segunda-feira, 12 de agosto de 2013

AGRICULTURA FAMILIAR NO ESTADO TERÁ R$ 150 MILHÕES PARA SAFRA 2013/2014

Recursos vão financiar custeio e investimento nas propriedades agrícolas

Os agricultores familiares do Estado do Rio de Janeiro vão contar com R$ 150 milhões de recursos do Plano de Safra 2013/2014 para ampliar a produção do setor, através do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). O anúncio foi feito nesta sexta-feira (09/08), pelo secretário executivo do Ministério do Desenvolvimento Agrário - MDA, Laudemir Müller, em Casimiro de Abreu, durante evento com as presenças do subsecretário estadual de Agricultura, Alberto Mofati, representando o secretário da pasta, Christino Áureo, e do prefeito do município, Antônio Marcos Lemos Machado, entre outras autoridades.

Na ocasião, Alberto Mofati assinou com o secretário executivo do ministério acordo de cooperação para execução das ações do Plano Safra.

- No passado, o Rio de Janeiro já teve mais crédito do Pronaf, por isso estamos intensificando esta parceria, inclusive junto ao Banco do Brasil e Caixa, que também está operando nesta área. O crédito rural alavanca a produção e faz com que as atividades do setor e a renda do produtor possam melhorar. Outro ponto positivo do plano é o foco no Programa de Aquisição de Alimentos - PAA, que gera um canal especial de comercialização para o produtor - frisou Mofati.

O representante do ministério, Laudemir Müller afirmou que o Estado tem importantes ações junto aos agricultores familiares, que aqui ultrapassam 40 mil.

- Nos últimos dez anos a renda do segmento em todo o Brasil cresceu 52%. Quase cinco milhões de famílias foram para a classe média. Isso é importante porque aumenta a demanda por crédito, investimento e consumo, fazendo gerar a roda da economia. O fortalecimento da agricultura familiar está em nosso projeto nacional de desenvolvimento e nessa caminhada contamos com o apoio do governo do Rio de Janeiro - enfatizou.

Durante a cerimônia, o MDA também fez a entrega de 35 retroescavadeiras para prefeitos de 35 municípios fluminenses, selecionados na segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento - PAC 2. As máquinas adquiridas com recursos do MDA irão reforçar a reestruturação produtiva dos agricultores familiares. De acordo com Laudemir Müller, é preciso investir em aeroportos, portos e também na recuperação da estradas vicinais, porque é por lá que escoa a produção.

O subsecretário de Agricultura, lembrou que o estado atua na manutenção e recuperação de estradas vicinais, através do Programa Estradas da Produção, que conta com 21 patrulhas mecanizadas realizando trabalhos em todas as regiões fluminenses.

 Ascom da Secretaria de Agricultura

COMPARTILHE

Curta Nossa Página no Facebook

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe

CURTA A NOSSA PÁGINA