terça-feira, 27 de junho de 2017

Saúde de Trajano garante distribuição de medicamentos na atenção Básica


A distribuição de medicamentos nas Unidades Básicas de Saúde – UBS da rede municipal de Trajano de Moraes, na Região Serrana do Rio, está passando por adequação para atender à população com mais eficiência. Os usuários do serviço público de saúde têm à sua disposição uma série de medicamentos gratuitos nas farmácias.

E prova disso é que a procura por medicamentos e os atendimentos aumentaram consideravelmente nos últimos meses. Com os passar do tempo a Farmácia Básica Municipal ganhou nova forma, um novo ar. Aos poucos o espaço adquiriu dimensões proporcionais consideráveis para atender a cidade, que segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística – IBGE tem em seu último registro de 2016, um número populacional de 10.351 pessoas.

E dentro desse número a esperança bate a porta de um trajanense que precisa sem precedentes de medicamentos caro e controlado. Dirlei Gomes, de 45 anos, é pai de um paciente de apenas seis anos de idade. “Meu filho faz uso de um medicamento caro e controlado. Com a distribuição desses remédicos e tantos outros, tenho em média uma economia em casa de mais de R$ 600. Estou muito feliz com o atendimento”, disse.

A Secretária Municipal de Saúde, Ana Paula Oliveira, disse que a distribuição somente é feita, após o cadastro dos pacientes. “A farmácia Básica Municipal atende os usuários do Sistema Único de Saúde – SUS, mediante a apresentação de prescrição médica e cartão do SUS”, explicou. Ainda de acordo com ela, a listagem dos medicamentos disponibilizados na Farmácia Básica Municipal segue a Relação Municipal de Medicamentos Essenciais, a chamada REMUME e o Componente Nacional de Medicamentos Essenciais, a RENAME.

Os medicamentos da atenção básica são adquiridos pela prefeitura com o apoio do repasse da Assistência Farmacêutica do governo federal, que é estipulado conforme a renda per capita do município. A lista de remédios distribuídos na farmácia e nas unidades inclui uma série de medicamentos essenciais para o atendimento na rede. “Quando o prefeito Rodrigo Viana assumiu a gestão a Farmácia Básica estava pura, vazia, mas hoje a realidade é outra. Ela atende a população”, lembrou.

A Secretaria Municipal de Saúde, também conta com Unidades de Saúde que realizam a distribuição de medicamentos básicos a população. Essas unidades estão distribuídas pelo município e atendem aos usuários com medicamentos isentos de retenção de receita, ou seja, os conhecidos remédios que não pertencem a Portaria 344 da Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa, os controlados.

De acordo com a farmacêutica Catarina Massena, essas unidades atendem aos usuários mediante a prescrição e cartão do SUS. “É necessário no ato para que a partir daí ele entre na apresentação do relatório mensal de produção a Central de Abastecimento Farmacêutico – CAF. Hoje a Secretaria Municipal de Saúde, atende mais de mil pacientes com distribuição de remédios gratuitamente”,relatou.

O monitoramento das farmácias das unidades de saúde é feito por meio de visitas técnicas, ou seja, profissionais capacitados. Dessa forma, é possível identificar e resolver eventuais faltas de medicamentos com prioridade. “O governo assumiu a Saúde um caos, faltava tudo. Mas estamos conseguindo arrumar a casa, e poder oferecer a população de Trajano o melhor. Sabemos que ainda temos muito para fazer, mas tenho certeza que com a garra e o empenho dos profissionais de saúde, muita coisa ainda vai mudar, e para melhor em nossa cidade”, acredita o prefeito Rodrigo Viana.

Ascom

Nenhum comentário:

Postar um comentário