quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

Crianças atiram pedras em Papai Noel que ficou sem doces no interior de SP

De acordo com um dos integrantes da equipe do Papai Noel, o grupo de crianças e adolescentes, entre 9 e 12 anos, jogou pedras, correu atrás do trenó e xingou a equipe


O Papai Noel Luizão, famoso pelas suas atividades em Itatiba, no Estado de São Paulo, teve uma surpresa desagradável enquanto andava com seu trenó pelas ruas do bairro Porto Seguro no último domingo (10). Quando as balas que eram distribuídas pelo "bom velhinho" acabaram, um grupo de crianças e adolescentes começou a atirar pedras na equipe.
Surpreso com a repercussão, o Papai Noel Luizão começou a pedir doação de pacote de balas na sua página no Facebook, que tem quase 4.000 curtidas. Ele inclusive chegou a adiar algumas apresentações nos bairros da cidade devido a falta dos doces.
Chateado, Luizão disse que a tradição está acabando aos poucos. "Passamos nas ruas principais de cada bairro devido a poucas balas que nós arrecadamos, e dependendo da rua o trenó não sobe, se a rua for de paralelepípedos ele patina. Nós queríamos muito passar em todas as avenidas porém a quantidade não é o suficiente para suprir todos os bairros, por isso postamos no Facebook pedindo doações de balas para o Papai Noel, portanto precisamos muito da colaboração de todos os itatibenses com pelo menos 1 kg de balas, 1kg de bala sai em torno de R$18,00 ou até menos que isso", disse em um post na rede social.
De acordo com um dos integrantes da equipe do Papai Noel em entrevista ao "G1", o grupo de crianças e adolescentes, entre 9 e 12 anos, jogou pedras, correu atrás do trenó e xingou a equipe de "filha da p*" e mandou "tomar no c*"
Quanto ao bairro Porto Seguro, o Papai Noel disse que não tem ressentimentos e que até o dia 25 vai tentar dar uma "passada pela avenida principal, mas depende muito das doações de balas para conseguir".
  

COMPARTILHE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe