domingo, 11 de junho de 2017

Gastronomia como cultura: abertas inscrições para comissão estadual

Órgão consultivo não terá custos; selo "Gastronomia é Cultura" será criado.

O estado do Rio terá um selo e uma semana estadual dedicados à valorização da gastronomia como cultura, dando apoio a iniciativas e empreendimentos que se destaquem na culinária fluminense. Para isso, foi lançado nesta quarta-feira (08/06) o edital para a formação da Comissão Estadual da Gastronomia, que terá representantes do poder público, sociedade civil, empresários e especialistas. A iniciativa é resultado de uma parceria da secretaria de Estado de Cultura com a Comissão de Cultura da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj).

A Comissão terá 20 integrantes, e não gera custos para o Estado. Para o preenchimento das 10 vagas destinadas à sociedade civil, foram abertas inscrições de candidatos e eleitores, que podem ser feitas até o dia 19/07, pelo site da Secretaria: www.cultura.rj.gov.br/comissao-gastronomia. A votação acontece no mês de agosto.
“O lançamento desse edital é um passo importante para que a Lei possa deixar de ser algo formal e escrito e passe a valer como um instrumento de ativismo social.”, comemorou o deputado estadual Zaqueu Teixeira (PDT), presidente da Comissão de Cultura da Alerj. O deputado é o autor da Lei 7.180/15, que estabelece o Marco Referencial da Gastronomia no Estado. Além da semana estadual de gastronomia, será criado o selo "Gastronomia é Cultura", destinado a projetos e iniciativas de promoção das culturas locais e regionais.

Geração de renda
Superintendende de Economia Criativa da secretria de Cultura, Marcos André Carvalho destaca o papel que a gastronomia pode cumprir no desenvolvimento econômico do estado. "A comissão vai atender a toda diversidade gastronômica que temos, democratizando e investindo economicamente na gastronomia quilombola, caiçara, da agricultura familiar, entre outras. O crescimento múltiplo é que faz o verdadeiro desenvolvimento econômico e social.”, defendeu.

Sercretário de Estado de Cultura, o deputado licenciado André Lazaroni acredita que a população vai abraçar a ideia. “O grande objetivo dessa Comissão é fazer com que a sociedade veja a gastronomia como um importante setor da cultura. Comida é cultura! ”, afirmou.

Votação
Após o término das inscrições serão divulgados os eleitores e candidatos habilitados, no dia 25/07 para então ser dado início à votação, que acontecerá do dia 07 à 11 de agosto, também pelo site da Secretaria de Cultura. O resultado das eleições está previsto para o dia 15 do mesmo mês.
Os setores que terão seus representantes eleitos são: comunidades tradicionais; organizações de produtores rurais, organizações de mulheres; entidades que atuam em defesa do direito à alimentação e segurança alimentar; organizações da área da gastronomia; associações de classe ou sindicatos; comunidades ou organizações cientificas; indústria e comércio, e organizações de portadores de necessidades alimentares especiais.

Texto de Julieta Casara

Nenhum comentário:

Postar um comentário