segunda-feira, 26 de março de 2018

Sem impostos preço da gasolina seria de R$ 1,16



A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) começou a divulgar a composição dos valores dos combustíveis em cada uma das regiões brasileiras.

Os dados consideram o valor do composto, o custo com o transporte até os postos de gasolina, os impostos federais e estaduais, as margens de lucro dos distribuidores e dos postos. A média nacional confirma o que já sabíamos: quase metade (44%) do que pagamos na gasolina são os impostos. Eles custam mais, inclusive, do que o próprio combustível.

O preço médio do litro da gasolina no país é de R$ 4,18. O valor referente ao combustível é de apenas R$ 1,10, e a parte de etanol (27%) que faz parte do composto que abastecemos custa R$ 0,56. Isso significa que o litro de gasolina, sem os impostos e as parcelas dos revendedores, vale apenas R$ 1,16. 

Os impostos, como já foi dito, são os maiores responsáveis pelo alto preço da gasolina. Os estaduais representam 28% do valor, custando, em média, R$ 1,19. Os federais, por sua vez, equivalem a R$ 0,65 (16%). O total, portanto, é de 44% ou R$ 1,84.

O lucro dos revendedores (postos de gasolina) beira os 10%. As distribuidoras ficam com R$ 0,18 (4%) e o transporte equivale a R$ 0,10 (2%).

Os números apresentados se referem a um litro de gasolina. Já os valores em um tanque de 50 litros, o gasto total é (considerando o preço médio da gasolina no brasil) de R$ 209. O valor dos impostos representa, então, R$ 92. Do total, R$ 83,60 são responsáveis por pagar o composto (gasolina + etanol).

Região Sudeste
Preço da Gasolina 
Valor
Porcentagem

Preço da gasolina comum
R$ 1,15   
27,3%

Preço do etanol anidro
R$ 0,53
12,5%

Custo de transporte
R$ 0,06
1,3%

Tributos Federais
R$0,69
16,3%

Tributos estaduais
R$ 1,29
30,5%

Margem bruta de distribuição
R$0,17
4,1%

Margem bruta de revenda
R$ 0,34
8%

Preço total da gasolina comum ao consumidor   
R$4,22
100%


MS

COMPARTILHE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe