terça-feira, 22 de agosto de 2017

BNDES vai financiar recuperação vegetal em propriedades

Com a necessidade de recuperar propriedades rurais para atender à lei, produtores vão precisar de linhas de crédito

Produtores que precisam atender às exigências do Código Florestal terão acesso facilitado a linhas de crédito. O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico Social (BNDES) criou o Canal do Desenvolvedor (MPME), que tem como objetivo simplificar e tornar mais ágil o acesso aos recursos.
Com a nova ferramenta, os proprietários rurais poderão consultar, simular e enviar propostas de investimento tanto para recuperação de áreas de preservação permanente quanto para reservas legais, tudo diretamente no site do banco.
Segundo a instituição financeira, o apoio financeiro é estratégico para a recuperação de áreas de vegetação, medida prevista pelo Novo Código Florestal que passará a ser exigida a partir de janeiro de 2018.
Financiamento
Os recursos do BNDES podem financiar diferentes itens relacionados a projetos de recomposição de vegetação, como atividades de reflorestamento, implantação de viveiros, aquisição de sementes e mudas, cercas, compra de máquinas, construção e modernização de instalações, insumos, estudos e projetos, treinamento, assistência técnica e monitoramento.
Para o gerente do Departamento de Meio Ambiente do BNDES, Márcio Macedo da Costa, todo produtor rural, em algum momento, vai se ver diante da questão de recuperar a área e de saber se tem meios para financiar essas mudanças.
“Nosso grande objetivo é pegar essa ferramenta on-line que já existe e dar uma dedicação para as linhas de crédito para recuperação vegetal, desde o pequeno proprietário até o grande”, afirmou o gerente do BNDES. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário