quarta-feira, 24 de maio de 2017

Protesto contra reformas e Temer reúne centenas de manifestantes no DF

Manifestantes e PMs entram em confronto, quebram prédios públicos e ateaim fogo no Ministério da Agricultura


protesto contra as reformas da Previdência e Trabalhista e o presidente Michel Temer (PMDB) terminou em confusão na Esplanada dos Ministérios. O clima esquentou por volta das 13h40 desta quarta-feira (24/5), quando um grupo de manifestantes tentou furar o bloqueio montado pela Polícia Militar na altura do Palácio da Justiça. A situação fugiu ao controle duas horas depois, com ministérios depredados, incendiados e pessoas feridas.
Houve ao menos um ferido por arma de fogo, que precisou ser socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). No entanto, até a última atualização desta reportagem, não foi divulgado o estado de saúde nem a identidade da vítima.
Alguns manifestantes jogaram hastes de bandeiras, pedaços de madeira, canos de PVC e até uma bomba caseira nos policiais, que revidaram com gás de pimenta e bombas de gás lacrimogêneo. O clima descambou para uma guerra entre ativistas e PMs. De acordo a Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social, havia 35 mil pessoas na Esplanada no momento em que os confrontos se intensificaram.
Diante da confusão, a cavalaria avançou contra os manifestantes que ocupavam o gramado da Esplanada para dispersá-los. Ao menos cinco pessoas ficaram feridas. Por volta das 15h, os manifestantes continuavam jogando bombas caseiras contra a tropa e gritando “fim da Polícia Militar” e “fora, Temer”. Eles também lançavam pedras contra os militares e usaram banheiros químicos como barricadas.

Alguns ministérios foram depredados, como o do Trabalho, do Planejamento, das Minas e Energia, Turismo, Defesa e Agricultura, que foi incendiado. Todos os ministérios foram evacuados. Os funcionários tiveram de deixar os prédios pelas garagens e pelas vias S2 e N2. Por volta das 16h, os bombeiros controlaram as chamas na pasta da Agricultura.
Um grupo de manifestantes também ateou fogo nos banheiros químicos ao longo da Esplanada. Quatro pessoas foram detidas pelos policiais, sendo três delas por porte de entorpecentes. A outra estava com uma arma branca. Todos foram encaminhados ao Departamento de Polícia Especializada (DPE), ao lado do Parque da Cidade.

COMPARTILHE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe