quinta-feira, 30 de julho de 2015

Grandes nomes da música, teatro, literatura e artes visuais agitam o Festival de Inverno na Serra

Festival do Sesc leva a Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo dez dias consecutivos de atividades variadas, com 80% de programação gratuita

Emicida, Zeca Pagodinho, Gal Costa e Antonio Fagundes estão entre as diversas atrações da 14ª edição do Festival Sesc de Inverno, que traz ao público opções de shows, espetáculos e apresentações em diversos locais das cidades de Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo, na Região Serrana do Rio de Janeiro.
O evento teve início na última sexta-feira, dia 24 de julho, e promove uma agenda de atrações ecléticas até o dia 2 de agosto. Ao todo, mais de 200 artistas passarão pelos palcos do evento, aquecendo os dias mais frios com música, peças teatrais, performance, dança, literatura e artes visuais.
Dentre as apresentações mais esperadas estão o show gratuito do rapper Emicida, dia 1º de agosto, em Teresópolis; e do cantor Zeca Pagodinho, que se apresenta no domingo, dia 2, em Petrópolis. Na semana passada foi a vez de Gal Costa, que se apresentou no dia 25 de julho, no Teatro Municipal Nova Friburgo, mostrando canções de seu mais recente álbum, “Estratosférica”, além de sucessos de sua carreira.

Outros grandes nomes da música também vão agitar a cena cultural da serra fluminense, como as bandas Nação Zumbi, O Rappa, O Teatro Mágico e Suricato. Completando a programação e abrindo espaço para novos talentos, músicos locais farão apresentações de seus trabalhos.
Além da música, destaque ainda para o teatro. Antonio Fagundes se apresenta na peça “Tribos”, em três datas diferentes: 28 de julho, em Teresópolis, 30 de julho, em Friburgo e 1º de agosto em Petrópolis.

ARTE PARA TODOS OS GOSTOS

O festival, maior evento cultural do estado do Rio, reúne uma programação diversificada. Artistas, grupos, coletivos e companhias do Rio de Janeiro, Santa Catarina, São Paulo, Pernambuco, Ceará, entre diversos estados, apresentam obras inéditas.
Oficinas variadas prometem agradar diferentes gostos e idades. Dança, arte circense, poesia, grafite e quadrinhos, por exemplo,podem ser realizadas por adultos e crianças, promovendo um contato ainda mais próximo com distintos tipos de arte.

Outro destaque da festa é o espaço “Territórios”, que ocorre simultaneamente nas três cidades com ações que unem cultura a outras áreas de interesse da população, como sustentabilidade, saúde, esporte, ação social, educação e turismo. A maior parte da programação será gratuita. Quando houver cobrança de ingressos, os preços irão variar de R$ 5 a R$ 20.
As atividades têm apoio das prefeituras locais e serão realizadas em diversos lugares, como parques, praças e outros espaços públicos, além das unidades do Sesc, para aproximar e oferecer cultura em vários pontos de cada município. A programação completa e detalhada em cada cidade pode ser conferida no site do Festival Sesc de Inverno.

SERVIÇO:

Festival Sesc de Inverno
Data: Até dia 02/08

Local: Petrópolis, Itaipava, Nogueira, Teresópolis e Nova Friburgo – nas unidades do Sesc Rio e em diversos espaços públicos, como praças, parques e ruas.
Preços: 80% da programação com entrada franca.
Shows, teatro adulto e dança com ingressos a preços populares: R$ 5 para associados Sesc, R$ 10 (meia-entrada), e R$ 20 (inteira).











OGlobo

terça-feira, 28 de julho de 2015

Levy diz que governo estuda formas para tributar setor de internet

Leia Mais:http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,governo-estuda-formas-para-tributar-setor-de-internet--diz-levy,1733906?utm_source=facebook.com&utm_medium=social&utm_campaign=Postcron.com
Assine o Estadão All Digital + Impresso todos os dias
Siga @Estadao no TwitterLeia Mais:http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,governo-estuda-formas-para-tributar-setor-de-internet--diz-levy,1733906?utm_source=facebook.com&utm_medium=social&utm_campaign=Postcron.comLeia Mais:http://economia.estadao.com.br/noticias/geral,governo-estuda-formas-para-tributar-setor-de-internet--diz-levy,1733906?utm_source=facebook.com&utm_medium=social&utm_campaign=Postcron.com



O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, disse nesta terça-feira que o governo examina a possibilidade de tributar o setor de internet. "Cada vez que a economia vai para uma direção, temos que discutir uma maneira correta de tributar essa direção", afirmou. Levy enfatizou que o "tamanho e distribuição da carga tributária são importantes para o dinamismo da economia". 
Outro ponto levantado por Levy foram as taxas internas de retorno das concessões, que, segundo ele, agradaram o mercado financeiro. "Taxas de retorno das concessões em logística foram extremamente bem recebidas pelo mercado", ponderou.
Durante evento comemorativo dos 40 anos da Escola de Administração Fazendária (Esaf), Joaquim Levy  disse também que o ajuste fiscal não é incompatível com o crescimento da economia e que as metas devem ser superadas nos próximos dois anos. O ministro disse que o Brasil passa por momentos de transformação, em que é preciso encontrar caminhos para evitar a crise. “A turbulência é passageira e acredito que a economia vai retomar o caminho de crescimento. É um processo que tem momentos mais difíceis mas que chegará a um termo.”
Levy ressaltou a importância de se entender a centralidade e a manutenção do ajuste fiscal e também de reconhecer que certas incertezas têm pesado na economia. "O processo de ajuste da economia está avançando dentro do padrão normal. Empresas têm se adaptado, algumas já encontram condições de voltar a crescer".
"Vamos fazer todos os esforços, alinhando entendimento com o Congresso, para garantir uma previsibilidade fiscal que dê tranquilidade também em relação à dinâmica da dívida. Temos uma dívida relativamente grande e temos que estar atentos a sua trajetória. Para isso, temos que tomar decisões no campo fiscal, no campo do gasto, darmos sinalizações que sejam favoráveis à tranquilidade dos mercados", disse.
O ministro reconhece o momento de incertezas da economia e ressalta que é importante ser realista e transparente quanto ao compromisso com o ajuste fiscal. “É preciso priorizar despesas e discutir o quanto que essas despesas nos levam a resultados. Temos que avaliar a eficácia, eficiência do gasto para podermos ver a trajetória fiscal. Uma trajetória que dê segurança aos agentes econômicos”.
Levy afirmou ainda que o Brasil vive um momento de oportunidades, um momento de tomar decisões para consolidar o progresso feito nos últimos dez anos. 
Fonte: JB

Ministro garantiu que país vai retomar caminho do crescimento

Ft: Estadão




Assine o Estadão All Digital + Impresso todos os dias
Siga @Estadao no TwitterAssine o Estadão All Digital + Impresso todos os dias
Siga @Estadao no Twitter

Nova Friburgo já planeja passagem da Tocha Olímpica

O município de Nova Friburgo, na região serranado Rio, começou nesta terça-feira (28) a realizar o planejamento para receber a passagem da tocha olímpica dos Jogos Rio 2016 pela cidade. Os detalhes começaram a ser discutidos em reunião no gabinete do prefeito Rogério Cabral.
Na reunião de trabalho foram discutidas todas as situações que envolverão a passagem da tocha  pela cidade - o trajeto, as mudanças no trânsito e a montagem da estrutura. Segundo o representante da Rio 2016, a ideia é fazer bastante barulho mesmo. O comboio que acompanhará o símbolo dos Jogos  será constituído por 15 veículos - três deles de patrocinadores - e um caminhão que se abre em um grande palco, com aproximadamente 10 metros de comprimento.
Os condutores que se revezarão na condução da tocha olímpica serão transportados por dois micro-ônibus, além de outros dois para a segurança e para o pessoal de apoio. Para a organização, a rota deverá ser o mais fluida possível, para que a população possa aproveitar ao máximo. Para a prefeitura, especialmente para o prefeito Rogério Cabral, a mobilidade urbana também deverá seguir esses preceitos, para que haja o mínimo de alterações no dia a dia das pessoas, apesar de reconhecer que será um dia especial na vida dos friburguenses.
O comboio virá de Cachoeiras de Macacu. O trajeto ainda não está definido, mas algumas sugestões foram apontadas. O início do percurso seria na Ponte da Saudade e seguiria para o Centro da cidade através da Rua Mac Niven, Moisés Amélio e Avenida Alberto Braune. As pessoas serão convidadas a acompanhar a passagem por todo o trajeto, mas os organizadores acham interessante convidar as escolas para acompanharem o evento na Avenida Alberto Braune.
Da Avenida Alberto Braune, a Tocha seguiria pela Praça Getúlio Vargas no sentido do rodo de Duas Pedras, através das Avenidas Euterpe Friburguense e Presidente Hans Gaiser. O comboio retornaria, então, pela Rua Prudente de Morais e General Osório até o Suspiro, onde aguardaria o condutor com a tocha que desceria pelo teleférico.
Finalmente, o comboio seguiria até a Via Expressa, local que foi definido como ponto da celebração de encerramento, onde a pira olímpica seria montada e acesa. O trajeto, portanto, continuaria pela Avenida Galdino do Vale, pela Praça Marcílio Dias, Rua Renado Machado, Julius Arp e Júlio Antonio Thurler, virando para a Via Expressa.
Na Via Expressa será montada a estrutura para a festa de encerramento, que terá shows e o momento principal: o acendimento da pira olímpica. De acordo com a organização, as atrações desses shows serão compostas por artistas locais, de Nova Friburgo. Os eventos serão apresentados do caminhão-palco.
O evento será realizado na última semana de julho de 2016, com início previsto para as 17h e término às 20h. Várias mudanças serão feitas no trânsito e a população será avisada com antecedência sobre o percurso oficial, para que haja menos problemas em relação à mobilidade urbana.
A estrutura da Praça PEC, na Via Expressa, poderá ser utilizada como local de apoio para os organizadores e no dia do evento atividades esportivas poderão ser realizadas durante o dia, tanto na pista de skate quanto nas quadras.



AB

'Nunca vi uma pessoa tão folgada', diz homem que tirou Uno de ciclovia

Vereador e empresário, Marcos Mohai é considerado o mais forte do Brasil


O empresário e vereador Marcos Mohai, de 38 anos, está acostumado a tirar veículos pesados do lugar com sua própria força. Quando se deparou com um Fiat Uno em uma ciclovia na Zona Sul de São Paulo, não teve dúvida: levantou o carro pelo para-choque e liberou a via. O feito foi filmado e o vídeo tornou-se um sucesso no YouTube e nas redes sociais. “Nunca vi uma pessoa tão folgada”.

Considerado o homem mais forte do Brasil, Mohai é hexacampeão brasileiro de strongman, esporte em que o atleta levanta diversos tipos de peso, como pneus de trator, troncos, pedras e veículos. Ele participou de vários programas de TV divulgando a modalidade e, além disso, é vereador da Câmara Municipal de Peruíbe, no litoral, pelo PSDC.

Mohai disse que o episódio envolvendo o Uno aconteceu há três semanas, em um domingo, quando pedalava com amigos em uma ciclovia perto da Assembleia Legislativa, a poucos quarteirões do Parque Ibirapuera. “Eu vi um pessoal reclamando da situação. Vi o veículo no meio da ciclovia e todo mundo revoltado.”
O atleta contou que, antes de tirar o carro, que pesa um pouco mais de 800 kg, perguntou se alguém conhecia o dono do veículo. “Ninguém sabia. Então, levantei a traseira e tirei do caminho. O para-choque acabou saindo do lugar.”
A atitude foi celebrada pelos demais ciclistas, que aplaudiram. Apesar de já ter movido diversos tipos de veículos (o maior deles um caminhão de 57 toneladas), ele disse que nunca pensou que precisaria retirar um carro de uma via de ciclistas. “Muito folgado”, afirmou sobre o dono do veículo.
Testemunhas

Gabriela Gomes vende lanches na região do Parque Ibirapuera aos fins de semana e presenciou a ação desde o início. Ela chegou a avisar o motorista do Uno que o carro estava parado na ciclovia. “A gente pediu para ele sair, mas ele decidiu deixar em cima da faixa mesmo. Achei estranho, todo mundo em São Paulo sabe que não pode parar.” De acordo com a vendedora, o motorista era um homem jovem, com menos de 30 anos, que seguiu sozinho em direção ao Ibirapuera.
Pouco tempo depois, Mohai se aproximou e parou em frente ao carro. Segundo Gabriela, ele perguntou aos clientes que comiam ali se o carro era de um deles. Depois, começou a remover o carro. “Tinham mais de dez pessoas assistindo. Os ciclistas apoiaram, gritaram ‘a cidade é nossa!’, mas alguns clientes ficaram assustados. Outros disseram que, se o carro fosse deles, iriam atrás do homem”, contou a vendedora.
Gabriela estranhou, porém, a reação do dono do carro quando retornou. “Tomou um susto, mas não perguntou nada para ninguém. Guardou o para-choque no porta-malas. Não teve reação nenhuma, como se nada tivesse acontecido.”


G1

Prefeito de Quissamã morre de câncer e cidade tem luto de três dias

O prefeito de Quissamã, no Norte Fluminense, Octávio Carneiro da Silva, de 80 anos, morreu na madrugada desta terça-feira (28), às 4h14, com falência múltipla de órgãos em decorrência de um câncer, no Hospital Municipal Mariana Maria de Jesus, no Centro da cidade. O velório acontece na Capela da Fazenda São Manoel, em sua residência, a partir das 11h. Às 15h, haverá missa de corpo presente na Igreja Matriz de Nossa Senhora do Desterro, e em seguida, o sepultamento no Cemitério São João Batista, anexo ao Cemitério Público de Quissamã. O prefeito em exercício, Nilton Pinto, decretou luto oficial de três dias.

“Nossa cidade está de luto pela perda de seu filho mais ilustre. Quissamã está triste, pois Octávio foi o homem responsável pelas maiores conquistas desse município”, disse Nilton Pinto.

Octávio estava internado desde o início da tarde de domingo (26), quando seu estado de saúde se agravou. O prefeito, que completou 80 anos no dia 24 de junho, deixa a esposa, Hermínia Alvarez Parada Carneiro da Silva, com quem permaneceu casado por 52 anos, um irmão e sobrinhos.


G1

Silvio Santos faz selfie com Edir Macedo no Templo de Salomão


Fazia 17 anos que Silvio Santos e Edir Macedo não se encontravam. A visita foi registrada pela filha do bispo, no Instagram, e pela reportagem da Record para o próximo Domingo Espetacular. "#Selfie de hoje.#pensamentododia: Como é bom conhecer pessoas com os mesmos valores! Foi um prazer conhecer a família Silvio Santos", escreveu Cristiane em seu perfil na rede social, mostrando não ter tido contato com a família Abravanel antes. Já o Domingo Espetacular escalou Adriana Araújo para entrevistar Silvio. Como o jornalístico vai ao ar no mesmo horário do Programa Silvio Santos, no SBT, o apresentador promove uma autofagia, ao concorrer consigo mesmo no próximo fim de semana.
Na última edição de sua atração, aliás, o apresentador recebeu o bispo Marcelo Crivella, importante líder político da Igreja de Macedo. No palco do SBT, ele cantou hino em tributo aos 38 anos da fundação da Universal. Segundo Crivella, a Universal tem 7 000 templos no Brasil e outros 7 000 espalhados pelo mundo.
A reaproximação do dono do SBT com o dono da Record conta, de alguma forma, com o incentivo da família de Senhor Abravanel -- embora ele próprio seja judeu, a mulher e as filhas são evangélicas praticantes. E, se Edir Macedo conseguiu comprar a Record, não custa lembrar, a aquisição começou pelas mãos de Silvio Santos, que em 1990 vendeu a ele os 50% que lhe cabiam na sociedade com a família Machado de Carvalho.



Veja

Congresso argentino vai homenagear prefeito de Miracema

O prefeito Juedyr Orsay será reconhecido com a condecoração “Governador Enrique Tomás Cresto”, instituída pelo Senado da Nação, a Federação Argentina de Municípios, a Federação Latino‐americana de Cidades, Municípios e Associações de Governos Locais e o Clube Shalom.
 A homenagem ocorrerá dia 18 de setembro de 2015, sexta‐feira às 14:00 horas, no Salão Azul do Palácio do Congresso Nacional da República Argentina e convocará a personalidades de numerosas nações de Latino‐américa.
A condecoração com a qual Juedyr será honrado se outorga àqueles representantes dos governos locais, funcionários, profissionais no marco do Programa de Apoio às Iniciativas dos Governos Locais.

A homenagem se dará em reconhecimento pela contribuição ao Desenvolvimento Econômico Integrado de América Latina, como “Líder para o Desenvolvimento”, pela transcendência regional de seu trabalho e sua colaboração ao bem‐estar da sociedade latino americana.





Ascom

sexta-feira, 24 de julho de 2015

Expo Cordeiro 2015 atrai milhares de turistas e alcança grande sucesso

Apesar da crise, feira agropecuária demonstra a força da sua tradição

O prefeito Leandro Monteiro e sua equipe estão satisfeitos com o resultado da 73ª Expo Cordeiro, que segundo eles superou as expectativas. Realizada do dia 15 ao dia 19 de julho, a feira só passou a ser divulgada poucos dias antes da sua realização, já que o prefeito aguardou até o último instante para confirmar o evento, pois queria ter a certeza de que os gastos com o mesmo não afetariam o orçamento da prefeitura neste momento de crise nacional. “Realizamos a exposição, pagamos metade do 13º dos servidores este mês e estamos com as finanças equilibradas”, garante o prefeito.

Ausente na inauguração, quando foi representado pela presidente da Emater-Rio, Stella Romanos, o secretário estadual de Agricultura, Christino Áureo, fez questão de visitar a feira posteriormente e de parabenizar o prefeito em nome do governador Luiz Fernando Pezão. Também marcaram presença deputados federais e estaduais, prefeitos e vereadores de diversas cidades.

A parte técnica contou com exposição e julgamentos de animais de diversas raças, além de concurso leiteiro. Os destaques ficaram por conta dos exemplares de alta linhagem das raças bovinas Gir e Tabapuã, e dos cavalos da raça Campolina, que inclusive atraíram a atenção do público em disputas de provas na pista principal do Parque Raul Veiga.

A Expo Moda destacou o polo de moda íntima da cidade e outros setores direcionados à moda. Os artistas cordeirenses puderam mostrar e comercializar os seus trabalhos na Expo Arte e na Expo Artesanato. A Tenda Literária e a Tenda Cultural, que contou com 32 shows e fez grande sucesso, completaram as atrações voltadas à cultura local.


Os shows do palco principal atraíram grandes públicos desde a quarta-feira, quando se apresentaram Bira Bello e Cesário Ramos e Gabriel, atrações regionais do estilo sertanejo universitário. Na quinta, a apresentação da banda paulista Dr. Sin fez a alegria dos roqueiros e foi bastante elogiada. Na sexta, a banda de forró Arriba Saia interpretou seus inúmeros sucessos num show alegre e dançante. A noite de sábado foi reservada ao samba e ao pagode, com um show envolvente do Grupo Revelação. A última noite reuniu o maior público para o esperado show da dupla Munhoz e Mariano. Com muito carisma e energia, eles empolgaram os milhares de fãs. 






Ascom

quinta-feira, 23 de julho de 2015

Jair Bittencourt divulga informações sobre os seis primeiros meses como deputado estadual




Jair Bittencourt traz a sensibilidade ao articular
 políticas em defesa das minorias


O deputado Jair Bittencourt (PR), divulgou através de sua assessoria de comunicação o seu primeiro semestre representando o Norte e o Noroeste Fluminense na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (ALERJ).
O deputado também é reconhecido por sua assiduidade e interesse em todos os eventos que sejam pertinentes à sociedade, o que concede ao parlamentar o caráter atuante e participativo.
Amparado em um mandato participativo e atuante, a atividade parlamentar de Jair Bittencourt traz a sensibilidade ao articular políticas em defesa das minorias.


Seis meses de muita atuação do deputado Jair

Jair destacou questões da área da agropecuária, da telefonia celular e de transporte entre outras ações.

Agricultura e Agropecuária

Os produtores rurais do Norte e Noroeste Fluminense receberam o apoio do deputado Jair Bittencourt através de uma moção proposta na Alerj por ele, juntamente com outros deputados da Casa. A Moção de Apoio visa sensibilizar o Governo acerca das dificuldades enfrentadas pelos produtores em decorrência do período de estiagem pelo qual essas regiões passaram e que refletiu na agricultura, na pecuária e na pesca. Assim sendo, os produtores rurais necessitam de auxílio urgente para prorrogação dos prazos para pagamento do financiamento rural junto às superintendências da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil, pela incapacidade real de pagamento dessas dívidas e da provável inadimplência, que trará como consequência a impossibilidade de aquisição de novas linhas de crédito pelos produtores, paralisando a produção agropecuária e pesqueira nas regiões Norte e Noroeste. 
Saúde das crianças
O Projeto de Lei 458/2015, proposto pelo deputado estadual Jair Bittencourt, cria o programa Primeiro Aleitamento no âmbito da Secretaria Estadual de Saúde. Com a simples designação de um profissional da área de Saúde para a orientação das mães, pode-se contribuir para a saúde, tanto da mãe, quanto do bebê.
Telefonia Celular
O deputado Jair Bittencourt solicitou à Anatel que as empresas de telefonia móvel disponibilizem sinal para celular em distritos onde o serviço não é ofertado e os moradores são privados dessa forma de comunicação.
Setor de Transporte
Foi proposto pelo deputado Jair Bittencourt o Projeto de Lei 457/2015, que proíbe a utilização de película refletiva além de 25% nos vidros de táxis, vans, kombis e todos os demais meios de transporte de passageiros no Estado do Rio de Janeiro. Dessa forma, os policiais podem visualizar a parte interna dos carros e solicitar paradas em caso de suspeitas. Como se trata de transporte de passageiros, por concessão pública, até mesmo para a segurança dos passageiros, é preciso que quem esteja fora do veículo possa ver o que se passa dentro dele. Além disso, segundo especialistas, com a porcentagem de 25% já é possível proteger motoristas dos raios de sol capazes de ofuscar a visão.


Expo Pádua


Cidades receberão R$ 3,5 milhões para cultura


Recursos fazem parte de parceria entre o Estado e o Ministério da Cultura



Pezão durante lançamento do  PADEC
FT Carlos Magno


O Governo do Estado vai oferecer cursos gratuitos de formação de gestores públicos e agentes culturais e vai dar apoio à organização de Sistemas Municipais de Cultura e à implantação e modernização de espaços culturais municipais. As ações fazem parte da terceira fase do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Cultural dos Municípios (PADEC 2015), lançado no último dia 15 no Palácio Guanabara. O programa vai investir R$ 3,5 milhões em projetos culturais em todos os municípios fluminenses, exceto a capital - 91 cidades.

Criado em 2010 pelo governo do Rio e acolhido pelo Ministério da Cultura, o PADEC já disponibilizou um total de R$ 10 milhões para atender a 70 projetos municipais, desde a implantação de bandas de música e modernização de bibliotecas até a reforma de construções históricas. O programa também atende parte das estratégias relacionadas no Plano Estadual de Cultura, que integra o Sistema Estadual de Cultura do Rio de Janeiro.

As atividades seguem quatro linhas de apoio: qualificação da gestão pública da cultura, preservação do patrimônio material, fortalecimento da identidade cultural local e melhoria da infraestrutura para a cultura local. O governador Luiz Fernando Pezão destacou a importância da parceria com o Ministério da Cultura para valorizar manifestações culturais do interior fluminense.


– É uma sedução tremenda aplicar todo o dinheiro destinado à área de cultura na capital. Com o PADEC e o trabalho da secretária (de Cultura) Eva Doris contemplamos todas as manifestações que existem em cada canto do estado. Isso me gratifica muito, porque estamos valorizando cada ativista cultural que está no seu pequeno local, fazendo sua manifestação cultural, ensinando gente, multiplicando e levando conhecimento para outras pessoas – disse Pezão.


Uma das principais linhas da terceira fase do PADEC é o Curso de Formação de Gestores Públicos e Agentes Culturais, realizado pela Secretaria de Cultura, em parceria com Fundação de Apoio à Escola Técnica (Faetec) e a Fundação Cecierj. Será oferecido um curso semipresencial para capacitar 390 alunos, entre gestores públicos e conselheiros municipais de cultura, agentes e animadores culturais. Além disso, um grupo de até 2 mil alunos farão a qualificação no formato MOOC (Curso massivo aberto online – Massive Online and Open Course).


– Ao longo do PADEC, verificamos a necessidade de capacitar e qualificar nossos gestores públicos, uma demanda dos prefeitos e dos gestores, para que possamos gerir convênios cada vez melhor – afirmou a secretária de Cultura, Eva Doris Rosental.

O PADEC 2015 também vai financiar a Aplicação de Metodologia de Apoio para a organização dos Sistemas Municipais de Cultura em 40 cidades fluminenses, em parceria com a Universidade Federal Fluminense (UFF) e dará apoio à Implantação e Modernização de espaços culturais municipais, possibilitando a compra de novos equipamentos para
espaços culturais multiuso, para a exibição de filmes, produção de peças de teatro e outras atividades.


O ministro interino da Cultura, João Brant, falou que a experiência pioneira do Rio de Janeiro pode ser levada para outros estados brasileiros.


– O PADEC é essencial, já que qualifica a gestão cultural dos municípios, um dos princípios chaves para fortalecermos o Sistema Nacional de Cultura. Vimos várias prefeituras que conseguiram um resultado muito significativo a partir dos aportes recebidos. Também reforça a infraestrutura cultural com espaços para prática de ensaios, apresentações e de formação, a partir de demandas reais dos municípios. Em agosto, lançaremos um edital de fortalecimento do sistema nacional de cultura para municípios de todo o Brasil, um modelo muito parecido com esse do Rio – explicou o ministro



Governador institui Sistema Estadual de Cultura


O governador Luiz Fernando Pezão instituiu o Sistema Estadual de Cultura do Estado do Rio de Janeiro, por intermédio da Lei 7.035. O novo sistema garante o investimento de 40% do orçamento destinado à cultura para projetos desenvolvidos na capital e 60% destinado às produções culturais da Baixada Fluminense e demais regiões do estado. Fazem parte do sistema o Plano Estadual de Cultura o Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura e o Programa de Formação e Qualificação Cultural.


Além dos investimentos, o projeto define que do valor referente à renúncia fiscal do Governo do Rio de Janeiro, proveniente da arrecadação do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) do exercício anterior, 0,25% serão destinados ao patrocínio de produções culturais e 0,25%, a projetos esportivos. Ainda de acordo com o novo sistema, 1% do total dos recursos deste fundo será destinado ao desenvolvimento de ações culturais e atividades para pessoas com deficiência no estado.
 
O Sistema Estadual de Cultura permitirá, também, por meio do Programa Estadual de Fomento e Incentivo à Cultura, que o governo aplique recursos diretamente em projetos culturais, utilizando o Fundo Estadual de Cultura. As ações passam a não depender apenas de orçamentos e mecanismos de isenção fiscal. O Estado passa ainda a ter acesso às fontes de fomento do Ministério da Cultura.


O sistema cria, ainda, o Conselho Estadual de Política Cultural, composto por 16 representantes do poder público e outros 16 da sociedade civil, eleitos em conferências regionais. Uma das peças integrantes do Sistema, o conselho terá a missão de formular, avaliar e acompanhar as políticas culturais no estado.

 Thaise Constancio


Inadimplência de consumidores cresce 4,52% em junho

No período, o número de dívidas em atraso
aumentou 5,75%, na comparação com o mesmo mês de 2014

A quantidade de consumidores com contas a pagar em junho de 2015 aumentou 4,52%, na comparação com junho de 2014. Os dados foram divulgados no último dia 14 pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL). Os números indicam que a variação ficou próxima da estabilidade, com queda de 0,03% em relação a maio de 2015, quando o índice chegou a 4,79%.
Segundo o SPC Brasil, em junho deste ano, 56,5 milhões de consumidores constavam de cadastros de devedores inadimplentes. O número representa 39,8% da população brasileira entre 18 e 95 anos.
No período, o número de dívidas em atraso aumentou 5,75%, na comparação com o mesmo mês de 2014. A variação em maio e junho de 2015 foi de queda de 0,86%. Para a economista-chefe do SPC Brasil, Marcela Kawauti, cresceu o volume de dívidas por devedor. “Hoje, um único brasileiro inadimplente tem, em média 2,12 dívidas em atraso.”
De acordo com a CNDL, além da piora na confiança do consumidor, a aceleração da inflação e o aumento nas taxas de juros prejudicaram a capacidade de pagamento do brasileiro. Em relação a junho de 2014, os maiores registros de altas são de dívidas com até 90 dias de atraso (8,47%) e de 3 a 5 anos de atraso (15,76%).
Os destaques são para os setores de água e luz, com crescimento de 15,61% no ano, e de bancos, com 9,55% dívidas a mais que em junho de 2014. O setor de bancos segue como credor de 48,4% das dívidas cadastradas.
Marcela Kawauti explicou que a maioria das pessoas acredita que as dívidas mais antigas são impagáveis por causa dos juros. “O que há são dívidas negociáveis. A negociação é sempre a melhor saída e sempre dá para negociar. O ideal é a educação financeira preventiva. Temos de  nos ajustar antes de o problema ficar mais sério”, concluiu.


EBC

Estacionamento rotativo em Santo Antônio de Pádua


O dinheiro arrecadado será revertido
para o fundo municipal de trânsito

A cobrança do sistema de estacionamento rotativo, depois de meses de estudos técnicos começa a valer em Pádua.

De acordo com o diretor do Departamento Municipal de Trânsito (DEMUT), Waldir Peçanha Filho, a implantação do estacionamento rotativo começou pela Rua dos Leites e servirá como experimento para que em breve outras ruas do Centro também tenham o estacionamento. Houve uma semana de adaptação, tanto para o público como para os novos trabalhadores, período em que a cobrança foi efetuada, mas que não foram aplicadas penalidades.

De início serão 14 vagas para o estacionamento rotativo e a compra poderá ser feita no local, onde haverá fiscais responsáveis no período das 7h às 18h. Os valores dos cartões são de R$ 2,00 para 1 hora, sendo que para duas horas poderão ser utilizados 2 cartões.
O não pagamento do estacionamento ou caso o usuário evadir-se do local, acarretará em notificação por infração de trânsito, conforme preconiza o artigo 181/ 17§ do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), no valor de 53 reais.

O dinheiro arrecadado será revertido para o fundo municipal de trânsito, e será utilizado em melhorias no trânsito da cidade, tais como sinalizações verticais e horizontais, semáforos, entre outros.


Texto/Foto – Ascom Pádua


terça-feira, 21 de julho de 2015

Inscrições para o programa ‘Minha casa, minha vida’ em Itaperuna

As inscrições para o programa “Minha casa, minha vida” acontecem de 20/07 a 24/07, das 9h às 16h.
Poderão se inscrever no programa, os candidatos precisam preencher todos os requisitos abaixo:
Possuir renda bruta familiar mensal de até R$1.600,00 (hum mil e seiscentos reais); não ser proprietário ou possuidor de imóvel urbano ou rural; não haver sido contemplado com outro imóvel em programas habitacionais, nacionais, estaduais ou municipais; estar de acordo com a prestação de no máximo 5% (cinco por cento) da renda familiar que corresponde a R$ 80,00 (oitenta reais) ou valor mínimo de R$25,00 (vinte e cinco reais) mensais, conforme Decreto Presidencial nº 7.795, de 24/08/2012; ter idade mínima de 18 anos ou ser emancipado.
DOCUMENTOS NECESSÁRIOS
Os documentos necessários para o programa “Minha casa, minha vida” são:
Do titular e do cônjuge/companheiro - Identidade, CPF, certidão de casamento (casado), averbação de divórcio (separado), certidão de óbito (viúvo) ou certidão de nascimento (companheiro).
Dos filhos - Certidão de nascimento ou identidade dos filhos, se tiver.
Dependentes com mais de 14 anos - CPF ou identidade (com o número do CPF), se houver dependentes com mais de 14 anos.
Comprovante de residência - Água, luz, telefone em nome do candidato ou cônjuge/companheiro ou declaração de endereço.
Comprovante de renda - De todos os membros da família que exerçam atividade remunerada: carteira de trabalho, aviso prévio, para trabalhadores formais. Declaração de renda, para informais. Extrato do INSS, para beneficiários. Cadastro do CadÚnico – cartão Bolsa Família.
LOCAIS DE INSCRIÇÃO
CRAS Aeroporto: Rua Paulo de Oliveira, 685, próximo ao Mercado Tabajara
CRAS Cidade Nova/Surubi: Avenida Porto Alegre, 1.000
CRAS São Mateus/Vinhosa/Guaritá: Rua Benedito Nicolau, 42
CRAS Castelo/Horto Florestal: Rua São Vicente de Paula, 92
CRAS Niterói: Avenida Santo Antônio, 157

Secretaria Municipal de Ação Social, Trabalho e Habitação: Rua Izabel Vieira Martins, 131, Presidente Costa e Silva (Prédio da Prefeitura)


Luiz Paulo Conde, ex-prefeito do Rio, morre aos 80 anos


Conde estava internado no Hospital  Samaritano 

O ex-prefeito do Rio Luiz Paulo Conde morreu na madrugada desta terça-feira (21) no Hospital Samaritano, na Zona Sul do Rio. Aos 80 anos, ele estava internado há cerca de um ano lutando contra um câncer na próstata. A informação foi confirmada pelo filho dele, Marcelo Conde.
Arquiteto, Conde foi prefeito do Rio de Janeiro pelo PFL de 1997 a 2000. Em 1999, rompeu com Cesar Maia após este perder a eleição ao governo do estado para Anthony Garotinho. Entre as suas principais realizações estão projetos iniciados na primeira gestão de Maia, quando Conde ainda era do PFL, como o Favela-Bairro e o Rio Cidade, ambos projetos de urbanização.
Em 2000 tentou a reeleição mas perdeu, desligando-se do PFL e aderindo ao PSB de Garotinho, tornando-se vice-governdor de Rosinha Matheus nas eleições de 2002. Um ano depois, acompanhou Garotinho na troca do PSB pelo PMDB, no qual se candidatou mais um vez para prefeito do Rio e perdeu. Assumiu então a secretaria de Cultura no governo de Sérgio Cabral (PMDB). 

Políticos lamentam morte

Em redes sociais, o secretário da Casa Civil Pedro Paulo lamentou a morte. “Dos traços de um dos mais brilhantes arquitetos à dedicação pela cidade onde nasceu e que tanto amava. A história de Luiz Paulo Conde se confundia com vários momentos da história do Rio. E hoje, o Rio perdeu seu ex-prefeito, urbanista cujo trabalho pela cidade está eternizando no Favela-Bairro — marco da política de urbanização em comunidades —, Rio Cidade e pela conclusão da Linha amarela. Lamento a perda e me solidarizo com sua Presidente da Câmara, Eduardo Cunha também se pronunciou na internet e se disse "triste" pela morte. "O Rio e o Brasil perderam um homem sério, competente e um grande prefeito. Eu perdi um amigo", escreveu..



O prefeito do Rio, Eduardo Paes, decretou luto oficial de três dias pela morte do ex-prefeito. "O Rio de Janeiro perdeu hoje um grande realizador. Luiz Paulo Conde fez parte de um grupo seleto de cariocas que tiveram o prazer e o orgulho de gerir a nossa ​C​idade ​Maravilhosa. Hoje, o Rio está mais triste com sua perda”, disse Paes, em nota.



O governador do Rio Luiz Fernando Pezão lamentou profundamente a morte do ex-prefeito, de quem se disse amigo desde o tempo que era prefeito de Piraí. "Lamento muito a morte dele. Convivi com ele quando eu era prefeito. Era um grande ser humano, um grande arquiteto. Era um companheiro da boa mesa. almoçamos e jantamos muitas vezes juntos. Era um grande amigo, um grande homem público", afirmou Pezão e amigos”.

G1


domingo, 19 de julho de 2015

Secretaria de Assistência Social promove o Guapimirim em Ação no Sapê

A Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos realizou no último domingo (12/07) o evento “Guapimirim em Ação” que aconteceu durante todo o dia no bairro Sapê. A SMASDH promoveu orientação sobre direitos e acesso a diversos serviços públicos de assistência social, como Bolsa Família, Renda Melhor além de serviços de saúde como aferição de pressão arterial, glicemia e programas como o DST/AIDS. Para as crianças foi organizado um divertido torneio de futebol.
Cerca de 400 pessoas passaram pelo evento e puderam conhecer melhor os serviços e ações disponibilizadas pela SMASDH, além de aferir a pressão arterial e glicemia e distribuição de material educativo e preservativos.
“Foi um evento que além de levar os serviços à comunidade promoveu a interação entre os moradores. Parabéns aos profissionais da secretaria que num domingo se empenharam em ajudar o próximo participando e contribuindo com o evento”.   – elogio o prefeito Marcos Aurélio Dias.

Ascom