segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Petrobras desiste da Fórmula 1 e deixa a Williams

A empresa brasileira tinha acordo com a Williams desde 2014



A Petrobras não será mais patrocinadora da Williams e decreta o fim de sua aparição na Fórmula 1. A empresa brasileira, de acordo o site Diário Motorsport, já comunicou a escuderia britânica sobre a decisão, que vem junto com o anúncio de aposentadoria de Felipe Massa.
O contrato, assinado em 2014, estava para vencer e a Petrobras optou por encerrar a parceria. O acordo previa a exposição da petrolífera em troca do fornecimento de fluido de câmbio para os carros da Williams.
No entanto, o vínculo acertado há quase três anos também estipulava o uso de combustível produzido pela Petrobras, mas a Mercedes, fabricante do motor da Williams, não teria usado o abastecimento da empresa, o que não condizia com as metas da Petrobras. De 1998 a 2008, a Williams foi abastecida pela companhia. Só em 2014 que a parceria foi retomada.

Veja

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe

CURTA A NOSSA PÁGINA