quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Fim dos supersalários no Executivo



A ALERJ aprovou hoje a emenda do deputado Comte Bittencourt, que põe fim aos supersalários dos secretários e subsecretários cedidos. Segundo o parlamentar, o Estado gastou, em 2015, mais de R$ 30 milhões para manter um pouco mais de 120 servidores em cargos de direção.

“É necessário que os secretários tenham compromisso com o Rio de Janeiro, que eles se enquadrem no teto salarial estadual de R$28.800. Um salário que, po favor, não tira a dignidade de ninguém! Não pagar no início do mês a pensão ou a aposentadoria daqueles que ganham menos e contribuíram a vida inteira pro Estado, isso sim é tirar a dignidade do cidadão, concluiu Comte.

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe

CURTA A NOSSA PÁGINA