quarta-feira, 28 de junho de 2017

Educação cordeirense ganha mais um espaço de inclusão


Município inaugura Sede de Atendimento Psicoeducacional



A Administração Municipal cordeirense tem utilizado a inteligência e criatividade de seus gestores para suprir as carências da população. Na sexta-feira passada, 23, essa atuação criativa fez Cordeiro ganhar mais um espaço educacional dedicado à inclusão. A inauguração da SAPEC – Sede de Atendimento Psicoeducacional de Cordeiro – promete marcar um novo tempo na cidade.

Em solenidade realizada no centro da cidade, numa residência adaptada para abrigar a SAPEC, secretários municipais, profissionais de educação e comunidade conheceram um trabalho considerado fundamental para o desenvolvimento educacional de crianças e adolescentes. Com o trabalho das psicólogas Alessandra Pinheiro, Cíntia Werneck e Márcia Rabelo, o objetivo da SAPEC é oferecer atendimento especializado aos alunos Rede Municipal de Ensino com dificuldade de aprendizagem e defasagem entre idade e ano escolar, além de abrir um espaço de integração com a comunidade.

A partir da SAPEC, os alunos poderão superar e diminuir suas dificuldades por meio de uma série de atividades construídas pelas psicólogas, o que lhes possibilitará uma organização de pensamentos e o desenvolvimento de habilidades cognitivas e motoras, permitindo o autoconhecimento e a elevação da autoestima. “Tudo isso aprimora e facilita o desenvolvimento de indivíduo, grupo, instituição e comunidade, prevenindo e solucionando dificuldades existentes para atingir objetivos educacionais e pedagógicos”, explicou a psicóloga Cíntia Werneck na solenidade.

Com esse trabalho, a expectativa é também gerar um aumento do IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica). Segundo as psicólogas Alessandra, Cíntia e Márcia, o público alvo são alunos que apresentem dificuldade de aprendizagem e que estejam cursando o Primeiro Segmento do Ensino Fundamental, tendo dois ou mais anos de defasagem do ano escolar em relação à idade, e entre nove e 17 anos completos até 31/03 do ano em vigor.

Representando o prefeito Luciano Batatinha – ausente por conta de viagem oficial – a vice-prefeita Maria Helena declarou ser uma honra ver a Administração Municipal dar vazão a uma ação humana, considerada essencial para a inclusão social. “Temos de acolher essas crianças com carinho, respeito e amor. Com profissionais tão competentes e dedicadas, certamente é esse o tratamento que terão aqui. Parabéns a todos que atuaram pela implantação desse espaço, que é mais um sonho que nosso governo consegue materializar em tão pouco tempo”, discursou Helena.

Menos de um mês após a inauguração da Sala de Recursos Ismélia Rodrigues Monteiro, voltada à atenção integral a alunos com necessidades especiais, o secretário de Educação novamente destaca o profissionalismo da equipe com a inauguração da SAPEC. “Vivemos um tempo de responsabilidade e comprometimento na educação do município. Agradeço a prefeito e vice por acreditarem nesses ideais e aos profissionais que trouxeram esse sonho para a realidade”, declarou Luiz Antonio Cavalheiro.

Ascom

Nenhum comentário:

Postar um comentário