domingo, 27 de novembro de 2016

Semana da Saúde realiza mais de 4.500 atendimentos em três dias de ação


Ao todo 2.078 voluntários procuraram o Hemorio para doar sangue, 1.555 homens passaram pelas consultas com urologistas e fizeram exames de PSA 


Em três dias de campanha, a Semana da Saúde mostrou que ‘solidariedade’ e ‘prevenção’ são palavras que fazem parte da rotina dos cariocas. Na ação promovida pela Secretaria de Estado de Saúde em parceria com a BandNews, 2.078 voluntários compareceram à Cinelândia ou à sede do Hemorio para doar sangue e 1.543 bolsas foram coletadas. O stand da Saúde do Homem, espaço dedicado a consultas com urologistas e testes de PSA, teve intenso movimento ao longo de toda a campanha e atendeu 1.555 pacientes. Além disso, todos os que passaram pela Cinelândia puderam receber orientações sobre os cuidados para se proteger da dengue, zika e chikungunya.

- Tivemos três dias de muito trabalho e contamos com a parceria de diversas instituições. Ampliamos a Semana Nacional do Doador oferecendo novos serviços à população e o resultado superou nossas expectativas – disse o secretário de Estado de Saúde, Luiz Antônio Teixeira Jr.

Na estrutura montada para receber o Hemorio, cerca de 35 profissionais trabalharam nos três dias da ação, para que os voluntários pudessem fazer a sua doação de sangue. Logo depois do almoço, quem estava na Cinelândia foi surpreendido com os integrantes da Conexão do Bem, grupo voluntário que animou quem esperava o atendimento. Quem também marcou presença no evento foram os músicos do Cacique de Ramos.

- Com o reforço que recebemos na Semana da Saúde, conseguiremos manter nossos estoques abastecidos para as festas de fim de ano, quando o número de doações é reduzido em cerca de 30%. Quem não conseguiu doar na Cinelândia, pode comparecer à sede do Hemorio todos os dias da semana, inclusive domingos e feriados – explicou o diretor geral do Hemorio, Luiz Amorim.

Para se antecipar ao período do verão, a equipe da Vigilância em Saúde também marcou presença no evento reforçando a campanha de conscientização contra dengue, zika e chikungunya.

- Este ano estamos registrando um número expressivo de casos de chikungunya, por isso é importante reforçar os cuidados coibindo a proliferação do mosquito. As campanhas de conscientização são importantes para alertar a população de que o engajamento de todos é fundamental – contou Alexandre Chieppe, subsecretário de Vigilância em Saúde.


COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe

CURTA A NOSSA PÁGINA