sábado, 6 de maio de 2017

FIRJAN: pesquisa aponta estabilidade em número de funcionários após mais de 3 anos de queda


Sondagem Industrial do Centro Norte Fluminense revela que os empresários da região estão mais otimistas que a média do estado para os próximos meses


A pesquisa de Sondagem Industrial divulgada na última sexta-feira (5) pelo Sistema FIRJAN apontou que o número de empregados contratados pela indústria ficou estável (50,1 pontos), após 39 meses consecutivos de queda, na Região Centro Norte Fluminense. Ainda segundo o estudo, houve melhora na atividade econômica no mês de março. O volume de produção aumentou (51,9). Apesar disso o industrial ainda produziu mais do que esperava vender, pois estoques ficaram com nível acima do planejado (52,6). Indicadores acima dos 50 pontos indicam otimismo e abaixo, pessimismo.

Na contramão, a insatisfação dos empresários do Centro-Norte com a situação financeira (35,0) de suas empresas continuou em março. Contribuíram para essa condição a dificuldade de acesso ao crédito (27,0) e as baixas margens de lucro operacionais (34,1).
Para os próximos seis meses, a expectativa dos empresários industriais do Centro-Norte fluminense é mais otimista que a média do estado do Rio de Janeiro. Eles esperam o aumento da demanda por produtos (65,4) e, consequente, compra de matéria-prima (61,4). Vislumbram a recuperação da atividade econômica, tanto interna como externa (53,0). Com isso, já planejam novas contratações (52,7). Por sua vez, para retomada dos investimentos (44,0) ainda aguardam sinais mais robustos da atividade econômica.


A Sondagem Industrial envolve os municípios de Nova Friburgo, Cachoeiras de Macacu, Bom Jardim, Duas Barras, Cordeiro, Carmo, Cantagalo, Macuco, São Sebastião do Alto, Sumidouro, Trajano de Morais e Santa Maria Madalena.


COMPARTILHE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe