segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Friburgo teve sete deslizamentos e 60 casas invadidas pela água


Sete deslizamentos de terra foram registrados desde a noite de sábado (12) quando a chuva começou a cair em Nova Friburgo, Região Serrana do Rio, segundo dados da Defesa Civil divulgados nesta segunda-feira (14). Sessenta casas invadidas pela água foram vistoriadas pelo órgão, mas nenhuma teve a estrutura danificada. As localidades mais atingidas pelo volume de chuva foram Mury, Theodoro e Macaé de Cima. Não há registro de pessoas feridas, desalojadas ou desabrigadas.
“Ocorreu uma cabeça d'água no rio Macaé de Cima. Por isso, essas áreas foram atingidas pelo grande volume de chuva. Significa dizer que uma quantidade de água caiu repentinamente na cabeceira dos rios e esse aumento de volume acabou atingindo essas áreas”, explicou o subsecretário de Defesa Civil, Robson Teixeira.
Em Mury, na Avenida Hamburgo, 60 famílias tiveram suas casas invadidas pela água. A vistoria realizada pela Defesa Civil, no entanto, não considerou que os imóveis tenham tido a estrutura danificada. Nesses locais, apenas perdas materiais foram registradas.
Já os deslizamentos de terra foram registrados na Serra Nevada (3), Theodoro (1) e Macaé de Cima (3). Em Jardilândia, o local conhecido como Tauru, muita lama desceu da obra de contenção que está sendo feita na encosta deste bairro. Segundo a Defesa Civil, a empresa responsável pela construção já tomou as providências necessárias para que não ocorram mais deslocamentos de terra.
G1

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe

CURTA A NOSSA PÁGINA