sexta-feira, 12 de maio de 2017

Uso do asfalto ecológico deverá ser priorizado nas rodovias estaduais



Priorizar o uso de asfalto produzido com borracha de pneus reciclados. É o que estabelece o projeto do deputado estadual Wanderson Nogueira (PSOL-RJ), que foi aprovado por unanimidade nesta quinta-feira, 11, na Alerj. O “asfalto borracha” ou “asfalto ecológico”, como é conhecido, deverá ter preferência na pavimentação de rodovias estaduais, construção e recuperação de vias públicas. Agora, a lei segue para a sanção do governador.
Daqui pra frente, todas as licitações que envolvam utilização de asfalto deverão estabelecer prioridade pelo pneu, assim como a norma técnica de engenharia a ser adotada na composição. “Essa medida traz mais segurança ao condutor, mais durabilidade para estradas e principalmente economia ao Estado, já que se recebe um valor pelo pneu descartado e ainda é possível utilizá-lo para melhorar as vias. É um projeto de sustentabilidade, que alivia os cofres do Estado e possibilita maior conforto para os usuários”, destaca o autor da lei, deputado Wanderson Nogueira.
Ainda de acordo com o texto do projeto, podem participar do processo licitatório para a execução de asfalto ecológico, empresas que demonstrem capacidade técnica para a execução de serviços de massa asfáltica convencional.
Segundo especialistas, o asfalto-borracha tem maior aderência, o que ajuda a evitar derrapagens e reduz o spray causado pelos pneus em dias de chuva. No Estado do Rio de Janeiro, um exemplo claro de utilização do produto é a RJ-122, que liga Guapimirim a Cachoeiras de Macacu. O DER (Departamento de Estradas e Rodagens) é premiado pela construção da via e elogiada pelos condutores que por lá transitam.

COMPARTILHE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe