sexta-feira, 30 de março de 2018

Bandidos miram militares com fuzil e traficantes ameaçam matar PMs na Rocinha; veja o vídeo



O reforço de policiamento do Exército de Norte a Sul da cidade não impede que bandidos ostentem armas pesadas à luz do dia. Um vídeo que circula nas redes sociais mostra um homem com um fuzil direcionado a um comboio das Forças Armadas que trafega pela Zona Norte. Em outra imagem, criminosos, desta vez da Rocinha, ameaçam matar policiais alegando que fazem parte do bando de Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157, preso em dezembro do ano passado e que está em presídio federal. O Exército estuda a ocupação da favela de São Conrado. 
Os dois vídeos estão sendo analisados pelo Comando Conjunto da Intervenção Federal e a Secretaria de Segurança. Segundo o porta-voz do Comando Militar do Leste, coronel Carlos Cinelli, as imagens teriam sido gravadas na última terça-feira, e o alvo, aparentemente, seria um comboio que levava blindados que foram entregues às polícias do Rio no Palácio Duque de Caxias, no Centro.  
"Recebemos dezenas desses vídeos diariamente através do Disque-Denúncia (2253-1177), são situações recorrentes. Não podemos nos intimidar com esse tipo de situação", disse o coronel Cinelli.
As imagens mostram os militares passando pela Linha Vermelha quando um bandido armado de fuzil aponta para os veículos. E manda o seu recado: "Tá voltando o comboio", diz o criminoso, que emenda: "Nós vai amassar o governo (sic)". O registro parece ter sido feito próximo à sede náutica do clube São Cristóvão, na Maré. 
O material chegou pouco antes do Exército lançar a campanha para incentivar a população a ajudar na prisão de traficantes e assassinos de policiais o inicia campanha para incentivar a população ajudar na prisão de traficantes e assassinos de policiais, com denúncias sobre o paradeiro dos criminosos. As gravações da Rocinha mostram dois criminosos ameaçando matar policiais. Nos últimos oito dias, 12 pessoas foram assassinadas na favela.
Há menos de duas semanas, de fuzis em punho, traficantes curtiram o baile funk do Morro do Fallet, em Santa Teresa. No território dos criminosos não houve espaço para temer a intervenção federal. Nas imagens especialistas identificaram cinco fuzis AK-47, M-16, AR-15, Ar-10 e Fal.
ODia


COMPARTILHE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe