terça-feira, 11 de julho de 2017

IBGE prevê aumento de 30,1% para a safra agrícola 2017

Área a ser colhida deve ser 7% maior; estimativa da Conab também prevê aumento na produção de grãos


A produção de grãos na safra agrícola de 2017 pode chegar a 240,3 milhões de toneladas, com um aumento de 30,1% ou 55,6 milhões de toneladas frente às 184,67 milhões de t da safra passada. A estimativa, referente ao mês de junho, foi divulgada nesta terça-feira (11) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
A área a ser colhida também deve ser maior, com 61 milhões de hectares, o que representa um aumento de 7% frente à área colhida em 2016, que foi 57,1 milhões de hectares. São esperados recordes na produção da soja (114,8 milhões de toneladas) e do milho (97,7 milhões de toneladas). Em relação a 2016, houve acréscimos de 2,3% na área a ser colhida da soja, de 17,7% no milho e 3,6% no arroz. Já a produção subiu 19,5% para a soja, 14,9% para o arroz e 53,5% para o milho.
Em relação às estimativas de maio, a produção aumentou 1,7 milhão de toneladas (0,7%) e a área cresceu 117,4 mil hectares (0,2%). O arroz, o milho e a soja, principais produtos desse grupo, representaram, juntos, 93,5% da estimativa da produção e 87,8% da área a ser colhida. 
Conab
A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) também divulgou a 10ª estimativa da atual safra 2016/2017 nesta terça-feira (11). A expectativa é que a produção de grãos chegue a 237,2 milhões de toneladas, com um aumento de 27,1% ou 50,6 milhões de toneladas frente às 186,6 milhões de t da safra passada.
De acordo com a Conab, a supersafra atual se deve a condições climáticas favoráveis e ao aumento da produtividade média de todas as culturas, com destaque para soja e milho, que tiveram alto nível de aplicação tecnológica. A produtividade da soja subiu de 2.870 para 3.362 kg/ha na atual safra, e a do milho total, de 4.178 para 5.522 kg/ha. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário