrico feito junto a bancos públicos e privados, com o objetivo de aliviar os impactos da atual crise no setor elétrico.

A incidência dos adicionais de bandeiras tarifárias na conta de luz dos consumidores que possuem direito à Tarifa Social de Energia Elétrica segue os mesmos percentuais de descontos que são estabelecidos por faixa de consumo.

Isso significa que as famílias de baixa renda, inscritas no programa de Tarifa Social, pagam as bandeiras com os mesmos descontos que já têm nas tarifas, de 10% a 65%, dependendo da faixa de consumo.

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Nova frente fria chega ao estado do Rio

 




A nova frente fria chegou ao estado do RJ nesta tarde de terça-feira (29/06), cidades do Sul Fluminense, Grande Rio e região Serrana já estão sentindo essa mudança. Nessas localidades já há registro de chuva fraca de forma isolada, outro destaque são as rajadas de vento que sopram com até moderada intensidade.

Temperaturas despencam nesta quarta-feira (30/06) em todas as regiões do estado do RJ

Nas últimas horas uma tempestade subtropical se formou no litoral Sul do Brasil, o sistema foi batizado de 'Raoni' pela Marinha Brasileira, o sistema deverá permanecer com essa configuração pelo menos até esta quarta-feira (30/06). Raoni não representa riscos para o estado do RJ, na quinta-feira (01/06) esse sistema já perde força e se afasta da costa Brasileira.

Ao longo desta quarta-feira a tempestade subtropical Raoni vai contribuir para o avanço de uma poderosa massa de ar polar (a mais intensa de 2021 até o momento). O último dia do mês de junho será de céu nublado, com risco de chuva fraca a qualquer momento e temperaturas bem baixas, com grande chance para novos recordes de frio em todas as regiões Fluminenses. As máximas devem ficar abaixo dos 13°C graus na região serrana, abaixo dos 18°C no Médio Paraíba Fluminense e abaixo dos 20°C nas demais regiões do estado, o vento frio e úmido vai manter a sensação térmica ainda menor.


Fontes: CPTEC/INMET (Windyty, GFS e ECMWF)

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Varre-Sai: Concurso Garota Festival do Vinho 2021 será realizado de forma on-line

 





A Prefeitura Municipal de Varre-Sai, no Noroeste Fluminense, por meio das Secretarias Municipais de Educação e Cultura (Departamento de Cultura) e de Turismo, vai realizar a partir da quarta-feira (30/06), as inscrições para o Concurso Garota Festival do Vinho 2021. O concurso será realizado de forma on-line e as cinco primeiras classificadas receberão troféus, sendo que as três primeiras serão premiadas.

As inscrições acontecem no Centro Cultural Sebastião Oliveira Vargas, das 8 às 16h30. Para participar, a candidata precisa ter de 16 a 25 anos e ser residente em Varre-Sai há pelo menos um ano.

O Concurso Garota Festival do Vinho elege a rainha e as princesas do Festival do Vinho de Varre-Sai que esse ano vai para a 46ª edição.

A diretora do Departamento de Cultura, Valderes Maria de Oliveira, falou da importância do concurso. “É com imenso carinho que convido as meninas de Varre-Sai para o Concurso Garota Festival do Vinho de 2021. É de grande importância a participação das garotas nesse concurso para abrilhantar os festejos do Festival do Vinho e deixar a colaboração de vocês nesse grandioso evento, em nosso município”, destacou a diretora do Departamento de Cultura.

Varre-Sai

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Bolsonaro prorroga prazo de Alistamento militar

Decreto foi publicado hoje no Diário Oficial da União

Foto: Fernando Frazão


O presidente Jair Bolsonaro assinou decreto prorrogando até 31 de agosto o prazo para alistamento militar este ano. O prazo final original era amanhã (30). No caso de brasileiros naturalizados ou por opção, o prazo para apresentação obrigatória para o alistamento será de 60 dias, informou, em nota, o Ministério da Defesa.

De acordo com o ministério, a medida é necessária “considerando que, em função da pandemia da covid-19, vários municípios seguem com suspensão de atendimento ao público nas juntas de Serviço Militar”.

A pasta disse que a suspensão no atendimento público dificulta o alistamento de diversos jovens carentes que não possuem acesso à plataforma digital. “Prorrogação semelhante foi feita no ano passado, trazendo benefícios aos conscritos e garantindo a qualidade da seleção geral”, disse o ministério.

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Mais de 33 mil desempregados estão habilitados no SuperaRJ

 



Mais de 33 mil desempregados já receberam a confirmação de que estão habilitados no programa SuperaRJ. O resultado com os contemplados na categoria foi divulgado nesta segunda-feira, dia 28, no site superarj.rj.gov.br. Além disso, mais 22 mil pessoas inscritas no CadÚnico passaram a fazer parte do programa. A previsão é que os cartões sejam distribuídos até o dia 10 de julho.

O valor do benefício será de, no mínimo, R$ 200 com adicional de R$ 50 por filho menor de idade, limitado a dois filhos, podendo chegar no valor máximo de R$ 300.

Estão aptos a receber o benefício os trabalhadores que tenham perdido vínculo formal de trabalho com salário mensal inferior ao valor de R$ 1.501,00, no período da pandemia da Covid-19, a contar de 13 de março de 2020, e que estejam sem qualquer outra fonte de renda.

SuperaRJ

Ao todo, serão beneficiadas, com valores de R$ 200 a R$ 300, cerca de 1,4 milhão de pessoas que vivem em situação de pobreza e extrema pobreza ou que perderam empregos durante a pandemia da Covid-19. O SuperaRJ também prevê crédito de até R$ 50 mil para micro e pequenos empresários.

Serviço

Para saber se tem direito ao SuperaRJ e como obter o benefício, os canais são os sites superarj.rj.gov.br e rj.gov.br ou o número 0800-071-7474, que funciona de segunda a sexta, entre 8h e 20h40min, e sábado, das 8h às 14h20min.


COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Alerj vota isenção de ICMS para o fornecimento de energia elétrica a estabelecimento rural

 



O fornecimento de energia elétrica para consumo por estabelecimento rural será isento do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). É o que determina o Projeto de Lei 4.205/21, de autoria do deputado André Ceciliano (PT), que a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) vota nesta terça-feira (29/06), em discussão única. Caso receba emendas parlamentares, o texto sairá de pauta.

A medida iguala as regras tributárias do estado de São Paulo - dispostas no artigo 29 do Regulamento ICMS número I. Este processo, conhecido como colagem, é autorizado pela Lei Complementar Federal 160/17 e pelo Convênio ICMS 190/17, com o intuito de evitar a guerra fiscal entre os estados.

Segundo o texto, a medida vale para o fornecimento aos estabelecimentos rurais que efetivamente mantiver exploração agrícola ou pastoril e estiver inscrito no Cadastro de Contribuintes do ICMS. O estabelecimento tem que apresentar, em relação a conta, consumo mensal de até mil Kwh. O benefício fiscal deve ser transferido aos consumidores, mediante redução do valor da operação no montante correspondente ao valor do imposto.

Os estabelecimentos rurais devem apresentar os seguintes comprovantes anuais: comprovação de situação cadastral junto ao órgão específico; declaração de Índice de Participação dos Municípios (Declan IPM) vigente e declaração de exploração agrícola ou pecuária emitida pela Emater ou instituição sindical rural de segundo grau.

“A produção rural é fundamental para a garantia da produção fluminense e fornecimento de alimentação à população. Assim, em momento de grave crise econômica enfrentada pelo estado do Rio de Janeiro, é necessário apoiar as atividades essenciais que movimentam a nossa economia”, afirmou o presidente da Alerj.

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Governo disponibiliza R$ 43 milhões para custear 3 mil leitos de covid-19

Verba vai custear 3.019 leitos de suporte ventilatório
Gil Leonardi/Divulgação/ Imprensa MG

                                      

O Ministério da Saúde liberou R$ 43,4 milhões para custear 3.019 leitos de suporte ventilatório pulmonar para o atendimento exclusivo de pacientes diagnosticados com a covid-19.

A transferência dos recursos em caráter excepcional foi divulgada no Diário Oficial da União desta terça-feira (29) e vai beneficiar municípios de 21 Estados e do Distrito Federal.

As despesas autorizadas nos termos da portaria são referentes ao mês de junho de 2021 e corresponderão ao montante total de recursos destinados ao Bloco de Manutenção das Ações e Serviços Públicos de Saúde.

As liberações vão beneficiar, principalmente, os Estados de São Paulo (755 leitos), Minas Gerais (611), Bahia (229) e o Distrito Federal (263). Também receberão leitos Pará (176), Maranhão (153), Rio Grande do Sul (150) e Sergipe (102).

Em menor proporção, serão beneficiados pela portaria do Ministério da Saúde os Estados do Ceará (98), Rio Grande do Norte (91), Mato Grosso (64), Rio de Janeiro (63), Santa Catarina (48), Espírito Santo (46), Goiás (38), Amazonas (32), Paraíba (24), Paraná (24), Mato Grosso do Sul (16), Pernambuco (16), Piauí (14) e Rondônia (6).

R7

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Terça Verde - Supermercados Fluminense



 

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

segunda-feira, 28 de junho de 2021

Dívida Pública Federal volta a subir e chega a R$ 5,17 trilhões

Vencimento de títulos vinculados à inflação segurou alta




Depois de uma queda expressiva em abril, a Dívida Pública Federal (DPF) voltou a subir em maio. Segundo números divulgados hoje (28) pelo Tesouro Nacional, a DPF passou de R$ 5,089 trilhões em abril para R$ 5,171 trilhões em maio, com alta de 1,61%.

O Tesouro prevê que a DPF continuará subindo nos próximos meses. Segundo a nova versão do Plano Anual de Financiamento (PAF), apresentada no fim de maio, o estoque da DPF deve encerrar 2021 entre R$ 5,5 trilhões e R$ 5,8 trilhões.

A dívida pública mobiliária (em títulos) interna (DPMFi) subiu 1,82%, passando de R$ 4,852 trilhões em abril para R$ 4,940 trilhões em maio. No mês passado, o Tesouro emitiu R$ 58,3 bilhões em títulos a mais do que emitiu. Também houve a apropriação de R$ 29,88 bilhões em juros. Por meio da apropriação de juros, o governo reconhece, mês a mês, a correção dos juros que incide sobre os títulos e incorpora o valor ao estoque da dívida pública.

Em maio, o Tesouro emitiu R$ 156,8 bilhões, acima de R$ 150 bilhões pelo nono mês consecutivo. Os resgates somaram R$ 98,8 bilhões, impulsionados principalmente pela concentração de vencimentos de títulos vinculados à inflação. Esses vencimentos contribuíram para segurar temporariamente a alta da dívida pública.

A dívida pública federal externa (DPFe) caiu 2,64%, passando de R$ 237 bilhões em abril para R$ 230,75 bilhões em maio. Além da queda de 3,17% do dólar no mês passado, houve o vencimento de R$ 567 milhões de títulos em dólar que circulavam no mercado internacional.

Colchão

Nos últimos meses, o Tesouro tinha intensificado a emissão de títulos públicos para recompor o colchão da dívida pública (reserva financeira usada em momentos de turbulência ou de forte concentração de vencimentos). Depois de cair para R$ 969,3 bilhões em abril, essa reserva subiu para R$ 1,036 trilhão em maio.

Atualmente, o colchão cobre cerca de 9,6 meses de vencimentos da dívida pública. Até o fim de 2021, está previsto o vencimento de R$ 640,9 bilhões em títulos federais.

Nos primeiros meses da pandemia da covid-19, o governo queimou parte desse colchão para compensar a instabilidade no mercado financeiro. Em agosto do ano passado, o Banco Central teve de repassar ao Tesouro R$ 325 bilhões para ajudar a recompor essa reserva. O restante está sendo feito com o aumento das emissões.

Em abril, a proposta de emenda à Constituição (PEC) emergencial reforçou o colchão com mais R$ 140 bilhões da desvinculação de fundos públicos.

Composição

Com a concentração de vencimentos de títulos corrigidos pela inflação, a proporção desses papéis na DPF caiu de 27,69% em abril para 26,95% em maio. A nova versão do PAF prevê que a fatia da inflação na dívida pública encerre o ano numa faixa entre 26% e 30%.

A proporção de títulos corrigidos pela Taxa Selic (juros básicos da economia) na DPF ficou estável, caindo levemente, de 35,5% para 35,39%. O PAF prevê que o indicador feche 2021 entre 33% e 37%. O aumento da demanda por esses papéis após as recentes elevações da Selic pelo Banco Central ajudou a elevar a proporção.

A fatia de títulos prefixados (corrigidos com antecedência) também subiu, passando de 31,9% para 32,95%. Composto por antigos títulos da dívida interna corrigidos em dólar e pela dívida externa, o peso do câmbio na dívida pública caiu de 4,91% para 4,7%. Os dois tipos de indexadores estão dentro dos limites estabelecidos pelo PAF para o fim de 2021, entre 31% e 35% para os prefixados e entre 3% e 7% para o câmbio.

Detentores

As instituições financeiras seguem como principais detentores da Dívida Pública Federal interna, com 30% de participação no estoque. Os fundos de investimento, com 23,9%, e os fundos de pensão, com 23,2%, aparecem em seguida na lista de detentores da dívida.

Após a retirada de recursos de investidores internacionais do Brasil, decorrente da crise econômica, a participação dos não residentes (estrangeiros) continua se recuperando, atingindo 9,9% em maio. Mesmo assim, o percentual está inferior ao observado antes da pandemia da covid-19. Os demais grupos somam 13,1% de participação, segundo os dados apurados no mês.

Por meio da dívida pública, o governo pega dinheiro emprestado dos investidores para honrar compromissos financeiros. Em troca, compromete-se a devolver os recursos depois de alguns anos, com alguma correção, que pode seguir a taxa Selic (juros básicos da economia), a inflação, o dólar ou ser prefixada (definida com antecedência).

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Governador se reúne com 60 prefeitos em fórum de gestão pública

 



Estreitando ainda mais os laços com as cidades do interior do Rio de Janeiro, o governador Cláudio Castro e parte do seu secretariado participaram, neste sábado (26/06), em Miguel Pereira, no Sul Fluminense, de um fórum que reuniu 60 prefeitos. Promovido pelo prefeito do município, André Português, o encontro discutiu temas como investimentos, desenvolvimento econômico e projetos sociais no estado.

- O fórum de hoje é uma oportunidade para o diálogo e para entender o que aconteceu nos últimos tempos, não só com a pandemia, mas também com nosso estado. O secretariado está aqui para conversar e entender o que podem fazer para cada município. Não adianta ter dinheiro e não ter projetos. Trabalhando juntos, conseguiremos desenvolver o Rio de Janeiro ainda mais – afirmou Castro.

Durante o evento, o governador analisou que o diálogo permanente com o governo federal e as prefeituras, somado à adesão ao novo Regime de Recuperação Fiscal e à realização da maior concessão dos serviços de saneamento da América Latina, estão abrindo caminho para investimentos em infraestrutura, com foco no crescimento. Os senadores Romário e Carlos Portinho também estiveram presentes no encontro.

Investimentos em Miguel Pereira

Sede do fórum, Miguel Pereira estava no bloco 2 do leilão dos serviços da Cedae, arrematado pela Iguá Saneamento. Estudos feitos para o edital apontam que a cobertura de esgoto vai chegar a 90%, enquanto a de água alcançará os 99%.

Além da expansão da concessão de saneamento, o município receberá R$ 189 milhões em investimentos feitos pela concessionária ao longo de 35 anos. Ainda este ano serão pagos 65% da outorga fixa de mais de R$ 26 milhões.

Alguns investimentos já foram anunciados para Miguel Pereira, como a construção de novas Estações de Tratamento de Esgoto em Javary e Conrado, expansão e melhorias nas de Fragoso e Cardoso, um plano de ação para cadastro na tarifa social e campanha de educação ambiental.

- Não existe prefeito sem governador, nem governador sem prefeitos. O fórum de hoje é uma ótima oportunidade para estabelecer um diálogo ainda maior, permitindo que cada município apresente suas propostas ao secretariado e se façam entender sobre o que é necessário – disse o prefeito André Português.

Enfrentamento à pandemia

Durante o encontro, também foi promovido um debate sobre as medidas de combate à pandemia da Covid-19 no Rio de Janeiro. Por meio da Secretaria de Saúde, o Governo do Estado já distribuiu mais de 55 milhões de vacinas para os municípios fluminenses. Os carregamentos com as doses saem em até 24 horas após chegarem na capital e são entregues para todas as 92 cidades, de maneira proporcional.

- Vivemos uma das maiores crises sanitárias da história. O governo e todas as prefeituras tiveram que se organizar e aprender a lidar com ela. Agora estamos nos recuperando da terceira onda, precisamos seguir vacinando para que até outubro todos os maiores de 18 anos tenham tomado pelo menos uma dose - ressaltou o secretário de Saúde, Alexandre Chieppe.

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Mutirão do Procon vai negociar dívidas do transporte escolar com bancos

 



O Procon Estadual do Rio de Janeiro promoverá um novo mutirão virtual de negociação de dívidas. Após realizar eventos com a participação de instituições de ensino e as principais concessionárias de serviço público que atuam no estado, o novo mutirão tem como foco os profissionais do transporte escolar. O mutirão vai ajudar as pessoas físicas e jurídicas que possuem veículos de transporte escolar financiados, que estão com parcelas em atraso, já que o setor foi duramente afetado pela pandemia. Aqueles que desejam negociar os débitos poderão se inscrever entre os dias 28 e 30/06, preenchendo o formulário online: https://forms.gle/B1uUUeizwMQeWDan7 .

Devido às medidas restritivas impostas em 2020, como a suspensão das aulas presenciais e o ensino híbrido, muitos pais rescindiram o contrato com as empresas que realizam transporte escolar, afetando diretamente o setor, que teve queda ou perda significativa de receita. Muitos proprietários de veículos de transporte escolar não estão conseguindo arcar com o pagamento do financiamento junto às instituições bancárias e buscaram o auxílio do Procon-RJ, bem como os consumidores que dependem desse serviço.

- É imprescindível ajudarmos este setor que sofreu drasticamente com a pandemia e que oferece um serviço tão importante. Os problemas relatados pelos motoristas são preocupantes, pois a inadimplência pode gerar uma reação em cadeia que afetam os profissionais que transportam os alunos e ao mesmo tempo o consumidor que depende da disponibilidade do serviço com o retorno das aulas presenciais - observou o presidente do Procon-RJ, Cássio Coelho.

É fato também que a vacinação no estado do Rio de Janeiro aos profissionais de educação está sendo acelerada, e a expectativa com a imunização é a retomada presencial das atividades escolares, e por conseguinte, do transporte escolar.

As negociações acontecerão virtualmente entre os dias 12 e 13 de julho por intermédio de um servidor da autarquia. Todas as instituições convidadas, que aceitarem participar do evento, assinarão um termo se comprometendo a realizar negociação mais favorável e com melhores condições das que são regularmente oferecidas aos consumidores em suas agências.

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Secretaria do Ambiente e Inea apreendem mais de 100 animais na Baixada

 


Uma operação de combate ao tráfico de animais silvestres culminou com a prisão de oito pessoas e a apreensão de 109 animais em feiras livres de Belford Roxo e Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, neste domingo, dia 27. Na ação, foram recolhidos recolhidos três micos, 105 aves e uma tartaruga. A venda de animais silvestres é crime previsto na Lei Federal 9.605/98, no artigo 29, com pena de seis meses a um ano.

A ação conjunta foi realizada pela Secretaria Estadual do Ambiente e Sustentabilidade, por meio da Superintendência de Combate aos Crimes Ambientais, e o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) em apoio à Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA).

- Manter animais silvestres em cativeiro sem autorização é crime. Realizamos essa operação para combater o tráfico desses animais e alertar a população sobre essa prática ilegal. Vamos continuar fiscalizando e trabalhando para coibir essas práticas - afirmou Thiago Pampolha, secretário de Estado do Ambiente e Sustentabilidade.

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Aqui Tem Preço - Supermercados Fluminense



 

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Lázaro é morto em Goiás após megaoperação

Reprodução Record TV


Após 20 dias de uma megaoperação, com mais de 270 policiais, Lázaro Barbosa, de 32 anos, foi morto após ser baleado nesta segunda-feira (28), em Goiás. Condenado por assassinatos e estupros, o fugitivo da Justiça era procurado por uma série de crimes na Bahia e em Goiás. Ele também é acusado da morte de quatro pessoas de uma família em Ceilândia, no Distrito Federal, e de um caseiro de uma fazenda no distrito de Girassol, em Goiás.

"Acabo de receber neste momento uma informação de todas as equipes que estão na região de Cocalzinho que o Lázaro foi preso", disse o governador Ronaldo Caiado.

"Como eu disse, era questão de tempo até que a nossa polícia, a mais preparada do País, capturasse o assassino Lázaro Barbosa. Parabéns para as nossas forças de segurança. Vocês são motivo de muito orgulho para a nossa gente! Goiás não é Disneylândia de bandido", completou o governador.

As buscas começaram no dia 9 de junho, após o crime no DF. Na fuga, Lázaro roubou um carro e foi para a cidade de Cocalzinho de Goiás, a 80 km de distância. Desde então, foi perseguido pela força-tarefa policial pelas matas da região (leia detalhes mais abaixo).

Drones, helicópteros, rádios comunicadores e até um caminhão com uma plataforma de observação elevada de videomonitoramento ajudaram nas operações.

Cães farejadores também atuaram na caçada a Lázaro. A cadela Cristal, que ajudou nas buscas em Brumadinho (MG), estava entre eles. Um dos animais, o pastor alemão Sauke, se machucou em uma pedra dentro de um rio. Um vídeo mostrou o momento em que o cão foi carregado nas costas por um militar (veja mais abaixo).

Durante a perseguição, Lázaro invadiu ao menos 11 fazendas, trocou tiros e baleou moradores, dois policiais militares e um oficial da Força Aérea Brasileira (FAB), segundo informações da força-tarefa.

Ele também fez uma família refém em uma das fazendas - o casal e uma adolescente de 16 anos. Durante o sequestro, o criminoso exigiu que todos andassem em um córrego para não deixar rastros.

Durante as buscas, os policiais encontraram ainda um carro queimado e alguns objetos, como um lençol usado e um serrote. Todos os itens seguiram para a perícia.

Veja outros crimes cometidos por Lázaro

Há 14 anos Lázaro acumula passagens policiais, crimes e fugas de presídios, a começar pela cidade em que nasceu na Bahia, Barra dos Mendes, onde é acusado de um duplo homicídio em 2007.


À época, segundo a Polícia Civil baiana, Lázaro ficou nove dias escondido numa mata e decidiu se entregar porque estava ferido. Ele fugiu dez dias depois.

Em 2011, Lázaro foi preso e condenado por roubo e estupro no DF. O crime foi cometido em 2009 por ele e um irmão, que morreu dois anos depois. Lázaro ficou na Penitenciária da Papuda (CPP), em Brasília. Ele chegou a fazer cursos de “empatia, sexualidade e para se colocar no lugar das vítimas”.

Condenado por roubo, estupro e porte ilegal de arma de fogo no DF, ele saiu em 2016 no indulto de Páscoa e não voltou mais.

Lázaro chegou a ser detido novamente em 2018, em Águas Lindas de Goiás, mas fugiu do presídio por um buraco no teto da cela, com mais quatro detentos. Ele foi o único do grupo a não ser recapturado.

Desde então, Lázaro é suspeito de assaltar chácaras em cidades goianas do Entorno e no Distrito Federal. Em Cocalzinho de Goiás, ele é investigado por matar um caseiro no fim de maio. Quatro dias depois, foi acusado de matar a família Vidal, em Ceilândia.

Veja o histórico de prisões e fugas:

2007: Lázaro Barbosa foi preso em Barra dos Mendes, na Bahia, acusado de matar duas pessoas. Secretaria de Segurança Pública da Bahia diz que ele fugiu cerca de 10 dias após a prisão e é considerado foragido desde então;

2009: Lázaro foi preso Corumbá de Goiás, suspeito de roubo, estupro e porte ilegal de arma de fogo;

2013: Laudo psicológico feito na cadeia no DF descreve Lázaro como “psicopata imprevisível”, com comportamento agressivo, impulsivo, instabilidade emocional e falta de controle e equilíbrio;

14 de março de 2014: Prisão de Lázaro foi convertida para regime semiaberto;

28 de março de 2016: Lázaro fugiu da cadeia na Penitenciária da Papuda, em Brasíia, após um "saidão" de Páscoa;

8 março de 2018: Lázaro Barbosa foi preso em Águas Lindas de Goiás por mandados de prisão por homicídio qualificado, porte ilegal de arma de fogo, roubo e estupro;

23 de julho de 2018: Lázaro fugiu da cadeia em Águas Lindas de Goiás;

8 de abril de 2020: Ele foi indiciado pelos crimes de roubo mediante restrição da liberdade das vítimas e emprego de arma branca e por tentativa de latrocínio, por suspeita de invadir uma chácara em Santo Antônio do Descoberto, Goiás. Na época ele golpeou um idoso com um machado;

26 de abril de 2021: Lázaro invadiu uma casa no Sol Nascente (DF), quando trancou pai e filho no quarto e levou a mulher para um matagal e a estuprou;

17 de maio de 2021: Segundo a polícia, ele fez uma família refém na mesma região, ameaçando os moradores com faca e arma de fogo. Nesse crime, ele mandou as pessoas ficarem nuas;

5 de junho: Polícia Civil investiga a morte de um caseiro em uma fazenda no distrito de Girassol, em Cocalzinho de Goiás quatro dias antes da chacina em Ceilândia;

9 de junho de 2021: Lázaro é suspeito de invadir uma chácara no Incra 9, em Ceilândia (DF), onde teria matado a tiros e a facadas um casal e dois filhos. Ele também praticou roubos na no local após o crime. Ele teria rendido o caseiro, o dono da propriedade e a filha dele.

11 de junho de 2021: Lázaro fugiu para Cocalzinho de Goiás.

12 de junho de 2021: ele atirou em quatro pessoas, invadiu fazendas e colocou fogo em uma casa ao fugir da polícia. Os feridos foram levados a hospitais da região e um deles estava internado até a quarta-feira (23).

13 de junho de 2021: Furtou um carro e o abandonou na BR-070 dando sequência à fuga para uma mata;

14 de junho de 2021: Caseiro de Cocalzinho de Goiás disse à polícia que atirou em Lázaro Barbosa após ele falar que ia entrar na casa. Chacareiro relatou que ele fugiu depois de ser atingido.

15 de junho de 2021: Dois policiais militares de Goiás foram baleados durante buscas do suspeito. Delegado diz que Lázaro fez casal e adolescente reféns em Edilândia, povoado de Cocalzinho.

16 de junho de 2021: Lázaro Barbosa foi visto por um morador em uma área rural;

17 de junho de 2021: a polícia retomou as buscas em matas da região e mudou a base de operação pela segunda vez. Houve nova troca de tiros e secretário de Segurança Pública disse acreditar que fugitivo estava ferido;

18 de junho de 2021:, houve intensa movimentação da força-tarefa após denúncia de que criminoso havia sido visto em chiqueiro de chácara. Barreiras em estradas e rodovias foram montadas.

19 de junho de 2021:, a houve uma grande movimentação de policiais na região de Águas Lindas de Goiás depois que moradores afirmaram terem visto o suspeito pela região. Um deles chegou a contar que viu Lázaro em uma gruta. Uma cadela que atuou em Brumadinho e outros três cães farejadores chegam para ajudar nas buscas por Lázaro Barbosa.

20 de junho de 2021: com medo de Lázaro, uma família com grávida dormiu dentro de carro em frente à sede da força-tarefa em Cocalzinho de Goiás. Novas buscas ocorrem na zona rural.

21 de junho: uma moradora denunciou que viu um homem, parecido com o fugitivo, passar por uma propriedade rural. Policiais e bombeiros com cães farejadores acompanharam a mulher para fazer uma verificação na área;

22 de junho: policiais retomaram buscas por Lázaro e receberam rádios comunicadores do Exército, com alcance de 30km. Um carro queimado, um lençol e um serrote foram encontrados em um local onde o criminoso pode ter se abrigado. Também houve uma troca de tiros entre um caseiro e um suposto invasor;

23 de junho: Um fazendeiro disse que atirou contra um invasor na região de buscas por Lázaro Ele relatou que o local tinha sido furtado dias antes. Buscas pelo fugitivo se concentravam em área de chácaras nas proximidades da BR-070, em Goiás;

24 de junho: Polícia Rodoviária Federal faz barreiras nas estradas em busca do fugitivo. Dois suspeitos de ajudarem na fuga foram presos.


MATÉRIA EM ATUALIZAÇÃO...
G1

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Prefeitura de Santo Antônio de Pádua investe em obras

 




Pádua se transforma em um verdadeiro canteiro de obras. Em ações coordenadas pela Secretaria Municipal de Obras, a Prefeitura Municipal de Pádua realiza ao longo desses meses, importantes obras em diversos bairros da cidade, tanto na zona urbana como também na zona rural. Elas vão desde a pavimentação e revitalização de bairros, vias e praças, às intervenções em ruas da cidade.

Nunca Pádua teve tantas obras públicas acontecendo ao mesmo tempo, em áreas de grande importância como saúde, educação, saneamento básico, segurança e recuperação de vias, entre outras.




As intervenções promovem mais qualidade de vida para os moradores, melhor atendimento, sustentabilidade, responsabilidade ambiental, inovação, desenvolvimento e constroem uma cidade preparada para o futuro. Algumas são realizadas com investimentos da própria Prefeitura.

O Bairro Cidade Nova receberá em breve novos espaços públicos de lazer.

Já foram iniciadas as obras de novas praças, na Rua Julio Almeida e próximo à ponte que liga os bairros Cidade Nova e Campo Alegre.

Essas praças, que estão sendo feitas com recursos próprios da municipalidade darão mais qualidade de vida aos moradores do bairro Cidade Nova, além de melhorar a urbanização dos espaços públicos.

A praça Principal da Cidade Nova, que já foi totalmente reformada pela atual administração no início do ano, está recebendo um novo parque infantil.

Buscando melhorar a vida dos moradores dos diversos bairros de Santo Antônio de Pádua, a Secretaria Municipal de Obras finalizou o trabalho de manilhamento e asfaltamento do bairro Monte Líbano. Demanda antiga da população daquele bairro.

O trabalho realizado devolve a dignidade dos moradores que passam a contar com ruas pavimentadas que facilitam o trânsito de veículos no local.

Também relevante é a construção da creche, que vai atender crianças que precisam de acolhimento na primeira infância.

Na saúde, são várias obras acontecendo simultaneamente, parte delas já entregue.




"Essas obras são passos importantes para a melhoria da mobilidade da cidade como um todo, o que representa melhor qualidade de vida para a população e que por isso consta entre os principais objetivos da nossa gestão", afirmou o prefeito Paulo Roberto (Paulinho da Refrigeração).













COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

domingo, 27 de junho de 2021

Variante Delta do coronavírus faz sua primeira vítima no Brasil

O óbito aconteceu no fim de abril, mas só foi divulgado na última sexta-feira (25)




O Brasil confirmou a primeira morte pela variante Delta do coronavírus, identificada pela primeira vez na Índia. Segundo o Ministério da Saúde, o óbito aconteceu no fim de abril, mas só foi divulgado nesta sexta-feira (25). Até o momento, 11 casos foram detectados no país. Apenas a Região Norte continua sem incidência da variante. As informações são do Estadão.

Os primeiros registros da cepa no País foram confirmados em maio, entre os tripulantes do navio MV Shandong da Zhi, que atracou em São Luís. No momento, 6 dos 11 casos listados pela pasta federal são de tripulantes da embarcação. Há ainda dois casos de Apucarana (Paraná), e ocorrências isoladas nos municípios de Campos dos Goytacazes (Rio), Juiz de Fora (Minas) e Goiânia (Goiás).

Goiânia é a única cidade do País a constatar transmissão comunitária da cepa. A cepa foi identificada em uma jovem com sintomas leves e sem histórico de viagem

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

sábado, 26 de junho de 2021

Noroeste segue na bandeira vermelha em novo mapa da Covid-19

 



A 36ª edição do Mapa de Risco da Covid-19, divulgada nesta sexta-feira (25) pela Secretaria de Estado de Saúde, mostra que o estado do Rio de Janeiro permanece com risco baixo de contrair a doença, com bandeira amarela. O estado manteve o mesmo cenário epidemiológico da semana passada.

As regiões da Baía da Ilha Grande e Noroeste permanecem com bandeira vermelha (risco alto). Centro-Sul e Metropolitana I estão em bandeira laranja (risco moderado). Médio Paraíba, Serrana, Baixada Litorânea, Norte e Metropolitana II seguem com bandeira amarela.

A análise compara a semana epidemiológica 23 (6 a 12 de junho) com 21 (23 a 29 de maio) de 2021.

- Mesmo com a queda nos indicadores, é importante reforçarmos que a população precisa continuar se vacinando e seguindo as medidas de enfrentamento, como uso de máscara e álcool em gel, lavagem das mãos e evitar aglomerações. Neste momento, ainda não temos uma parcela importante da população imunizada. Por isso, mesmo quem já se vacinou deve manter as medidas de precaução recomendadas - diz o secretário de Estado de Saúde, Alexandre Chieppe.

Cada bandeira representa um nível de risco e um conjunto de recomendações de isolamento social, que variam entre as cores roxa (risco muito alto), vermelha (risco alto), laranja (risco moderado), amarela (risco baixo) e verde (risco muito baixo).

O Estado do Rio de Janeiro apresentou uma redução de 26% no número de óbitos, e as internações por síndrome respiratória aguda grave (SRAG) caíram 35% na comparação entre as semanas epidemiológicas analisadas. As taxas de ocupação de leitos no estado, nesta sexta-feira (25), são 63% para leitos de UTI e 44% para leitos de enfermaria.

Os resultados apurados para os indicadores apresentados devem auxiliar a tomada de decisão, além de informar a necessidade de adoção de medidas restritivas, conforme o nível de risco de cada região.

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Quina de São João sorteia hoje prêmio estimado em R$ 200 milhões

Segundo a Caixa, o prêmio é o maior já ofertado na modalidade




A Quina de São João sorteia neste sábado (26) um prêmio estimado em R$ 200 milhões. De acordo com a Caixa Econômica Federal, o prêmio é o maior já ofertado na modalidade.

O sorteio será realizado no espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário do Tietê, em São Paulo, com transmissão ao vivo pelas redes sociais (perfil @LoteriasCAIXAOficial no Facebook e canal Caixa no Youtube).

As apostas podem ser realizadas até as 18h (horário de Brasília) nos volantes específicos da Quina de São João ou nos de concursos regulares da Quina em qualquer lotérica do país, no app Loterias Caixa e no Portal Loterias Caixa.

Para apostar na Quina, basta marcar de 5 a 15 números dentre os 80 disponíveis. O apostador também pode deixar o sistema escolher os números, por meio da aposta no formato Surpresinha. Ganham prêmios os acertadores de 2, 3, 4 ou 5 números.

Assim como nos outros concursos especiais das Loterias Caixa, o prêmio da Quina de São João não acumula. Se não houver ganhadores na faixa principal, com acerto de 5 números, o prêmio será dividido entre os acertadores da 2ª faixa, com 4 números, e assim por diante. A aposta simples, com 5 números, custa R$ 2.

Mega-Sena

A Mega-Sena sorteia também hoje um prêmio de R$ 2,5 milhões. As 6 dezenas do concurso 2.384 serão sorteadas a partir das 20h (horário de Brasília) no Espaço Loterias Caixa, localizado no Terminal Rodoviário Tietê, na cidade de São Paulo.

As apostas podem ser feitas até as 19h (horário de Brasília) em casas lotéricas credenciadas pela Caixa em todo o país ou pela internet, por meio do site. A aposta mínima, com 6 dezenas marcadas, custa R$ 4,50.

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Arraiá Bão Demais - Supermercados Fluminense



 

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Porciúncula retorna com aulas presenciais

Aulas retornam dia 28 de junho com restrições



Após mais de um ano sem aulas presenciais por causa da pandemia do coronavírus, os alunos das escolas públicas do município retornam às escolas na próxima segunda-feira, 28 de junho.

Muitos são os desafios, mas a Prefeitura e a Secretaria Municipal de Educação estão empenhadas nos protocolos, para garantir o máximo de segurança aos alunos da rede pública.

A reabertura das escolas exigiu muito planejamento e o cumprimento de medidas como ventilação, distanciamento e uso de máscaras, viseira, luvas e álcool.

Para o retorno presencial, os professores receberam um treinamento da Secretaria de Educação em parceira com a Secretaria de Saúde, além da vacinação plena de todos os profissionais de educação.

O retorno será gradual. No dia 28 de junho retornam às escolas alunos do 9°, 8°, 5°, 1° anos e Jardim II. No dia 05 de julho é a vez dos alunos do 4° e 7° anos, e no dia 12 de julho, voltam às aulas estudantes do 2°, 3°, 6° anos e Jardim I.

As onze escolas municipais dos três distritos estão preparadas para a volta às aulas com segurança e cuidados especiais.

O secretário municipal de Educação, Erick Moraes, explica que, neste momento, a presença na escola não será obrigatória: “Apesar de todos os cuidados, de todo o preparo, nem todos os pais estão seguros em mandar seus filhos para a escola. Isto não vai prejudicá-los em termos de conteúdo. O ensino continuará à distância, como foi desde o ano passado”.

Ascom

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Espaço do Agricultor, em Miguel Pereira, é e será replicado pelo Governo do Estado

 

Foto: Divulgação

Um espaço para valorizar os produtores locais e evidenciar o trabalho do campo, foi inaugurado na manhã desta sexta-feira (25), em Miguel Pereira. O Espaço do Agricultor, especialmente direcionado aos produtores rurais locais, é focado na comercialização e exposição dos produtos do próprio município.

O modelo desenvolvido pela Prefeitura de Miguel Pereira foi escolhido pelo Governo do Estado para ser replicado para todas as cidades fluminenses que, futuramente, vão abrigar o projeto Mercado do Produtor AgroRJ, ligado à Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária, Pesca e Abastecimento.

O objetivo do projeto é somar esforços com as prefeituras municipais para valorizar e incentivar o consumo dos produtos produzidos localmente e no Estado. Além disso, colaborar na geração de emprego, renda e turismo das regiões.

A inauguração do novo espaço contou com a presença do governador Claudio Castro, do secretário de Estado de Agricultura, Marcelo Queiroz, do prefeito de Miguel Pereira, André Português, além de deputados, prefeitos e secretários Municipais.




- Estamos em busca de um RJ cada vez mais forte no agro, projetos como esses são fundamentais para fortalecer os municípios, valorizar a nossa produção interna, além de colaborar na geração de emprego e renda para a população. Fortalecer o interior do nosso estado é o principal objetivo do governador Cláudio Castro ao apoiar esse projeto - destacou o secretário de Agricultura, Marcelo Queiroz.

Com obras iniciadas em junho de 2020, o Espaço do Agricultor localizado às margens da Rodovia Estadual Ary Schiavo RJ-125, no centro da cidade de Miguel Pereira, é um grande marco para a história da cidade e sua agricultura local.

Para o prefeito de Miguel Pereira, André Português, esse é um dos grandes empreendimentos que contribuirá para o desenvolvimento do setor na cidade.

- O agricultor é uma peça importante de nosso município, sendo a cidade de Miguel Pereira, um dos maiores produtores de maracujá do estado. O setor agro tem grande valor e atrelado ao turismo em nosso município, traz para o Espaço do Agricultor, a missão de gerar emprego e renda para a população – declarou o prefeito.




Ao todo 92 produtores rurais serão contemplados com um espaço amplo, inovador, inspirador e moderno no coração da cidade, valorizando a agricultura familiar, dando maior visibilidade ao produtor rural e ao setor agro do município, incentivando hábitos para uma alimentação mais saudável e movimentando a economia local.

Secretário de Agricultura Marcelo Queiroz é homenageado durante a inauguração

Durante a cerimônia de inauguração do novo Espaço do Agricultor, o secretário de Estado de Agricultura, Marcelo Queiroz, foi homenageado pelo Prefeito André Português, que entregou uma placa em forma de agradecimento pela parceria firmada entre a prefeitura e o governo do estado.

- É uma honra receber o reconhecimento dessa cidade que eu tenho um carinho enorme. Vamos continuar incentivando e dando boas condições para que juntos possamos executar políticas públicas para toda a população Miguelense - disse o secretário.




O gestor municipal também falou sobre a importância dessa parceria com o governo do Estado.

- Com essa parceria quem ganha é toda a população de Miguel Pereira, vamos juntos nessa luta para cada vez mais melhorar a nossa cidade - concluiu André Português.




COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

sexta-feira, 25 de junho de 2021

Copasa: conta de água terá redução de até 15% a partir de 1º de agosto

Em média, queda na fatura da Copasa será de 1,52%; tarifa para serviço de esgoto será unificada



A partir de 1º agosto, mais de 80% da população que possui algum serviço de tratamento de esgoto em Minas Gerais perceberá uma redução de até 15% no valor das suas faturas. Em média, os consumidores de água e esgoto da Copasa terão redução de 1,52% na conta, além da unificação geral da tarifa para o serviço de esgoto. A deliberação sobre a revisão tarifária da Copasa foi aprovada nesta quinta-feira (24/6) em reunião extraordinária da Diretoria Colegiada da Arsae-MG, transmitida ao vivo no canal da agência no Youtube.

"A redução da conta de água vai amenizar os impactos econômicos da pandemia na vida dos mineiros. Estamos fazendo tudo o que está ao nosso alcance para dar alívio à população, principalmente aos mais pobres", afirma o governador Romeu Zema.

A diminuição no valor final da fatura dependerá do volume consumido, do tipo de cliente (residencial, social, comercial, industrial e público) e do tipo de tratamento de esgoto utilizado. Na prática, um usuário residencial com água, coleta e tratamento de esgoto que consome até 5m³, por exemplo, deixa de pagar uma conta de R$ 36,04 e passa a pagar R$ 30,64, uma redução de 14,98%.

O diretor-geral da Arsae-MG, Antônio Claret, ressaltou a redução histórica nas contas. “Hoje, temos um índice inflacionário no Brasil chegando a 32% e a nossa tarifa média está com redução de 1,52%. Ou seja, além de não ter o reajuste pela inflação, está havendo uma redução histórica nas contas. Outro ponto importante é a unificação da taxa de esgoto, com a redução do subsídio. Assim, faz-se a justiça tarifária. Esta revisão busca a menor tarifa possível desde que disponíveis recursos para que a Copasa possa operar e investir dentro do nível necessário para o Novo marco do Saneamento”, explicou.

Esgoto

Além disso, a Arsae-MG extinguiu a tarifa de tratamento de esgoto e definiu uma única tarifa para o serviço, seja ele coleta ou tratamento. Essa nova tarifa representa o valor de 74% da tarifa de água, bem inferior aos 100% atuais para quem tem o esgoto tratado.

Atualmente, a Copasa possui duas tarifas de esgotamento sanitário a depender do tipo de serviço que fornece. Se o usuário tem apenas a coleta e o afastamento do seu esgoto, ele paga a tarifa EDC, que representa 25% da tarifa de água. Se ele possui o serviço completo de esgoto, com a coleta, afastamento e também o tratamento, ele paga a tarifa EDT, que representa 100% da tarifa de água. Porém, as tarifas EDC pagam menos da metade dos custos incorridos pelo prestador. Ou seja, quem tem tratamento de esgoto subsidia grande parte da conta de quem tem somente coleta. Agora, com a mudança aprovada, a Copasa passará a ter uma única tarifa para o serviço de esgoto, independentemente do serviço prestado.

Isso não significa que a Copasa passará a cobrar por um serviço não prestado, nos casos em que ainda não há tratamento de esgoto. As tarifas foram ajustadas para que o faturamento global da empresa corresponda ao que é devido pelo serviço efetivamente prestado, e serão feitas compensações nos reajustes anuais para corrigir possíveis desvios. Por outro lado, os usuários pagarão tarifas mais aderentes aos custos do serviço prestado e mais coerentes com o benefício percebido individualmente, lembrando que o tratamento de esgoto beneficia a coletividade e não apenas os usuários que têm seu esgoto tratado.

Programas

Os programas especiais: Proteção de Mananciais, Subsídio Copanor e Repasse Tarifário para fundos municipais foram mantidos. Foi criado o programa de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação e definido um conjunto mais completo de indicadores para os mecanismos de incentivo à expansão e qualidade dos serviços.

Construção

A definição da revisão tarifária ocorreu após intenso processo de estudo e debate, com participação da sociedade e recebimento de contribuições acerca dos temas tratados. Em três fases foi estabelecido um conjunto de regras e mecanismos de indução à eficiência, expansão e qualidade dos serviços ao longo dos próximos quatro.

A primeira fase começou em maio de 2020 e apresentou a pauta da Revisão, a classificação regulatória das contas contábeis e a metodologia de verificação de ativos. A segunda fase teve início em novembro de 2020 e discutiu a definição das metodologias a serem utilizadas para a reconstrução das tarifas. Já na terceira e última fase do processo foram apresentados os resultados.

Em audiência pública, a Arsae-MG debateu os impactos tarifários a serem percebidos pelos usuários da Copasa, assim como as regras que prevalecerão para os reajustes e revisões tarifárias nos próximos anos. Nesta etapa foram recebidas 72 contribuições.

Durante todas as fases do processo da 2ª Revisão Tarifária da Copasa a equipe da Agência analisou mais de 250 contribuições recebidas, as quais tiveram como origem tanto os prestadores de serviços regulados e os titulares, quanto a sociedade civil e outros órgãos públicos relacionados à temática. Em todo o processo da revisão das tarifas da Copasa, o objetivo da Agência foi ampliar o debate e a transparência de todo o processo, abrindo diversos espaços para a participação e discussão.

Todas as notas técnicas, resoluções e demais documentos elaborados estão disponíveis para consulta no site da Arsae-MG.

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Compartilhe

CURTA A NOSSA PÁGINA