segunda-feira, 14 de outubro de 2013

PROGRAMA SOMANDO FORÇAS LEVA MAIS R$ 9 MILHÕES A NOVA FRIBURGO

Obras em andamento no município da Região Serrana também foram vistoriadas 

O vice-governador e coordenador de Infraestrutura do Estado, Luiz Fernando Pezão, e o secretário de Obras, Hudson Braga, firmaram novos convênios  para realizar obras dentro do programa Somando Forças, cujo investimento será da ordem de R$ 9 milhões. Lá, também participaram da inauguração da nova ponte de acesso ao distrito de Conselheiro Paulino pela Rua João Alberto Knust.

No município estão sendo investidos R$ 172 milhões na construção de 2,2 mil moradias e de R$ 392 milhões em contenção de encostas, reconstrução de pontes e implantação de infraestrutura para construção das moradias, além da previsão de outros R$ 200 milhões na recuperação das bacias do Rio Bengalas.

Antes, eles visitaram obras de contenção de encostas, drenagem e canalização de rios, de recuperação ambiental e de construção de unidades habitacionais e parques fluviais, em execução pelo governo do estado no município. Pezão e Hudson Braga também vistoriaram as obras de contenção de encostas nas localidades de Cristina Zyedi, São Jorge e Jardinlândia.

Também foram visitadas as ações no Córrego Dantas, onde estão em andamento obras de construção de 16 parques fluviais e de seis pontes e de implantação de 3,5 quilômetros de dragagem e canalização de rios, além do alargamento de uma ponte. As intervenções somam no total um investimento de R$ 230 milhões.

- Apenas em Nova Friburgo, estamos investindo R$ 1 bilhão na reconstrução da cidade. São obras de grande complexidade. Apesar das dificuldades encontradas para encontrar terrenos adequados e das complicações da burocracia e do processo de desapropriações, mantemos o temos foco, perseguindo nossa determinação de fazer as obras - disse Pezão.


Somando Forças em Nova Friburgo

Os convênios do Programa Somando Forças vão investir R$ 9 milhões nas seguintes intervenções:

  • Recuperação e melhorias de três campos de futebol em Campo do Coelho, Riograndina e Saudade (R$ 2,2 milhões)

  • Reurbanização da Rua Visconde de Abaeté Bairro Olaria e Rua Flanklin Roosevelt, no Bairro Vale dos Pinheiros (R$1.133.983,66);

  • Construção de muro de contenção na Rua Antônio Lopes, no Bairro Catarcione, e na Rua Felipe Camarão, no Bairro Ponte da Saudade (R$ 1.069.178,37);

  • Construção de cortina atirantada e muro gabião na Rua Souza Cardoso I, e de cortina atirantada e muro gabião na Rua Souza Cardoso II, no Bairro Lagoinha (R$ 944.116,80);

  • Construção de galpão destinado à atividade desportiva na Rua Vicente Sobrinho 80, no Bairro Olaria (R$ 447.865,23);

  • Construção de muro de contenção em concreto na Rua Emília Falcheto esquina com a Rua Fagundes Varela, no Bairro Cordoeira, e outro muro com solo reforçado na Rua Benjamin Braga, no Bairro Cordoeira (R$ 506.057,80);

  • Construção de muro de contenção em concreto ciclópico (com mistura de pedra de mão ao concreto convencional, visando economizar concreto), de calçadas em concreto na Avenida Campesina, no Bairro Centro e de muro de contenção em concreto ciclópico na Rua Luiza Carpenter, no Bairro Centro (R$ 579.414,21);

  • Construção de cortina atirantada e muro gabião na Rua Luiz de Araújo C. Pena com a Rua Rufino Siqueira, no Bairro Parque das Flores, de cortina atirantada e muro de peso na Rua Jerônimo de Castro no Bairro Amparo e de cortina atirantada e muro gabião na Estrada Velho do Amparo com a Rua Waldomiro Banjar (R$ 2.160.700,76)

- Estamos desde o primeiro minuto da tragédia de janeiro de 2011 trabalhando na recuperação dos municípios atingidos e ainda vamos fazer muito mais - afirmou Hudson Braga.

Lançamento da Pedra Fundamental de condomínio empresarial

Pela manhã, Pezão e o secretário de Obras participaram do lançamento da pedra fundamental do condomínio empresarial, no distrito de Campo do Coelho, em uma área de 1,5 milhão de metros quadrados. O condomínio fica na RJ-130 (Nova Friburgo-Teresópolis), no distrito de Campo do Coelho, próxima a queijaria escola.

De acordo com o prefeito Rogério Cabral, o empreendimento é importante para Nova Friburgo porque possibilita às empresas situadas em áreas urbanas do município se expandirem, caso venham a se instalar no condomínio, o que atualmente onde estão instaladas se torna vez cada vez mais difícil. Outras vantagens estão ligadas à logística que será criada em torno do empreendimento, tanto na distribuição quanto em relação à infraestrutura. O prefeito ainda destacou as obras de recapeamento de sete quilômetros em ruas do distrito de Conselheiro Paulino, feitas pelo programa estadual Asfalto na Porta.

Ascom da Secretaria de Obras

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe

CURTA A NOSSA PÁGINA