sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Dia Mundial de Luta contra Aids tem testes rápidos em Rio das Ostras

Testagem rápida será realizada em diferentes unidades de Saúde do Município até final do mês


A Secretaria de Saúde de Rio das Ostras celebrou o Dia Mundial de Luta contra Aids nesta quinta-feira, 1 de dezembro, chamando a atenção da população para a prevenção da doença. Neste dia, das 8h30 às 16h30, foram realizados testes de identificação do vírus HIV no salão paroquial da Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição, no Centro, em frente à Praça José Pereira Câmara. A testagem rápida, acompanhada de palestra com profissionais da Saúde e distribuição de preservativos, terá continuidade até o final do mês em diferentes unidades de Saúde do Município.

De acordo com a coordenadora do Programa DST/HIV/Aids/Hepatites Virais da Secretaria de Saúde, Bianca Monteiro, o teste rápido ajuda a interromper a cadeia de transmissão do vírus HIV. “Precisamos testar o maior número de pessoas possível na cidade. Muitas pessoas não sabem que têm o vírus. O diagnóstico precoce interrompe a transmissão da doença. Quanto mais cedo as pessoas recebem o diagnóstico, maior será sua qualidade de vida”, explica.

Segundo a coordenadora, atualmente a Secretaria de Saúde acompanha 589 pacientes com Aids no Município, sendo 114 casos registrados só em 2016. Além de treinar enfermeiros, assistentes sociais e técnicos de enfermagem, a Secretaria capacita voluntários a realizar o teste rápido de identificação do vírus HIV.

Roberto Amaral, 61 anos, um dos voluntários capacitados para fazer o teste, destaca a importância da conscientização. “Recebi o diagnóstico da Aids em 1998 e hoje dou aconselhamento sobre a doença. O Ministério da Saúde disponibiliza remédios para combater o vírus HIV, mas todos precisam se cuidar. Perdi muitos amigos com Aids”, alerta o voluntário.

Dezenas de pessoas realizaram o teste rápido para diagnóstico da Aids na Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição, dentre elas, Edmar Oliveira, 41 anos. “Ouvi no rádio que seria possível fazer o teste, de graça, na Igreja e não pensei duas vezes. Cuidar da Saúde sempre é fundamental”,ressalta.
“É muito importante fazer o teste porque a Aids não tem cura. As pessoas precisam ser mais cautelosas. Tenho colegas que possuem o vírus e têm relação sem se proteger. É hora de mudar esta realidade”, alerta Railda Vera, de 49 anos.

CONHEÇA O TESTE - O teste rápido Anti-HIV é realizado com a coleta de fluído oral (saliva) e o resultado fica pronto em poucos minutos. Caso dê positivo, será realizado um outro exame de sangue. Saber do contágio precocemente aumenta a expectativa de vida do soropositivo. Quem busca tratamento especializado no tempo certo e segue as recomendações ganha em qualidade de vida.

ESTATÍSTICAS – Pesquisa do Ministério da Saúde estima que há hoje 872 mil pessoas infectadas com o vírus HIV no Brasil, dentre os quais 112 mil não conhecem o seu diagnóstico, 260 mil sabem do seu estado mas não iniciaram o tratamento e outros 455 mil estão em tratamento.

AGENDA UFF - A testagem rápida, acompanhada de uma palestra com profissionais da Saúde, será realizada em diferentes unidades de saúde de Rio das Ostras até o final do mês. Na quarta-feira, 7, no Campus da Universidade Federal Fluminense (UFF) de Rio das Ostras, acontecerá o Encontro sobre o Dia Mundial de Luta contra a Aids. O evento, que começa às 13h30, conta com esquete teatral e estreia do filme “Um adolescente que decidiu viver com Aids”.

O encontro terá ainda a mesa-redonda “Viver com HIV”, com a participação de Bianca Monteiro, coordenadora municipal do Programa DST/HIV/Aids/ Hepatites Virais; Cazu Barroz, ator e ativista do Fórum ONG AIDS; Alba Valéria de Oliveira, ativista; Patricia Diez Rios, advogada do Grupo Pela Vidda Niterói; e Bruno Ferreira Teixeira, professor do curso de Serviço Social da UFF.


AIDS -Transmitida pelo vírus HIV, a doença pode atingir homens e mulheres, independentemente de suas orientações sexuais, idade ou condição social. Saber do contágio precocemente aumenta a expectativa de vida do soropositivo.
Quem busca tratamento especializado no tempo certo e segue as recomendações ganha em qualidade de vida. Além disso, as mães soropositivas têm 99% de chance de terem filhos sem o HIV se seguirem o tratamento recomendado. 



Saiba onde realizar o teste rápido em Rio das Ostras:

Dia 2/12 – 10 h – Posto de Saúde do Recanto 
Dia 5/12 – 10h – Posto de Saúde de Nova Esperança 
Dia 6/12 – 8h – Posto de Saúde de Cidade Praiana 
Dia 13/12 – 9h – Posto de Saúde de Boca da Barra; 10h – Clínica de Saúde 
Dia 15/12 – 8h e 14h – Centro de Saúde da Extensão do Bosque 
Dia 29/12 – Posto de Saúde do Jardim Mariléa



COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe

CURTA A NOSSA PÁGINA