sábado, 28 de abril de 2018

Botafogo vence a primeira no Brasileiro


Alvinegro derrotou o Grêmio por 2 a 1, neste sábado, no Nilton Santos



O início de jogo promissor animou os alvinegros, que viram o Botafogo desandar no segundo tempo. O empate seria o terceiro seguido. Mas um chute improvável de Gilson, nos acréscimos, deu a vitória à equipe carioca por 2 a 1 sobre o Grêmio, neste sábado, no Estádio Nilton Santos. Com cinco pontos, o time subiu a tabela.
- O gol mais bonito da minha carreira. Fui feliz na finalização. Fomos melhores do que eles, não desistimos - disse Gilson após o jogo.

Sem vencer nas duas primeiras rodadas do Brasileiro, o técnico Alberto Valentim armou um time que queria fazer valer o mando de campo. Os jogadores entenderam o recado. Em menos de três minutos, o alvinegro já tinha colocado uma bola na trave do goleiro do Grêmio. Matheus Fernandes recebeu nas costas da zaga e chutou cruzado. Mas parou no poste direito de Paulo Victor.

O goleiro ainda teria muito trabalho no primeiro tempo. O zagueiro Igor Rabello subiu mais que Bressan e cabeceou para o chão. Paulo Victor se esticou para espalmar a bola. Minutos depois ele estava atento para segurar o chute de Brenner de primeira.

Enquanto isso, a zaga do Botafogo segurava Luan e seus companheiros. O time de Renato Gaúcho, que poupou alguns jogadores por causa da Libertadores, não achava espaços na defesa alvinegra, que brecava o último passe.

Para furar Paulo Victor, o Botafogo fez uma jogada típica da sinuca. Brenner recebeu de Marcinho na esquerda, saiu da marcação de Madson e tocou no cantinho. A bola bateu na parte de dentro da trave antes de entrar. O goleiro não alcançou.

A torcida alvinegra mal teve tempo de comemorar. Dois minutos depois, em cobrança de escanteio, Michel subiu com Igor Rabello, que tocou para o gol de Jefferson. Ele ainda tocou na bola mas sem força para desviar o rumo.

Valentim mudou o time para o segundo tempo. Tirou Valencia e colocou Marcus Vinicius, que deu mais movimentação ao time. Porém, com o passar do tempo, o time perdeu intensidade. O Grêmio apertou a marcação e chegou mais vezes à defesa alvinegra. Sorte do Botafogo que os atacantes gremistas não estavam com pontaria em dia.

Num lance quase isolado no segundo tempo, Ezequiel perdeu o gol aos 25 minutos. Gilson cruzou para a pequena área e o atacante, que entrara no lugar de Pimpão, chutou mal.
Valentim ainda colocou Kieza no lugar de Brenner, mas o Botafogo parceia ter perdido mão do jogo. Restou a tentativa no abafa nos minutos finais. Foi o que o alvinegro fez. Rondou a área de Paulo Victor, mas foi de longe, num chutaço de Gilson após um rebote, que o Botafogo conseguiu o gol da primeira vitória no Brasileiro.


OGlobo

COMPARTILHE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe