sexta-feira, 29 de julho de 2016

Venda do leite Elegê será suspensa a partir desta sexta-feira em todo Estado do Rio

Na quinta-feira, venda do leite Elegê foi suspensa pelo Procon
 Carioca na cidade do Rio
Foto: Divulgação


A venda do leite Elegê está suspensa em todo Estado do Rio, não apenas na capital fluminense. A decisão foi tomada nesta sexta-feira pela Secretaria de Estado de Proteção e Defesa do Consumidor (Seprocon), por meio do Procon Estadual.
A secretaria tomou conhecimento de que o produto estaria impróprio para consumo por meio do Procon Carioca - que atua apenas no município do Rio - e estendeu a suspensão para todo o estado. Na quinta-feira, o Procon Carioca deu início a uma fiscalização para retirar das prateleiras dos supermercados todos os leites da marca. A ação foi motivada por várias denúncias de consumidores que relataram ter comprado leite com cor, gosto e cheiro anormais. Todos os supermercados do Estado do Rio devem interromper a venda dos leites Elegê, tanto integral, quando desnatado e semidesnatado.

Mercados deverão receber embalagens de leite de volta

Os fiscais do Procon Estadual vão nesta sexta-feira a supermercados de várias cidades da Região Metropolitana – Niterói, São Gonçalo, Nova Iguaçu, Duque de Caxias e São João de Meriti – para entregar o ato de instauração desse processo diretamente aos gerentes dos estabelecimentos.
Pela determinação, os gerentes serão responsáveis por informar a todas as lojas da rede de supermercados em que trabalham sobre a proibição da venda do produto, e os estabelecimentos deverão receber de volta dos consumidores as embalagens do leite Elegê vendido, devolvendo em dinheiro o valor pago.
A fiscalização também irá recolher amostras de cada lote do leite Elegê que estiver à venda para serem analisadas pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Rio de Janeiro Noel Nutels (Lacen-RJ). O leite retirado das prateleiras ficará guardado nos próprios supermercados, e a venda permanecerá suspensa, pelo menos, até sair o resultado desses testes. Os estabelecimentos que não obedecerem essas regras serão multados.
Segundo o processo do Procon Estadual, a BRF, empresa detentora da marca Elegê, também deverá realizar exames de amostras de todos os lotes do leite Elegê que estiverem à venda. O teste deverá ser realizado pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) com amostras recolhidas após a instalação do processo.
Denúncia atinge sete lotes
As denúncias recebidas pelo Procon Carioca indicam problemas em sete lotes: CDVP 12:49; CDVP 08:09; CDGC 17:37; CDFZ 13:54; CDSA 16:53 3; CDNZ 23:55 3; e CDVP 06:09. Segundo a BRF, porém, apenas os três últimos lotes foram retirados “proativamente” do mercado.

Extra



Indústrias do Centro-Norte enfrentam pior nível de ociosidade em suas máquinas desde 2005



Sondagem Industrial do Sistema FIRJAN destaca ainda que o indicador de situação financeira bateu novamente pior resultado da série histórica

De acordo com a Sondagem Industrial, divulgada pelo Sistema FIRJAN nesta quinta-feira (28), empresários da Região Centro-Norte Fluminense revelaram piora na utilização da capacidade instalada, que atingiu o pior nível (54%)* desde 2005, início da série histórica. Resultado que revela a elevada ociosidade na região. Como o volume de produção caiu pelo terceiro mês consecutivo (45,2) e houve redução do número de empregados (40,1) a capacidade produtiva está sendo subutilizada.


O indicador situação financeira também bateu o pior resultado dos últimos 11 anos (29,1) pelo terceiro trimestre consecutivo, acompanhado pela redução da margem de lucro (29,3) e da excessiva dificuldade de acesso ao crédito (21,0), cujo indicador atingiu o menor nível desde 2007. A Sondagem Industrial varia de zero a cem pontos. Os valores abaixo de 50 indicam piora ou redução e acima de 50 representam melhora ou aumento.

Ainda de acordo com a pesquisa, em relação a junho, a região supriu a demanda por produtos através da redução do nível de estoques (38,2), que ficou inclusive abaixo do planejado para o período (46,2). A sondagem aponta ainda que os empresários também estão pessimistas para os próximos seis meses, pois a expectativa é que a demanda por produtos industriais recue. Apesar deste cenário, os industriais têm boas expectativas em relação ao mercado externo e acreditam no aumento das exportações (62,5).

O presidente da Representação Regional FIRJAN/CIRJ no Centro-Norte Fluminense, Joel Wermelinger Araújo, ressalta a importância do trabalho da Federação neste momento delicado. E destaca iniciativas com o Mapa do Desenvolvimento do Estado do Rio de Janeiro 2016-2025, construído pelos empresários. “O documento aponta caminhos para nos levar a uma melhora expressiva no ambiente de negócios e na retomada do crescimento, apresentando propostas para questões estruturais, como infraestrutura, mercado de trabalho e sistema tributário”, explica. Uma agenda regional do Mapa, dedicada às questões da região será lançada em agosto.

Participaram da Sondagem Industrial empresas de Bom Jardim, Cachoeiras de Macacu, Cantagalo, Carmo, Cordeiro, Duas Barras, Macuco, Nova Friburgo, Santa Maria Madalena, São Sebastião do Alto, Sumidouro, Teresópolis e Trajano de Moraes.

Ascom


Petrobrás vende fatia em área no pré-sal por US$ 2,5 bi


O Conselho de Administração da Petrobras aprovou a venda de sua participação no bloco exploratório da Bacia marítima de Santos – 8 (BM-S-8) – o primeiro no pré-sal a ser vendido - para a empresa norueguesa Statoil Brasil Óleo e Gás em um negócio de US$ 2,5 bilhões e que envolve o prospecto exploratório denominado Carcará.
Segundo a empresa, a operação, divulgada hoje (29), faz parte da política de gestão de portfólio da Petrobras “que prioriza investimentos em ativos com maior potencial de geração de caixa no curto prazo e com maior possibilidade de otimização de capital e de ganhos de escala, tendo em vista a padronização de projetos de desenvolvimento da produção”.
A transação faz arte do novo Plano de Parcerias e Desinvestimentos 2015-2016 que vem implantado pela Petrobras e “sua conclusão está sujeita a determinadas condições precedentes usuais, incluindo o direito de preferência por parte dos demais parceiros no BM-S-8 e a aprovação pelos órgãos competentes”.
Neste contexto, a Petrobras tem obtido vantagens competitivas relevantes no desenvolvimento do pré-sal brasileiro com a aplicação extensiva de projetos semelhantes e equipamentos padronizados.
Parceria estratégica
Em nota, a empresa informa que a venda faz parte “de um processo competitivo e representa um avanço material na parceria estratégica entre as duas companhias que já possuem acordos de cooperação com foco em desenvolvimento tecnológico na área de E&P offshore.
Com relação ao preço base da transação, de US$ 2,5 bilhões, a primeira parcela, correspondente a 50% do valor total (US$ 1,25 bilhão), será paga já no fechamento da operação. O restante do valor será quitado através de parcelas contingentes relacionadas a eventos subsequentes como, por exemplo, a celebração do Acordo de Individualização da Produção (unitização).
O BM-S-8 está localizado na Bacia de Santos e é atualmente operado pela Petrobras, que detém 66% do empreendimento, em parceria com a Petrogal Brasil (14%), Queiroz Galvão Exploração e Produção (10%) e Barra Energia do Brasil Petróleo e Gás (10%). A nota lembra, ainda, que foi no bloco que ocorreu a descoberta no prospecto exploratório denominado Carcará.
Ainda segundo a Petrobras, ela continua negociando com a Statoil um Memorando de Entendimento, onde outras iniciativas de cooperação estratégica serão avaliadas com o objetivo de uma atuação de longo prazo.
A nota ressalta que “a operação em curso abre oportunidades para que parcerias com outras empresas, com forte expertise e condições de investimento, contribuam para o fortalecimento da indústria de óleo & gás no Brasil”.

A.Brasil

Apenas 25% dos micro e pequenos empresários devem contratar até o fim do ano


Um em cada quatro micro e pequenos empresários (25%) que atuam no comércio e no segmento de serviços pretende fazer alguma contratação até o fim deste ano. Os dados fazem parte de uma pesquisa realizada pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL).
Com o mercado de trabalho enfraquecido, 59,3% desses empresários não tencionam contratar novos funcionários, seja porque não se vêem atualmente em condições financeiras para aumentar a folha de pagamento da empresa (35,8%) ou por estarem com mão de obra ociosa (12,1%), uma vez que a atividade da empresa diminui nos últimos meses, revela o estudo.
Demissões
O levantamento destaca, também, que 20,5% das micro e pequenas empresas fizeram pelo menos uma demissão no último mês de junho, sendo que, para 9,1%, o desligamento aconteceu por conta da queda do faturamento do negócio. Outros 6% demitiram algum funcionário, mas contrataram outro para substituí-lo. Entre os que demitiram, a maioria (60,4%) desligou apenas um empregado.
A perspectiva da CNDL é que quadro recessivo da economia se estabilize nos próximos meses, melhorando paulatinamente o ambiente no mercado de trabalho para novas contratações e menos demissões. A pesquisa foi feita em 800 empreendimentos com até 49 funcionários, nas 27 unidades da federação, incluindo capitais e interior. As micro e pequenas empresas representam 39% e 35% do universo de empresas brasileiras nos segmentos de comércio e serviços, respectivamente.

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Mapa do desenvolvimento: Arco Rodoviário de Itaperuna e implantação de posto do INEA na Agenda Regional da FIRJAN


Foi apresentada, na última quarta-feira, 27/07, a Agenda Regional do Mapa do Desenvolvimento do Estado do Rio de Janeiro 2016/2025 – Noroeste,que tem comoobjetivo mostrar a visão da indústria sobre os principais problemas da região e traçar uma estratégia para as ações do Sistema FIRJAN, dentro de um horizonte de 10 anos.

O Mapa do Desenvolvimento 2016-2025 foi construído por mais de mil empresários e envolveu os 92 municípios do estado do Rio. Além do documento estadual, foram desenvolvidas 10 Agendas Regionais que abordam e aprofundam questões específicas e refletem a visão dos empresários locais.

A versão estadual do documento foi entregue em maio pelo presidente do Sistema FIRJAN, Eduardo Eugenio Gouvêa Vieira, ao ministro da Fazenda, Henrique Meirelles e ao governador do Rio em exercício, Francisco Dornelles, no Rio de Janeiro. O principal objetivo do Mapa é fazer do Rio de Janeiro o estado com melhor ambiente de negócios do Brasil.

Agora foi a vez de os pontos específicos da regiãoNoroeste Fluminense serem detalhados. Entre as principais propostas estão ações ligadas à adequação logística e mobilidade urbana, que representam um dos fatores mais importantes para a atratividade de investimentos, já que têm grande impacto na produtividade e no custo final das mercadorias e serviços.

Para que a infraestrutura seja um atrativo,a Agenda Regional do Mapa do Desenvolvimento 2016/2025 - Noroeste propõe que as principais rodovias da região (BR 356 – que liga o Noroeste ao Porto do Açu, em São João da Barra, e ao estado de Minas Gerais; BR 393 – coincidente com a RJ 186, que liga a região a Minas Gerais, ao Centro-Sul Fluminense e ao Espírito Santo; e RJ 116 - ligação do Noroeste do RJ com o Centro-Norte Fluminense e Minas Gerais, na divisa de Itaperuna) sejam integralmente duplicadas.

O documento também aponta a necessidade de construir o Arco Rodoviário de Itaperuna, na BR 356, para retirar o tráfego de cargas do centro urbano, além de restaurar outras importantes vias para a região, como a RJ 206 (São Fidélis – Cambuci), RJ 210 (Lage do Muriaé – Bom Jesus do Itabapoana), RJ 214 (Itaperuna –Varre-Sai, divisa com Espírito Santo) e RJ 230 (ligação da região com Minas Gerais, na divisa de Porciúncula, e com a BR 101, no Norte Fluminense).

Para possibilitar o aumento da cadeia logística e de distribuição, é importante que a malha ferroviária do Noroeste Fluminense seja recuperada, com construção da Estrada de Ferro 354 (EF 354) e suas conexões com áreas industriais da região e com a Estrada de Ferro 118 (EF 118) na Região Norte fluminense, conexão com os portos do estado e do Espírito Santo.

Criação, Preservação e Adequação das Zonas e Distritos Empresariais

Agenda Regional do Mapa do Desenvolvimento 2016/2025 – Noroeste também propõeadefinição de áreas para atração de novas empresas e realocação, dentro do mesmo município, daquelas empresas localizadas em áreas com algum tipo de restrição.

Os empresários do Sistema FIRJAN reforçam a necessidade dedefinir áreas para a atração e retenção de empresas, o que é fundamental para que a região possa diversificar seu parque industrial e acelerar seu desenvolvimento. Para tanto, são propostas a criação de um Plano Diretor Regional de Desenvolvimento Integrado e de uma entidade consorciada para gerir o planejamento e as ações de impacto regional. Outro ponto relevante é controlar o crescimento residencial próximo às áreas industriais e seus acessos.

Implantar, na região, um posto do Instituto Estadual do Ambiente do Rio de Janeiro (INEA), como meio de dinamizar o processo de concessão e renovação de licenças ambientais é outro pleito importante.

A necessidade de garantir à indústria acesso à energia, telefonia e banda larga com qualidade e baixo custo e a universalização do abastecimento de água e rede de coleta de esgoto também são apresentadas na Agenda Regional, assim como a promoção da ocupação ordenada dos espaços urbanos.
“Através do Mapa do Desenvolvimento os empresários expõem seus pleitos e lutam por medidas necessárias para a melhoria do ambiente de negócios. Aqui no Noroeste, já verificamos avanços a partir do Mapa anterior. Nossa expectativa é que os resultados sejam ainda mais expressivos com o lançamento desse novo documento”, afirmou José Magno Hoffmann, presidente do Conselho de Empresários da Representação Regional da FIRJAN/CIRJ Noroeste Fluminense.

Algumas ações propostas serão diretamente executadas pelo Sistema FIRJAN. Para aquelas que dependem da atuação junto ao Legislativo ou ao Executivo federal, estadual ou municipal, a Federação irá atuar, por exemplo, com a elaboração de projetos, estudos e indicadores.

O Mapa do Desenvolvimento

O Mapa do Desenvolvimento conta com um modelo de gestão, que possibilita o acompanhamento sistemático dos avanços e a realização de ajustes nas propostas e ações, por conta dos desafios que podem surgir ao longo dos anos. Todas as ações estão disponíveis para consulta em  www.firjan.com.br/mapa.

Nesta segunda edição, estão listadas 46 propostas e 158 ações distribuídas em cinco pilares: Sistema Tributário, Mercado de Trabalho, Infraestrutura, Gestão e Políticas Públicas e Gestão Empresarial. Na primeira edição do Mapa, referente ao período 2006-2015, 74% das ações foram concluídas ou avançaram.
Entre as maiores conquistas propostas, destacam-se a inauguração do Arco Metropolitano, em 2014; a concessão de rodovias como a BR-101 Norte; a eliminação de gargalos no processamento de cargas internacionais em portos e aeroportos; a criação do Instituto Estadual do Ambiente (Inea); a reestruturação do sistema de licenciamento ambiental; e o fortalecimento da indústria criativa.

Firjan



Mantenha os bandidos felizes no Rio, aconselha França aos turistas que vão à Olimpíada


Preocupado sobre como sobreviver a um assalto durante as Olimpíadas no Rio? Tenha um dinheiro pronto no seu bolso para manter o ladrão feliz.

Esse é o conselho que visitantes franceses a caminho dos Jogos estão recebendo do seu governo para diminuir o risco de se ferirem na notoriamente perigosa cidade brasileira.

As recomendações sobre segurança da França falam para os turistas andarem nas ruas do Rio sem joias ou objetos de valor e para carregarem com eles uma nota de 20 ou 50 reais pronta para ser dada a um assaltante.

"A ideia é que é melhor não resistir a um assalto e é sempre útil ter uma nota de 20 ou 50 reais para manter o ladrão feliz”, disse Thibaut Lespagnol, porta-voz da embaixada francesa.

Cerca de meio milhão de turistas estrangeiros são esperados no Rio para os primeiros Jogos Olímpicos na América do Sul entre 5 e 21 de agosto, e o Brasil está empregando 88 mil policiais e soldados para protegê-los de ameaças terroristas e dissuadir os assaltantes.

O Rio tem um alto nível de criminalidade, que inclui batedores de carteira e assaltos armados, ações que podem ocorrer em qualquer lugar e a qualquer hora, dizem recomendações do Departamento de Estado norte-americano. Fraudes com cartões de crédito e golpes em caixas eletrônicos também são endêmicos, e visitantes devem checar as suas contas com regularidade por conta de possíveis retiradas inesperadas, afirmam.

Nas coloridas favelas dos morros cariocas, o tráfico de drogas e a violência armada são comuns, apesar do programa de “pacificação” que instalou postos policiais em algumas delas. Elas podem ser perigosas para visitantes curiosos.
"Mesmo as favelas pacificadas podem ser imprevisíveis e perigosas. Visitantes norte-americanos que vão as favelas podem se colocar em risco”, afirmou o Departamento de Estado.

(Reportagem de Anthony Boadle/Jornal Extra)



Calendário para saque do PIS ano-base 2014 reabre nesta quinta-feira (28)

O trabalhador que ainda não sacou o abono salarial do PIS/Pasep, do exercício 2015/2016 (ano-base 2014), poderá retirar o benefício a partir desta quinta-feira (28). O prazo, que havia terminado no último dia 30, foi prorrogado em um mês. Dessa forma, os beneficiários têm até o dia 31 de agosto para retirar o recurso. 
Para o calendário 2015/2016 foram disponibilizados 20 milhões de benefícios do Abono Salarial, o que representa um montante de R$ 17 bilhões. Cerca de 95,7% dos benefícios disponibilizados foram pagos até o momento. Depois desse novo prazo, os valores referentes aos abonos salariais não sacados retornarão ao Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT).
De acordo com o Ministério do Trabalho e Previdência Social (MTPS), neste exercício, entram em vigor as novas regras estabelecidas pela Medida Provisória 665, que define o critério de proporcionalidade para pagamento do Abono.  
Calendário 2016/2017
O novo calendário de pagamento do PIS 2016/2017 (ano-base 2015) estará disponível a partir desta quinta-feira (28). A estimativa é que sejam destinados R$ 14,8 bilhões para pagamento do abono salarial, para 22,3 milhões de trabalhadores que têm direito ao benefício. 
Com base no calendário, quem nasceu nos meses de julho a dezembro, recebe o benefício ainda no ano de 2016. Já os nascidos entre janeiro e junho recebem no primeiro trimestre de 2017. Em qualquer situação, o recurso ficará à disposição do trabalhador até 30 de junho de 2017, prazo final para o recebimento.
Quem tem direito ao Abono Salarial
Os requisitos para acessar os benefícios do abono salarial não mudaram. O trabalhador precisa ter cadastro no PIS até 2011, ter trabalhado no mínimo por 30 dias, com carteira assinada, ter recebido remuneração média de dois salários-mínimos e ter sido informado corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS). 
Os trabalhadores podem consultar se têm direito ao benefício e qual o valor a receber no site da Caixa, bem como pela central de atendimento: 0800 726 0207; ou pelo aplicativo Caixa Trabalhador, que está disponível em todas as lojas de aplicativos das três plataformas operacionais (Android, IOS e Windows). 

Justiça bloqueia R$ 38 milhões do Facebook por recusa de quebra de sigilo

A Justiça Federal no Amazonas determinou o bloqueio de R$ 38 milhões do Facebook, administrador do aplicativo de mensagens WhatsApp, porque a empresa descumpriu uma decisão judicial determinando o repasse de dados de usuários para uma investigação.

O valor corresponde a multa diária pelo descumprimento da decisão. As informações foram divulgadas pelo Ministério Público Federal (MPF), autor da ação.

Na decisão, a Justiça rejeitou os argumentos do Facebook de que os dados dos usuários estão guardados em servidores de computador no exterior e só podem ser solicitados por meio de acordo de cooperação internacional.

O bloqueio dos recursos do Facebook foi solicitados pelo MPF como medida alternativa às recentes decisões judiciais que suspenderam o funcionamento dos serviços do WhatsApp e deixaram milhares de usuários sem conexão.

De acordo com o procurador Alexandre Jabur, responsável pela investigação, o Facebook demonstra “enorme desprezo pelas instituições brasileiras” ao se negar a cumprir as ordens judiciais que determinam a quebra de sigilo de mensagens trocadas entre criminosos.

“Ao conferir proteção absoluta à intimidade, a empresa ultrapassa o limite do razoável, criando um ambiente propício para a comunicação entre criminosos, favorecendo aqueles que cometem crimes graves, como terrorismo, sequestro, tráfico de drogas etc. ”argumentou o procurador.

O Facebook alegou que não pode cumprir as decisões porque as mensagens são criptografadas e, portanto, não acessíveis. Desde abril deste ano, o WhatsApp começou a adotar o recurso de segurança chamado criptografia de ponta-a-ponta.


Os detalhes da investigação não foram divulgados em razão do segredo de Justiça.

Chama olímpica chega ao estado do Rio de Janeiro após percorrer o país


A chama olímpica finalmente chegou ao estado do Rio de Janeiro depois de viajar por todo o Brasil. A primeira cidade fluminense a receber a tocha foi Paraty, no sul do estado, onde o fogo foi conduzido ontem (27) por 14 pessoas.
Antes do percurso, os corredores receberam orientações da representante do Comitê Rio 2016 Francis Will, que acompanhou o trajeto da tocha pelo país e não continha a emoção de estar voltando a seu estado natal.
“Estamos muito animados, pois a maior parte da equipe é do Rio. Vamos aquecer o Rio para os Jogos, pois o estado está precisando dessa festividade, para receber muito bem os visitantes. A gente demora para perceber que os Jogos vão acontecer. Nós vamos fazer e bem. Queremos que seja uma grande festa e que o povo brasileiro possa curtir este momento. É a primeira Olimpíada que estamos recebendo na América do Sul”, comemorou.
O primeiro condutor a receber a tocha em Paraty foi o gerente de camping e atleta amador Domingos de Oliveira, reconhecido na cidade por ser um grande incentivador do esporte. “É uma emoção muito grande, por eu ser morador de Paraty e ter sido escolhido para carregar a tocha olímpica. É como se eu estivesse participando dos Jogos Olímpicos”, disse Domingos.
O marinheiro Gabriel de Amorim Santos, que tem deficiência de estatura, encerrou a passagem da tocha por Paraty.
“Me sinto muito honrado de representar nossos 40 mil habitantes, fora os milhões de brasileiros. A deficiência não é uma barreira para mim. É para correr atrás, praticar esportes, mostrar que a deficiência em si é um algo a mais a superar”, disse Gabriel, que trabalha em uma embarcação turística apresentando a baía de Paraty a visitantes.
Depois de Paraty, a tocha seguirá esta noite para Angra dos Reis. Antes de chegar à capital, no dia 4 de agosto, um dia antes da abertura dos Jogos, a chama terá passado por 43 cidades fluminenses e mais de 300 em todo o país, pelas mãos de 12 mil pessoas, num total de 20 mil quilômetros em terra e 10 mil milhas aéreas.

domingo, 24 de julho de 2016

Botafogo perde em Chapecó e volta à zona de rebaixamento do Brasileirão

Com novidades no time (Carli, Fernandes, Salgueiro e Canales) e no esquema (com três volantes), o Botafogo foi superior no primeiro tempo, teve oportunidades e gol mal anulado, mas saiu em desvantagem na única chance real do adversário.
Mal o jogo começou, o Botafogo teve sua primeira oportunidade. Aos 3 minutos, Canales roubou bola, tabelou com Salgueiro e finalizou por cima. O meia uruguaio poderia até ter chutado. Aos 5, Luis Ricardo lançou Camilo, que girou e bateu para defesa do goleiro, mas o árbitro errou ao apontar impedimento. Aos 8, Luis Ricardo trocou passes com Salgueiro e cruzou, porém Marcelo Boeck tirou.
Mesmo mandante, a Chapecoense tinha dificuldades para chegar ao ataque. Tentou em jogada individual de Ananias, com chute de longe defendido por Sidão. Mas foi cirúrgica quando teve oportunidade mais clara. Após roubada de bola de bola de Cleber Santana no campo ofensivo, Hyoran dominou na entrada da área, limpou o lance e bateu no canto para abrir o placar, aos 24.
Em desvantagem, o Botafogo esboçou reação, com finalizações de Bruno Silva e Luis Ricardo, que desviaram e saíram. No fim da primeira etapa, o Fogão esteve perto de empatar. primeiro com Bruno Silva, que disputou bola na área e mandou uma bela bicicleta, rente ao travessão. Merecia. No último lance, Canales teve gol mal anulado porque foi marcado impedimento (que não havia, de Salgueiro).
O Botafogo voltou com Neilton no lugar de Fernandes no segundo tempo. O atacante tabelou com Rodrigo Lindoso e chutou de esquerda de longe, para defesa de Marcelo Boeck. Contudo, a Chapecoense cozinhou o jogo, diminuiu o ritmo e abusou da cera, fazendo o tempo passar.
De tanto insistir, o Botafogo chegou ao empate. E foi em um golaço de falta de Camilo, aos 40. Porém, não deu tempo para comemorar. Aos 42, Lucas Gomes aproveitou vacilo defensivo alvinegro e tocou na saída de Sidão para dar números finais à partida: 2 a 1 a favor da Chapecoense.

MEC libera R$ 460 milhões para o ensino superior


Na última quinta-feira (21), o Ministério da Educação liberou o repasse de R$ 460,22 milhões a universidades federais e institutos federais de educação, ciência e tecnologia. Ao todo, desde 13 de maio, a pasta já destinou R$ 2 bilhões a essas instituições.
"Os recursos serão aplicados na manutenção, custeio e pagamento de assistência estudantil", afirmou o ministro da Educação, Mendonça Filho. "Somente para esta última finalidade serão destinados R$ 55,78 milhões", explicou.

Distribuição da verba
Segundo o ministro, a maior parte dos valores, cerca de R$ 310,83 milhões, será repassada a universidades federais. Já os institutos federais receberão R$ 146,34 milhões. A liberação de recursos nos últimos dois meses inclui também repasses ao Instituto Nacional de Educação de Surdos (Ines), ao Instituto Benjamin Constant (IBC) e à Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj). Esta é a sexta liberação de recursos nesse período.

Em 18 e 20 de maio, foram repassados, respectivamente, R$ 163 milhões e R$ 48 milhões; em 3 e 20 de junho, R$ 488,9 milhões e R$ 292,8 milhões; em 6 de julho, R$ 581,1 milhões. No mesmo período, foram realizados pequenos repasses a instituições federais, num total de R$ 51,9 milhões.


Delegações chegam a SP e usam estrutura de clubes para treinamento e aclimatação

Atletas chineses da equipe de canoagem que participarão dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro já estão em São Paulo e começam dia (23) a treinar na raia olímpica da Universidade de São Paulo (USP). Os atletas devem treinar no local até o dia 5 de agosto, quando seguirão para as competições no Rio.

Segundo a USP, quatro delegações treinarão na raia olímpica e na pista de atletismo do Centro de Práticas Esportivas da USP (CepeUSP). Durante o período, haverá intercâmbio cultural entre atletas, alunos, treinadores e organizadores. “Temos equipamento esportivo e estrutura muito bons, pensamos, com esse programa, contribuir, não diretamente com o evento, mas com a integração entre os atletas e alunos”, disse o professor Carlos Bezerra, coordenador do programa USP Olímpica.

Além da delegação chinesa, a USP receberá as equipes de atletismo da França, que treinarão na CepeUsp entre os dias 3 e 13 de agosto; de atletismo da Itália, que treina entre os dias 1º e 17 de agosto, e de canoagem da Rússia, que treina também na raia olímpica entre os dias 5 e 12 de agosto.


sexta-feira, 22 de julho de 2016

Festival Sabores de Natividade leva a gastronomia ao VI Motorock Viajantes do Vento


O Núcleo Gastronômico Sabore’arte Natividade está preparando um cardápio incrível para ser saboreado durante o VI Motorock Viajantes do Vento, que acontece na cidade neste final de semana – de 22 a 24 de julho, na praça Balneário. Trata-se do Festival Sabores de Natividade, onde os restaurantes, pizzarias, lanchonetes, bares e quiosques vão oferecer pratos especiais batizados com nomes de motocicletas. Os pratos poderão ser consumidos em cada estabelecimento participante.

O Festival é uma realização do Núcleo Sabore'arte Natividade, Gastronomia, Cultura e Turismo, com patrocínio do Sebrae/RJ e da Prefeitura de Natividade e apoio do Motoclube Viajantes do Vento. São 14 estabelecimentos, todos participantes do Programa Sebrae na Mesa, projeto que qualifica e capacita empreendedores e trabalhadores do segmento de alimentação fora do lar.

A abertura do primeiro Festival Sabores de Natividade será na sexta, dia 22, no restaurante Trattoria, às 17h, com a presença dos empresários e lideranças locais, como os representantes do Núcleo, do Sebrae, do Motoclube Viajantes do Vento, da APAE de Natividade e da Prefeitura.

Conheça os participantes e os pretos que integram o Festival:

Cantina Estrela – Prato: Ducatti (R$27,00) - Pizza que traz uma combinação de sabores mineiros, como embutidos com um toque de sofisticação do tomate seco, champignon e borda de catupiry.Av. Mauro Alves Ribeiro Jr., 582, Balneário, de quinta a domingo das 18h a 0h.

Encantos do Tejo – Prato: Shadow (R$25,00) - Bife de alcatra com molho de champignon, gomos de batata e arroz.

Av. Mauro Alves Ribeiro Jr., 505, Balneário, de quarta a sábado das 19h às 23h30 e domingo das 11:30h as 16h.


Churrasquinho dú Traíra – Prato: Tenere sob o Sol. (R$25,00) - Carne de sol, pirão de queijo coalho, macaxeira frita, arroz e vinagrete ao chimichurri (salsinha, cebolinha, alho, cebola, pimentas e orégano desidratados, azeite e vinagre de vinho branco).

Rua Intendente Franklin Rabelo, 39, Sindicato, de segunda a sexta, também no sábado durante o evento, das 18h a 0:30h.


Tratoria –Prato: Trumph Daiytona (R$30,00) - Escalopinho de filé mignon, com molho barbecue, arroz e salada waldorf.

Restaurante e Hotel Andréa Reis, Av. Mauro Alves Ribeiro Júnior, 25, Balneário, todos os dias, exceto quarta, das 11h a 00h.

Nosso Cantinho – Prato: Fat Boy (R$25,00) - Arroz branco, fritas, pirão com peixe desfiado, salada e tiras de Tilápia empanadas.

Estrada Natividade- Raposo, Km 5, Cruzeirinho de Cima, Sab/Dom/Feriados das 10h às 17h.


Estação Pub – Prato: Road King Burguer (R$18,00) - Pão brioche, hambúrguer bovino (160 gr), fatias de queijo prato, cebola caramelizada na cerveja e cubos de bacon. Acompanhamentos: batata rústica picante ou maionese de ervas finas. 

Rua Vigário João Batista, 16, Centro ao lado do Fórum, funciona em dias de evento das 20h as 02h.


Come Come - Prato: Turbine Superbike (R$34,90) – Contra-filé grill, batata palito, mozzarella, tomate e cebola. 

Rua Celina Garcia da Fonseca, s/número, Morada do Engenho, funciona para almoço e jantar.


Barbante- Prato: Boulevard. R$20,00 - Bife de contra-filé grelhado com cebolas agridoces, chimichurri e torradas. 

Rua Prof. Borges, 17, Centro, de 4a Feira à Sábado das 18h as 02h.


Casa da Mãe Joana - Prato: MV Augusta (R$22;00) - Canelone de presunto e queijo ao molho branco. 

Rua Raul Veiga, 09, Centro, de quinta a domingo das 19h às 0h.


Lanchonete + Sabor - Prato: Triplo Harley (R$18,00) - Esfirra de frango com catupiry acompanhada de copo de suco de laranja e sobremesa de Milk Shake.

Av Amaral Peixoto, 33, Centro, de segunda a domingo, das 07h às 20h30.


Lanches + Sabor - Prato: Triplo Mirage, (R$24,00) - Lanche composto de dois bifes de picanha, ovo, presunto, bacon, queijo prato, salada, acompanhado de batatas fritas e refrigerante.

Av. Amaral Peixoto, 16, Centro, de segunda a domingo das 17h às 02h.


TID's Mc Lanches - Prato: Rocket III Classic (R$17,00) - Sanduíche no pão de hambúrguer, 03 carnes de hambúrguer, queijo cheddar, bacon, de tomate, cebola, alface e molho hanermuster.

Av Mauro Alves Ribeiro Junior, Praça do Balneário, de terça a domingo das 18h as 02h.


Creperia -Prato: Kawasaki Vulcan (R$18,00) - Crepe francês recheado com costelinha de porco com barbecue e um leve toque de Pimenta.

Rua Dep. Fausto de Faria, 02, Centro, de quinta a sábado, das 19h às 23:30h.


Iesu Sushi - Prato: Combo Hayabusa (R$34,00) – Combo com 04 Hots, 03 Ebis Especiais 03 Joys, 03 Sashimis, 02 Sushis e 02 Niguiris. 

Rua Dep. Fausto de Faria, 02, Centro, de quinta a sábado, das 19h às 23h30.

Municípios debatem estratégias para fortalecer o turismo no Noroeste Fluminense



A criação de um roteiro turístico integrado entre os municípios do Noroeste Fluminense e a implementação de políticas públicas que fomentem a atividade foram o tema da reunião que aconteceu nesta quarta, 20/07, na sede do Sebrae em Itaperuna. Os secretários municipais de cultura e turismo dos municípios de Itaperuna, Italva, Natividade e Miracema participaram do encontro, que tem por objetivo consolidar estratégias para desenvolver e fortalecer o turismo na região.

Nelson Rocha Filho, coordenador regional do Sebrae, afirmou que existe um grande potencial turístico no Noroeste, ainda pouco explorado. “Temos vocação para o turismo rural, religioso, o ecoturismo, o de eventos. Podemos fomentar novos negócios e fortalecer a economia regional, mas que é essencial que os municípios implementem políticas públicas visando estruturar esta atividade. O Sebrae já incentiva grupos locais de artesanato e agricultura familiar, e estimula os setores de moda, gastronomia e bebidas artesanais, que são segmentos importantes na cadeia do turismo”, afirma.

No total, são 11 projetos desenvolvidos pelo Sebrae/RJ dando suporte a estas atividades no Noroeste. O coordenador ainda ressaltou que os municípios podem contar com o apoio do Sebrae para a criação de leis de incentivo ao turismo. Outro serviço importante é a elaboração de estudos de potencialidade turística – trabalho que já foi feito em natividade, em Miracema e está em desenvolvimento em Varre-Sai.

Para o secretário de Cultura e Turismo de Miracema, Duda Tostes, o encontro foi positivo. “Precisamos nos unir para fortalecer a nossa região. Por isso, estamos confiantes na adesão dos outros municípios ao grupo, para criarmos o Fórum Regional de Turismo. Definimos, inicialmente, um planejamento para o turismo religioso. Mas visamos, também, a capacitação e o treinamento de todos os envolvidos com o turismo na região”, diz Tostes.

Otávia Amin, secretária de turismo de Italva, concorda. “É importante conversarmos. E a primeira coisa devemos definir é que não ocorram, dentro do possível, sobreposição de datas de eventos festivos entre os municípios”.

A próxima reunião foi agendada para 12 de agosto, quando será realizada a primeira oficina para capacitação do grupo, com tema que ainda será definido pela equipe do Sebrae/RJ, de acordo com as demandas do grupo.

Ascom Sebrae

quinta-feira, 21 de julho de 2016

Dona da Yoki fecha fábricas no Brasil


Uma das maiores empresas alimentícias do mundo, a General Mills, dona de marcas como Yoki, Kitano e VeryGurt no Brasil, anunciou nesta quinta-feira (21) que vai fechar parte de sua linha de produção no país. 
 
As atividades de manufatura e do centro de distribuição da empresa em Marília serão encerradas e a produção de São Bernardo do Campo será transferida para a demais unidades fabris que a empresa possui no país. Na unidade de São Bernardo do Campo vai permanecer apenas a parte corporativa. 
 
Em comunicado, a companhia afirma que cerca de 400 funcionários serão demitidos e que "já está em processo de negociação do pacote de desligamento com os responsáveis dos sindicatos dos trabalhadores nas duas unidades". 
 
O fechamento da unidade de Marília e a transferência da produção de São Bernardo do Campo acontecerão no próximo dia 19 de agosto. 
 
De acordo com a empresa, que é famosa mundialmente pelos sorvetes Häagen-Dazs e pelos cereais Cheerios, a decisão de fechar pontos no Brasil é "estratégica" e visa "melhorar a eficiência operacional do negócio".

Balcão News
 

Copacabana ganha escultura de arcos olímpicos a duas semanas dos Jogos


Faltando duas semanas para o início dos Jogos Olímpicos Rio 2016, uma escultura de 3 metros de altura e 6 metros de comprimento dos arcos olímpicos foi instalada hoje (21) na Praia de Copacabana, na zona sul do Rio de Janeiro. A obra, da artista plástica Elisa Brasil, foi feita com plástico reciclado.

Para a peça, foram usados 65 quilos de material reciclado coletado por uma organização não governamental (ONG) em vários pontos da cidade do Rio de Janeiro.

Qualquer pessoa pode se aproximar e tocar na escultura, que fica em frente ao Copacabana Palace Hotel, para tirar fotos.


Vitor Abdala

Rodoviária no Rio promove mutirão de testes contra hepatite C


A concessionária Novo Rio e a Associação Brasileira dos Portadores de Hepatite (ABPH) iniciaram hoje (21) uma campanha com os usuários do terminal contra a hepatite. O mutirão de testes ocorre das 10h às 17h, no setor de embarque superior, e se repetirá nos dias 22 e 25. O principal objetivo é identificar possíveis portadores da infecção viral que possam ser encaminhados para tratamento.
Os testes são gratuitos e serão feitos por enfermeiros voluntários em adultos maiores de 40 anos.
Segundo a assessora de Relações Públicas da concessionária, Beatriz Lima, a campanha é importante para alertar a população de uma doença que muitas vezes é desprezada, mas que é perigosa. “Ainda mais aqui na rodoviária, onde passam diariamente 50 mil pessoas por dia. O risco de haver uma transmissão existe. É uma doença silenciosa, que muitos sequer sabem que têm.”
Após os resultados dos exames, que saem imediatamente, em caso da pessoa ser portadora da doença, há um encaminhamento para clínicas públicas ou particulares para o tratamento da hepatite.
Estrangeiros
Durante os Jogos Rio 2016, a Rodoviária Novo Rio deverá receber cerca de 2,4 milhões de pessoas diariamente. Beatriz afirmou que esse também é um bom motivo para ficar alerta ao tema.
“Desse número [2,4 milhões], 250 mil são estrangeiros, que assistirão aos jogos e também passearão pelo Rio. Como aqui há essa grande circulação de pessoas, achamos oportuno e muito benéfico realizar a ação. É o momento exato para combater a doença”, acrescentou.
Suellen Torres, da Associação Brasileira dos Portadores de Hepatite (ABPH), explicou que a hepatite tem três níveis: A, B e C. Segundo ela, apenas o último nível está sendo examinado no terminal rodoviário. Para Suellen, a doença que ainda afeta grande parte da população brasileira.
“É muito perigosa, sem dúvida. Ainda mais por ser uma doença que muitos não sabem que têm e não procuram saber. Estamos participando dessa ação nos colocando à total disposição daqueles que forem diagnosticados com a hepatite C para irem até nossa sede, em Ipanema, receber acompanhamento todas as terças feiras. Ainda não disponibilizamos medicamentos. Por isso, daremos um encaminhamento para o paciente ser atendido em clínicas. Mas garanto que essa nossa avaliação semanal é um diferencial na recuperação dos enfermos”, afirmou.
Sintomas
Hepatite C é uma doença viral que leva à inflamação do fígado, sendo considerada a pior entre os três níveis da doença. É causada pelo vírus C, com transmissão ocorrendo por meio do contato com sangue contaminado, seja por transfusão, acidentes com material contaminado, no caso de trabalhadores na área da saúde, ou por meio de drogas injetáveis.
O surgimento de sintomas em pessoas com hepatite C aguda é muito raro. Entretanto, os que mais aparecem são cansaço, tontura, enjoo e/ou vômito, febre, dor abdominal, pele e olhos amarelados, urina escura e fezes claras.
De acordo com o Fundo Mundial para a Hepatite da Organização das Nações Unidas, cerca de 500 milhões de pessoas no mundo estão infectadas com os vírus da hepatite B e C, mas apenas 5% delas sabem que têm a doença. No Brasil, existem cerca de 1,5 milhão de pessoas infectadas pela hepatite C, responsável por 70% das hepatites crônicas e 40% dos casos de cirrose.

A.Brasil

terça-feira, 19 de julho de 2016

Bloqueio do WhatsApp vai começar às 14h e deve estar concluído às 15h


As operadoras de celular começarão a bloquear o serviço do WhatsApp às 14h, disse uma fonte ligada às empresas de telefonia. A expectativa é que até as 15h o aplicativo esteja totalmente fora do ar. O WhatsApp já prepara recurso para recorrer do bloqueio.

A juíza de fiscalização da Vara de Execuções Penais do Rio de Janeiro Daniela Barbosa Assunção de Souza determinou a suspensão do serviço do aplicativo de mensagens WhatsApp em todo o Brasil. Ela cobra da empresa que as mensagens trocadas por pessoas investigadas sejam desviadas em tempo real antes de ser implementada a criptografia que impossibilita o acesso ao conteúdo.

A juíza afirma que o Facebook, empresa dona do WhatsApp, foi notificado três vezes sobre a decisão para que fizesse interceptação de mensagens relativas a uma investigação em andamento, em sigilo, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense. Ainda de acordo com a magistrada, a empresa americana teria se limitado a responder, em inglês, que não arquiva e não copia mensagens compartilhadas entre os usuários.

Daniela, no entanto, cobra do WhatsApp que as mensagens trocadas sejam desviadas em tempo real antes de serem criptografadas. "Deve se registrar que o juízo não solicitou em momento algum o envio de mensagens pretéritas nem o armazenamento de dados, medidas estas que os responsáveis alegam não serem passíveis de cumprimento", diz o texto da juíza.

As operadoras de telefonia foram notificadas pela Justiça do Rio por volta das 11h30m e precisam suspender o serviço. Caso contrário, as empresas ficam sujeitas a uma multa diária de R$ 50 mil. Esta é a terceira vez que o aplicativo, que pertence ao Facebook, é paralisado no país. Procuradas, as operadoras Oi, TIM, Vivo e Claro informaram que vão divulgar em breve comunicado sobre o assunto. Em nota, a Nextel apontou que já foi notificada e cumprirá a decisão judicial. Durante o bloqueio do aplicativo, segundo a Nextel, o serviço de SMS da operadora será gratuito.


OGlobo

segunda-feira, 18 de julho de 2016

Morador de Pádua é assassinado na Baixada Fluminense


Morador de Pádua e Policial Militar, Max Alexandre Geraldo de Sousa, 45 anos, morreu nesta madrugada após ser baleado por traficantes, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense. O oficial foi chefe de gabinete  no início do mandato do coronel Josias Quintal, atual prefeito de Santo Antônio de Pádua.

O major trafegava em seu Hyundai Santa Fé pela Rua José Carlos Vieira, no bairro Jardim Paraíso, quando, próximo à Favela do Dique, foi abordado pelos criminosos.

Ele tentou desviar, mas acabou atingido por um disparo. Na tentativa de fugir, saiu do carro e correu, deixando o veículo para trás, mas acabou baleado outras quatro vezes.

A versão foi contada pelo próprio PM, que chegou a ligar para o 190 e foi levado por policiais do 21°BPM ao posto de assistência médica Abdon Gonçalves. Na unidade de saúde ele ainda deu o número de telefone e endereço da família. No entanto, seu estado de saúde piorou e enquanto aguardava transferência acabou não resistindo aos ferimentos.

Durante perícia realizada no local do crime, agentes da Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) arrecadaram estojos de fuzil cal 5,56.

Roberta Trindade