terça-feira, 9 de julho de 2019

Cantor gospel baleado na cabeça estava trabalhando como motorista de aplicativo



Elyon Sosthenes estava a caminho de casa quando foi alvo dos bandidos, em Imbariê, Duque de Caxias 



É grave o estado de saúde do cantor gospel Elyon Sosthenes, de 28 anos, baleado na cabeça durante um assalto na madrugada desta segunda-feira. Desde então, o músico está internado no CTI do Hospital Adão Pereira Nunes (Saracuruna), em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Ontem, o cantor passou por uma cirurgia de cinco horas e, de acordo com a família, os médicos avaliam a recuperação dele para um novo procedimento cirúrgico. 

"A cirurgia foi para poder fazer os primeiros procedimentos para que se estabilizasse a saúde dele, porque ele estava correndo risco de morte", conta o sogro de Elyon, o pastor Nelson Reis, 57. "A tomografia feita indica que ele foi atingido por um tiro e que existem fragmentos desse projétil espalhados pela região da cabeça". 

O pastor conta que quando foi abordado pelos bandidos, o cantor estava trabalhando como motorista de aplicativo no seu Renault Sandero prata. O assalto aconteceu por volta das 2h, na Avenida Coronel Sisson. Na ocasião, Elyon estava indo para casa, também em Imbariê. 

De acordo com Nelson, o genro foi achado fora do carro porque os bandidos tiraram ele do veículo após atirar conta ele. O cantor bateu com o automóvel após ser atingido. 

"À principio só levaram o dinheiro dele. Os documentos e a carteira continuaram no local", afirma. 

Problema na visão 

No Hospital de Saracuruna, Elyon está em coma induzido. Os médicos avaliam a possibilidade de ele ficar com problemas na visão por causa da região que o tiro atingiu. 

"Há uma primeira avaliação do neuro de que a visão dele ficou comprometida. Mas ainda estão aguardando o estado de saúde dele normalizar para ver as sequelas", avisa Nelson. 


ODia

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe

CURTA A NOSSA PÁGINA