quarta-feira, 3 de julho de 2019

Reboque de carros em blitz do Detran está suspenso


Motoristas com problema na documentação terá sete dias para apresentar correção em um posto

Agentes do Detran em blitz itinerante vão emitir apenas notificações para
 o veículos com irregularidades
Arquivo O Dia



Entrou em vigor na terça-feira (2) a lei que regulamenta os serviços dos fiscais do Detran em blitzes no Rio de Janeiro. Com a determinação em vigor, os motoristas flagrados em blitzes com irregularidades no carrão não terão mais o veículo rebocado.
Ao ser flagrado com problemas na documentação ou no carro, o motorista terá sete dias para se apresentar num posto do Detran com a irregularidade corrigida. Caso não cumpra o prazo estabelecido, haverá uma notificação de que o carro está impedido de circular e apto para reboque.
A proposta dos deputados Luiz Paulo (PSDB), Fábio Silva (DEM) e subtenente Bernardo (PROS) foi promulgada nesta segunda-feira (1º). Os parlamentares já tinham aprovado o projeto na Alerj, mas o governador Wilson Witzel não sancionou e vetou os projetos. Na última semana, os deputados votaram de novo e derrubaram os vetos.
Outra decisão é de que todas as fiscalizações do Detran devem ser filmadas a partir de terça-feira (2).
O Detran foi procurado e afirmou que vai cumprir as leis em vigor. Alertou que vale para irregularidades nos carros. Em casos onde o motorista está dirigindo sem habilitação, ele precisa apresentar outro condutor para levar o carro.

G1

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe

CURTA A NOSSA PÁGINA