sexta-feira, 15 de julho de 2016

Cantagalo tem dia de mobilização contra dengue




O dia de mobilização contra o mosquito Aedes aegypti, realizado na última terça-feira, dia 12 de julho, no Centro de Cantagalo-RJ, encerrou as atividades voltadas para a população promovidas pela parceria entre a Usina Hidrelétrica Itaocara S.A. e a Fundação Oswaldo Cruz em apoio às Secretarias Municipais de Saúde da área de influência do empreendimento. Aproximadamente 1.650 pessoas participaram das cinco edições das ações direcionadas aos moradores nos municípios de Aperibé, Cantagalo, Itaocara, Pirapetinga e Santo Antônio de Pádua.

Com o objetivo de informar e esclarecer dúvidas da população em relação ao ciclo de vida do mosquito Aedes aegypti e as principais formas de combatê-lo, o Espaço Interativo esteve montado, durante todo o dia, na Praça da Matriz, no Centro da Cidade. Sob a coordenação do professor e pesquisador Luciano de Toledo, da Escola de Saúde Pública Sérgio Arouca/Fiocruz, os pesquisadores Waldemir Vargas e Alexandre San Pedro, da Fiocruz, e Edmar Siqueira Lobi, da Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro, conversaram com visitantes que puderam conferir, em lupas e microscópios, as características e fases do ciclo de vida do mosquito transmissor da dengue, chikungunya e zika vírus

À noite, a equipe da Fiocruz realizou a palestra “Desafios atuais para o controle da dengue, chikungunya, e zika na área de influência da UHE de Itaocara”, na Sala de Cinema da Escola Estadual Maria Zulmira Bentes. O espaço ficou lotado e ao final foi aberto o debate para esclarecimento de dúvidas sobre as doenças e o mosquito transmissor. O dia de mobilização em Cantagalo teve a participação de aproximadamente 140 pessoas. 

Ascom

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe

CURTA A NOSSA PÁGINA