terça-feira, 29 de agosto de 2017

Trabalhador já pode conferir quanto recebeu a mais na conta do FGTS


Os trabalhadores já podem conferir quanto foi depositado de extra de rendimentos na conta do FGTS. A distribuição do lucro de 2016 do fundo, que vai contemplar 88 milhões de pessoas, começou a ser feita. De acordo com informações da Caixa Econômica Federal, gestora do FGTS, os repasses serão proporcionais aos valores de cada conta, e o montante médio dos depósitos será de R$ 29,62.
Para saber quanto tem na conta o trabalhador não precisa se dirigir a uma agência da Caixa, pela internet é possível criar uma senha e ter acesso à conta do FGTS. Para realizar esse cadastro é preciso ter em mãos RG, CPF, título de eleitor e o PIS. Para fazer o cadastro pelo site basta acessar www.caixa.gov.br/extrato-fgts.
Nessa página é preciso informar o número do PIS e logo depois clicar em cadastrar a senha. Em seguida abrirá uma outra aba com o regulamento para acessar o sistema, caso concorde, marque aceito. Uma outra aba será aberta, nela é preciso preencher todos os campos com os dados pessoais.
Nessa fase do cadastro, o trabalhador terá que informar o número do título de eleitor. Quase lá: a senha pode ser criada com até 8 dígitos. Clique em confirmar. Para validar o acesso preencha os campos e aperte em OK. Pronto. Você já pode consultar o seu extrato do FGTS. Mas atenção: por questões de segurança, em todas essas operações é preciso marcar “não sou robô”.
O trabalhador ainda tem a opção de ligar gratuitamente para 0800 726 2017. A Caixa Econômica Federal informou que 245,7 milhões de contas receberão a grana extra. O cálculo será feito sobre o saldo das contas em 31 de dezembro de 2016.
Com isso, o índice de reajuste será de 7,14% em cima do saldo que estava nas contas até dezembro passado. Se essa liberação não acontecesse, os valores seriam corrigidos como determina a lei: juros de 3% ao ano mais TR (Taxa Referencial), ficando em 5,11%. 
A assistente administrativa Daniele Vitória Quirino, 34 anos, recebeu por torpedo a informação que o rendimento extra do FGTS foi creditado em sua conta. Há 14 anos com carteira assinada, ela está cadastrada no sistema da Caixa desde 2013 e todo mês chega em seu celular por mensagem os dados sobre depósito do fundo e os juros.
Daniele disse que foi surpreendida com o aviso que de os valores entraram na conta vinculada. “Tudo que vem para acrescentar é bom, apesar de o valor ter sido baixo”, afirmou. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário