domingo, 1 de julho de 2018

Confira como ter acesso ao crédito rural da agricultura familiar


Programa oferece crédito subsidiado e políticas públicas de apoio ao pequeno produtor


Para fortalecer a agricultura familiar, o governo aumentou a oferta de crédito e reduziu os juros das operações. As taxas são as menores do mercado, vão de 0,5% ao ano a 4,6% ao ano. Para ter acesso, no entanto, é preciso se enquadrar em regras – esses financiamentos são para pequenos agricultores que realmente precisam de apoio para manter a produção. Na safra 2018/2019, serão ofertados R$ 31 bilhões em linhas de crédito. Tire suas dúvidas:

Como solicitar um crédito rural
O primeiro passo é conseguir a Declaração de Apoio ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Com esse certificado, é possível ter acesso a 15 políticas públicas, entre elas o crédito rural subsidiado. Segundo a Secretaria de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead), existem 4,8 milhões de famílias atendidas pelo programa. Esse documento pode ser emitido para pessoa física, jurídica e para públicos específicos da agricultura familiar, como jovens, mulheres, extrativistas, indígenas, quilombolas e pescadores artesanais.
Onde conseguir o certificado
Para pegar essa declaração, o produtor precisa ir até uma das empresas estaduais de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater) ou aos sindicatos de trabalhadores rurais. Somente essas instituições têm autorização para emitir o certificado, que é gratuito. Também não é permitida qualquer cobrança para se filiar à instituição emissora.
Documentos necessários
O trabalhador vai precisar levar a identidade e o CPF. Se for casado, precisa levar também os documentos do cônjuge. O agricultor precisa ainda de documentos que demonstrem os rendimentos da produção. Em alguns casos, é necessário apresentar também a renda com aposentadorias, programas sociais, emprego no meio rural ou urbano e comprovação da posse da terra.
O que eu faço quando pegar o documento
Com a declaração em mãos, o agricultor precisa procurar um dos bancos que operam as linhas de agricultura familiar e fazer o pedido de financiamento. O banco pode pedir outros documentos.
Publicidade


Com  Sead


COMPARTILHE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe