quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Programa Aprendiz Legal pode beneficiar jovens e empresas em Porciúncula


A Prefeitura de Porciúncula juntamente com representantes de empresas locais e da Associação Comercial Industrial e Agro Pastoril de Porciúncula (ACIAP), se reuniram com a equipe do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) de Itaperuna, para discutirem sobre a possível implantação do Programa Aprendiz Legal no município. O encontro aconteceu na última quinta-feira (24/08), no gabinete do prefeito Leonardo Coutinho.

De acordo com o supervisor regional do CIEE, Humberto Lima, o Programa Aprendiz Legal estabelece um contrato de trabalho entre empresas de médio e grande porte, com jovens de 14 a 24 anos como aprendizes. O contrato tem duração de até dois anos e neste período os jovens são capacitados em uma instituição formadora, combinando teoria e prática.

Os jovens têm a oportunidade da inclusão social com o primeiro emprego, iniciando-se no mundo corporativo; e os empresários têm a oportunidade de contribuir para a formação dos futuros profissionais do país, incentivando a prática escolar e combatendo o trabalho infantil. “Com a união das forças podemos dar oportunidades e benefícios a estes jovens”, disse Humberto Lima.

Segundo a secretária de Promoção Social de Porciúncula, Maria Antonieta Comes Corrêa, o objetivo principal é abrir um diálogo entre o poder público e o setor privado, para juntos discutirem um futuro melhor para os jovens porciunculenses. “Esta é uma semente que está sendo plantada, onde, com certeza, colheremos muitos frutos”, disse a secretária.

Nenhum comentário:

Postar um comentário