terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Nota de Esclarecimento - Prefeitura de Cordeiro

À população cordeirense,

O secretário de Meio Ambiente de Cordeiro, Paulo Araujo, tecnólogo em Gestão Ambiental e ex-agente da Polícia Florestal, onde prestou serviço de 1988 a 2009, vem prestar esclarecimentos, em nome da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (SMMA) e da EMATER local, sobre o episódio ocorrido no último domingo (11/12), quando um primata conhecido popularmente como Barbado (Bugio) atacou um menor na A.P.A. Mata do Posto, causando sérios ferimentos no mesmo, que foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e conduzido ao Hospital Antonio Castro.
A Mata do Posto é um fragmento de floresta da Mata Atlântica, transformado em uma Unidade de Conservação (Área de Proteção Ambiental Municipal da Mata do Posto Zootécnico - Lei nº 1371/2008). A gestão da APA é da EMATER-Rio e o local é aberto ao público para caminhadas, tráfego de veículos dos moradores, empresas e órgãos públicos sediados no interior do Parque de Exposições Raul Veiga, em um espaço totalmente urbanizado.
Dividimos o espaço da APA com vários animais endêmicos de nossa região e o mais sensato é mantermos certa distância dos animais silvestres, pois não podemos prever a reação dos mesmos. O que para nós pode ser uma ação simples e amigável, para o animal irracional pode ser interpretado como uma possível ameaça.
Não estava presente no momento do ocorrido, mas posso afirmar que em meus 27 anos de serviços prestados ao Batalhão Florestal e à frente de Secretarias Municipais de Meio Ambiente, nunca registrei com uma ocorrência dessa natureza. Existem especulações dando conta de que o animal estava solitário, outros dizem que estava acompanhado de uma fêmea e seu filhote, uns alegam que estava sendo incomodado por transeuntes desde cedo. O que aconteceu é uma incógnita para nós, motivo pelo qual todos os frequentadores do local devem agir com cautela, evitando aproximação e alimentação dos animais, haja vista que a própria mata oferece o que o animal necessita para a sua sobrevivência.
Cabe a nós orientar os frequentadores sobre os perigos e sobre como conviver pacificamente com os animais, pois devemos apreciá-los sem invadir o seu espaço, para que não aconteça outro episódio negativo. A SMMA, em parceria com a EMATER, providenciará placas informativas sobre como lidar com os animais da Mata do Posto.
Aproveitamos para solicitar que os frequentadores não tentem se aproximar dos animais silvestres, seja para alimentá-los ou para fotografá-los, a fim de não quebrarem a harmonia entre os ambientes e seus habitantes. Caso queiram registrar o momento visível de um animal silvestre, que o faça de maneira discreta e cautelosa, mantendo uma distância segura para todos.
Mais informações, entrar em contato com a SMMA de Cordeiro, localizada no Centro Administrativo ou pelos telefones (22) 25510620 e 2551-0145.


COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe

CURTA A NOSSA PÁGINA