segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Encontro de Carros Antigos reúne mais de 50 expositores no Centro de Cantagalo

Evento, que foi retomado ano passado, após 25 anos da realização do primeiro, também contou com shows, feira de artesanato e recreação para as crianças

Mais de 50 expositores de várias partes do estado do Rio de Janeiro e até de Minas Gerais estiveram participando do 3º Encontro de Carros Antigos de Cantagalo, realizado sábado passado, 15 de agosto, na Praça Cônego Crescêncio Lanciotti, a Praça do Santuário do Santíssimo Sacramento, no Centro da cidade.

Para os expositores, proprietários de verdadeiras raridades e que contam um pouco da história do automobilismo nacional e internacional, “carro antigo não é a mesma coisa que carro velho.” Sérgio Mendonça, um dos organizadores e que falou em nome da equipe, disse que os colecionadores investem muito para manter os carros em dia e com uma excelente condição. “Tanto que a grande maioria desses carros pegou estrada e veio rodando até Cantagalo, muitos de Niterói e Itaboraí, distantes quase 200 quilômetros”, destacou. Ele também lembrou que o encontro realizado em Cantagalo se destacou pelo alto nível, pela qualidade. “Dificilmente, em outros encontros, vemos veículos com tanta qualidade, com tanto zelo, em perfeitas condições”, finalizou o empresário, que, ao final, também comandou a entrega de prêmios, oferecidos conforme a categoria dos veículos.

O prefeito Saulo Gouvea parabenizou os organizadores e expositores e disse que a cidade sempre estará de braços abertos para esse tipo de evento. “Mais do que apenas expor essas raridades, este evento é uma ação cultural. Já deu para perceber o quanto cresce a cada edição, não só em quantidade, mas em variedade e qualidade”, destacou o prefeito durante a cerimônia oficial de abertura, realizada às 10 horas.

O empresário Sérgio Mendonça foi o organizador do primeiro encontro, realizado há 26 anos. Ela conta que o evento só não passou a ser anual, a partir daquela época (1989) porque faltou apoio e incentivo. “Agora, resolvemos retomar o encontro, a partir do ano passado, quando recebemos apoio do prefeito Saulo Gouvea e de dezenas de colaboradores e patrocinadores. “O interessante é que, depois de tanto tempo, conseguimos contato com muitos dos expositores que participaram daquele primeiro evento”, conta Mendonça.

O fascínio do homem pela máquina e a evolução dos automóveis foram alguns pontos que chamaram a atenção de quem passou pela praça durante a realização do evento, que contou com relíquias das décadas de 1920 a 1990. Duas motocicletas – CB 400 Four (Honda) e GT 380 (Suzuki), ambas da década de 1970 – também fizeram parte da mostra.

O encontro, que também contou com recreação para as crianças e churrasco, foi brindado, ainda, com três shows: Bruno Palma, às 14h30 min.; Victor Sally, às 15h30min.; e Tócaz e Mauro Martz, às 17h.

Outra atração do encontro foi a Feira de Artesanato de Cantagalo, que reuniu boa parte dos artesãos com mostras e venda de produtos locais, que variaram de toalhas bordadas a sabão ecológico, feito à base de óleo de soja usado, além de peças decorativas confeccionadas com folhas de jornal e deliciosas guloseimas doces e salgadas, na área gastronômica da feira, organizada pela Secretaria Municipal de Cultura.

Ao final, foram divulgados outros dois encontros: em Campos dos Goytacazes, nos dias 12 e 13 de setembro, a partir das 8 horas, no Jardim do Liceu e estacionamento da Câmara Municipal; e de Pirapetinga (MG), em 25 de outubro, a partir das 8 horas, no bairro Colina do Sol.




Ascom

COMPARTILHE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe