sexta-feira, 14 de julho de 2017

Estado do Rio tem mais de 1,2 mil vagas de emprego

Salários podem chegar a até R$ 5 mil em diversas áreas de atuação


O Estado do Rio de Janeiro tem 1.247 oportunidades com carteira assinada em diversas regiões fluminenses. Entre elas, 277 são para pessoas com deficiência. Com salários que podem chegar a até R$ 5 mil, as vagas são para ambos os sexos e com exigência de formação entre os ensinos fundamental incompleto e o superior completo.
 
Entre as oportunidades para deficientes, há 96 para Atendente de Lanchonete, 30 para Repositor de Mercadorias, 23 para Embalador à Mão, 22 para Operador de Caixa, 16 para Faxineiro e 16 para Auxiliar de Escritório em Geral.
 
A capital tem um total de 889 chances de emprego, sendo 350 para Repositor de Mercadoria, 120 para Motorista de ônibus Urbano, 90 para Operador de Telemarketing Receptivo, 48 para Auxiliar de Escritório em Geral, 28 para Motorista Carreteiro, 28 para Motorista de Caminhão, 20 para Auxiliar Administrativo, 20 para Empacotador à Mão, 19 para Faxineiro, 17 para Atendente de Lojas e Mercados, 15 para Operador de Caixa, 15 para Vendedor de Comércio Varejista, dez para Atendente de Lanchonete, entre outras.
 
A Região Serrana conta com 56 chances, sendo sete para Costureiro na Confecção em Série, quatro para Vendedor no Comércio varejista, três para Faxineiro, três para Megarefe, três para Reparador de Rádio, TV e Som, dois para Carpinteiro de Formas para Concreto, dois para Garçom, dois para Marceneiro, dois para Confeiteiro e um para Cozinheiro Geral. No Noroeste, são duas chances e no Médio Paraíba, 21.

As inscrições para se candidatar às vagas coletadas pela Secretaria de Trabalho e Renda podem ser feitas nos postos SINE/Setrab (www.rj.gov.br/web/setrab) ou no site maisemprego.mte.gov.br. A secretaria também mantém em seu site o PDF com a distribuição de chances existentes por região e função.
 
O banco de dados de emprego pode sofrer alterações momentâneas como inclusão/fechamento de vagas ou ampliação/redução de ofertas.


Nenhum comentário:

Postar um comentário