sábado, 19 de dezembro de 2015

Dinamite aconselha Edmundo a não se candidatar a presidente do Vasco

Ex-mandatário confessou arrependimento por ter ocupado cargo de 2008 a 2014



A gestão de Roberto Dinamite como presidente do Vasco foi marcante. Título de Copa do Brasil, rebaixamentos, elogios, mas muitas críticas ao maior ídolo do clube, que tentou a vida como mandatário. Edmundo, também ídolo cruz-maltino, já cogitou entrar na vida política do Gigante da Colina também. Mas quem já passou pela experiência não recomenda.

- Vou falar por mim: se eu pudesse voltar no tempo, não teria assumido essa posição de presidente do Vasco. Digo isso no sentido de preservar a imagem dele (Edmundo) - afirmou na TV Bandeirantes.

Na última eleição do Cruz-Maltino, Edmundo apoiou Julio Brant, da chapa que ficou na segunda colocação. Com o rebaixamento do time no Campeonato Brasileiro, Eurico Miranda, atual presidente, assumiu a responsabilidade, mas jogou a culpa pela gestão de Dinamite.

Lance

COMPARTILHE

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe