segunda-feira, 30 de maio de 2016

Anvisa proíbe venda de lote de extrato de tomate Elefante com pelo de roedor



Extrato tem lote suspenso
Foto: Divulgação


A Agência Nacional de Vigilância Sanitária proibiu a comercialização de um lote do extrato de tomate da marca Elefante. A medida afeta o lote L011810, cuja o prazo de validade acaba em 7 de outubro deste ano. Segundo a agência, foram encontrados pelos de roedor acima do limite tolerável. O limite de tolerância da agência reguladora é que produtos a base de tomate, como molhos, purê, polpa e extrato tenham, no máximo, um fragmento de pelo de roedor a cada 100 gramas.
A decisão levou em conta um laudo emitido pela Fundação Ezequiel Dias e ressalta que encontrou “matéria estranha indicativa de risco à saúde humana” acima do limite máximo de tolerância pela legislação. A Anvisa também determinou que a empresa promova o recolhimento do estoque existente no mercado.
 

A resolução foi publicada no “Diário Oficial da União” desta segunda-feira.

Entenda os limites

A Anvisa tem uma resolução que determina até que ponto a presença de matérias estranhas em certos produtos é permitida. Segundo a Anvisa, é considerado um item estranho qualquer material que não faça parte da composição do alimento e que possa estar associado a condições inadequadas de produção, manipulação, armazenamento ou distribuição.
De acordo com a agência reguladora, o padrão está entre os mais rígidos do mundo. Os limites variam de acordo com o alimento. A canela, por exemplo, é extraída da casca de uma árvore, pode eventualmente carregar fragmentos de insetos. Por isso, a Anvisa considera aceitável que 50g canela tenham até 100 fragmentos de insetos. A mesma quantidade da especiaria pode ter até um fragmento de pelo de roedor para ser aprovada pela Anvisa.

Extra


Jonatas com Eliza; Arthur com Carolina; veja os finais de 'Totalmente Demais'



Depois de muita espera, “Totalmente Demais” chega ao fim hoje e o público poderá conferir qual foi o final que os autores do folhetim escolheram para Eliza (Marina Ruy Barbosa). Como a Telinha já adiantou, quem leva a melhor na disputa pelo coração da mocinha é Jonatas (Felipe Simas). Depois que a ruivinha salvou a vida do filho de Rosângela (Malu Galli) — ela doou parte do fígado para o amado após ele ser esfaqueado por Dino (Paulo Rocha) —, Arthur (Fabio Assunção) percebe que é do rapaz que a modelo realmente gosta.

De viagem marcada para Paris com Eliza, o dono da Excalibur procura o rival o incentiva a acompanhar a ruiva. O empresário diz que não vai mais se intrometer no meio deles, já que viu que os dois se amam de verdade. Jonatas segue o conselho de Arthur e surpreende a amada no aeroporto. Eles viajam juntos. O público pode esperar com os lencinhos nas mãos, porque a cena dos dois promete emocionar com as juras de amor dos pombinhos.

Abrindo mão da modelo, Arthur fica livre para Carolina (Juliana Paes). Os dois vão ter um revival no último capítulo. Eles passam a noite juntos na casa dele e decidem retomar a relação. A ex-diretora da Totalmente Demais finalmente realiza o seu sonho de ter uma família ao lado de seu antigo amor. Numa das cenas finais, o casal passeia na praia junto com o pequeno Gabriel (Ícaro Zulu), filho dela. O casal ainda tem uma cena em que eles estão no famoso bistrô onde conheceram Eliza, quando aparece outra florista. Será que vem uma nova aposta? Melhor não...

Segundo o ditado que diz que “quem espera sempre alcança”, Cassandra (Juliana Paiva) vai conquistar a tão almejada fama. Durante a exposição de Jamaica (Gabriel Reiff), Fabinho (Daniel Blanco), sem querer, rasga o vestido da namorada, que fica de calcinha e sutiã. No evento, Lorena (Adriana Birolli) logo arruma um jeito de fotografar a cena e fazer uma nota para o seu site. Como a trama será reprisada na terça à tarde, existe outra versão da cena em que Cassandra não fica seminua, já que não poderia ser exibida no horário, por causa da classificação etária.

Depois de muito sofrimento, Lili (Vivianne Pasmanter) e Germano (Humberto Martins) terminam a trama felizes ao lado do bebê deles. O empresário ainda vibra com uma parceria que Jonatas consegue em Paris para a Bastille.


JornalExtra


Termina amanhã prazo para microempreendedores individuais declararem Simples


Os Microempreendedores Individuais (MEIs) devem fazer a Declaração Anual do Simples Nacional relativa ao ano-calendário 2015 até amanhã (31). O microempreendedor é a pessoa que trabalha por conta própria e que se legaliza como pequeno empresário. Ele também pode ter um empregado contratado que receba um salário mínimo ou o piso da categoria.
Lei Complementar nº 128, de 19/12/2008, criou condições especiais para que o trabalhador conhecido como informal possa se tornar um microempreendedor formal. Entre as vantagens oferecidas está o registro no Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas (CNPJ), que facilita os trâmites para abertura de conta bancária, pedido de empréstimos e emissão de notas fiscais. Com essas contribuições, o microempreendedor individual tem acesso a benefícios como auxílio maternidade, auxílio doença, aposentadoria, entre outros.
Quem perder o prazo, fica sujeito a multa de 2% ao mês, limitada a 20%, sobre o valor total dos tributos declarados ou o mínimo de R$ 50. A multa é emitida automaticamente e estará disponível junto com o recibo da declaração.
O manual da Declaração Anual Simplificada para o Microempreendedor Individual está disponível na internet na página da Receita Federal.

Estudantes podem se inscrever no Sisu a partir de hoje


Começam hoje (30) as inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Nesta edição, são ofertadas 56.422 vagas em 65 instituições públicas de ensino superior para o segundo semestre deste ano. As inscrições são feitas pela internet, no site do Sisu
Podem participar os estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2015 e não tiraram 0 na redação. As inscrições podem ser feitas até o dia 2 de junho.
Ao fazer a inscrição, o candidato deve escolher, por ordem de preferência, até duas opções entre as vagas ofertadas pelas instituições participantes do Sisu. O candidato também deve definir se deseja concorrer a vagas de ampla concorrência, a vagas reservadas a ações afirmativas.  Durante o período de inscrição, o candidato pode alterar suas opções. Será considerada válida a última inscrição confirmada.
Uma vez por dia é divulgada a nota de corte de cada curso, com base no número de vagas disponíveis e no total dos candidatos inscritos naquele curso, por modalidade de concorrência. A nota de corte é apenas uma referência para auxiliar o candidato no monitoramento de sua inscrição, não sendo garantia de seleção para a vaga ofertada.
O resultado será divulgado no dia 6 de junho e a matrícula deverá ser feita entre os dias 10 e 14. Aqueles que não forem selecionados poderão participar da lista de espera, entre 6 e 17 de junho.  Os candidatos na lista começarão a ser convocados a partir do dia 23 de junho.

Prefeitura de Cordeiro desmancha invasões em Área de Proteção Ambiental


Após receber várias denúncias e ser acionada pelo Conselho Gestor da APA Municipal do Recanto das Palmeiras, sobre a invasão e construção de cercas dentro da Área de Proteção Ambiental, a Secretaria de Meio Ambiente de Cordeiro realizou operação para solucionar o problema, contando com o apoio de equipes das secretarias municipais de Agricultura e Defesa Civil, bem como do Setor de Fiscalização e Postura.

A ação foi realizada na presença do gestor da APA, Altino Almeida, e do Presidente da ONG Ser da Terra, Luiz Rogério Bernardes, com apoio da guarnição de serviço do DPO do 11º Batalhão de Polícia Militar. Foi feito o desmonte de todas as áreas invadidas, com o recolhimento do arame farpado e dos mourões de madeira utilizados para cercar os lotes.

O secretário de Meio Ambiente, Paulo Araújo, esclarece que a área de 8,54 hectares foi destinada ao reflorestamento na implantação do loteamento Recanto das Palmeiras I. Através do Decreto Municipal 025/2015, foi transformada em APA Municipal, com nomeação do gestor, criação do Conselho Gestor e elaboração do Regimento Interno, cabendo ao poder público municipal e a colaboradores a demarcação oficial com isolamento da área, o reflorestamento e elaboração do Plano de Manejo.

O secretário adverte que a área não é destinada ao parcelamento de solo para construção de residências ou similares e que se houver novas invasões as mesmas serão coibidas. Paulo Araújo vai além: “Caso o indivíduo seja encontrado em flagrante, o mesmo será conduzido à delegacia policial para as medidas cabíveis”.

Durante a ação, o representante da Companhia Estadual de Habitação - CEHAB no município solicitou apoio da equipe para desmanchar invasões na área pertencente à companhia e registrou os fatos na delegacia local.


terça-feira, 24 de maio de 2016

Demora por resposta faz Vasco desistir de renovar com Rafael Vaz




Depois de mais de um mês de novela, o torcedor do Vasco não recebeu uma boa notícia no início da noite desta segunda-feira. Diante do empresário Reinaldo Pitta demorar em responder se aceitava ou não a proposta do Vasco para renovar com o zagueiro Rafael Vaz, a cúpula de São Januário decidiu desistir da oferta e deixar o jogador livre para negociar com outro clube. Ele vem sendo especulado no Flamengo para a sequência da temporada.

Rafael Vaz, inclusive, foi dispensado da viagem e não seguiu com a delegação do Vasco para Brasília na noite desta segunda-feira, local do jogo desta terça-feira contra o Vila Nova pela Série B do Campeonato Brasileiro. O contrato do zagueiro em São Januário é válido até o dia 6 de junho, o que deve cumprir a partir de agora com treinamentos em separado - na atividade desta tarde, ele foi com o grupo reserva para o campo e participou normalmente.

O desejo do técnico Jorginho era o de que o contrato de Rafael Vaz fosse renovado, mesmo ele não sendo titular da equipe. Foi o zagueiro que fez gols importantes do Vasco nesta temporada, contra o próprio Flamengo, na final do Campeonato Carioca diante do Botafogo, e na classificação para a terceira fase da Copa do Brasil, contra o CRB. Em São Januário, ele recebe cerca de R$ 100 mil e o clube chegou a oferecer reajuste, mesmo que baixo, mas sem efeito para que o empresário Reinaldo Pitta definisse uma resposta rápida.

O empresário Reinaldo Pitta não atendeu as ligações depois do Vasco ter desistido da renovação de Rafael Vaz. Vale lembrar que Pitta não tem histórico de bom relacionamento com o presidente do Vasco, Eurico Miranda, o que dificultou a negociação.

LANCE

segunda-feira, 23 de maio de 2016

Micro e pequenas empresas de Cantagalo e região participam de Oficina de Marketing e Comercialização



Representantes de 30 empresas do município de Cantagalo, atuantes nas áreas de fabricação e instalação de máquinas e equipamentos para uso industrial, artefatos de concreto, transporte rodoviário, terraplanagem, pavimentação e construção, receberão consultoria gratuita para o aprimoramento de técnicas de marketing e comercialização.

Serão três encontros, totalizando 12 horas de instrução e 12 horas de consultorias individuais para cada uma das empresas participantes. As reuniões serão iniciadas nesta terça-feira, 24 de maio, e terão continuidade em 16 de junho e 14 de julho. As capacitações acontecem no Escritório Regional do Sebrae/RJ, em Nova Friburgo (Rua Fernando Bizzoto, 72 - Centro), sempre a partir das 18h30min.

A Oficina de Marketing e Comercialização faz parte do programa de Encadeamento Produtivo, desenvolvido por meio da parceria entre a Votorantim Cimentos, o Instituto Votorantim e o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas). O objetivo é promover o crescimento sustentável da cadeia produtiva e a autonomia das empresas locais, elevando o seu nível de maturidade e performance. Assim, os fornecedores estarão preparados para trabalharem não somente com a Votorantim Cimentos, mas também para fornecerem para as outras grandes companhias que operam na região.

Os assuntos foram definidos a partir de demandas específicas das próprias empresas, identificadas em pesquisa de diagnóstico realizada no ano passado. “Além de suprir demandas técnicas dos fornecedores, o curso também tem objetivo de adequar processos e indicadores às exigências da Votorantim Cimentos para a cadeia de valor, incluindo políticas de compras, requisitos de homologação e indicadores de avaliação”, afirma Fábio Noronha, supervisor de manutenção da fábrica de Cantagalo e facilitador do projeto. “A Votorantim Cimentos tem como bandeira o fomento ao dinamismo econômico, e o Programa de Encadeamento Produtivo é parte do seu compromisso com o desenvolvimento das comunidades onde opera”, completa Noronha.

– O programa é uma oportunidade dos empresários de micro e pequenos negócios se prepararem com foco no mercado, para desenvolver e aprimorar os indicadores valorizados por grandes empresas, como a Votorantim. As capacitações e consultorias são personalizadas para cada empresa, que terão acompanhamento contínuo durante todo o programa, o que assegura o alto nível de qualidade e de aproveitamento das capacitações – destaca Fernanda Gripp, coordenadora do escritório regional do Sebrae/RJ, em Nova Friburgo.

Além do Encadeamento Produtivo, a parceria com o Sebrae/RJ promove outras ações efetivas para o desenvolvimento dos pequenos negócios na região de Cantagalo. No ano passado, foi realizado o programa de Capacitação de Empreendedores Locais, e há previsão de projetos para o aprimoramento de técnicas de gestão empresarial, financeira e de pessoas, além de uma série de debates entre os empresários participantes para dividirem experiências e aprimorarem suas capacidades de negócio.

Ascom

Programa Estradas da Produção terá caminhão-oficina para manutenção das máquinas

Veículo fará reparo das patrulhas mecanizadas que atuam na recuperação das estradas vicinais


Um caminhão-oficina dotado com equipamentos para a manutenção das patrulhas mecanizadas do "Estradas da Produção", da secretaria estadual de Agricultura, vai agilizar o reparo das máquinas do programa. O veículo foi entregue na quinta-feira (19), pelo secretário estadual de Agricultura, Christino Áureo.

- Neste primeiro momento, o caminhão seguirá para a Fazenda de Italva, onde funciona o Centro de Treinamento da Emater-Rio, para iniciar uma grande manutenção de todas as máquinas. Acreditamos que em dois meses será possível realizar o serviço. No segundo semestre retomaremos o programa com a força total -informou Christino Áureo.
O secretário acrescentou que o caminhão-oficina será utilizado futuramente para fazer os reparos das máquinas nos municípios onde estão trabalhando, evitando o transtorno do deslocamento até as oficinas.

Adquirido pela secretaria através de convênio com o Banco Mundial, o veículo possui solda, gerador, furadeira, prensa, esmeril, bomba de água e talha para retirada de motores.
Segundo o coordenador do programa, Roberto Izídio, o veículo está apto para realizar consertos de alta complexidade.

Hoje, o Estradas da Produção conta com aproximadamente 200 máquinas e equipamentos e já realizou serviços de manutenção em cerca de 30 mil quilômetros de estradas rurais, desde da sua implementação. 

Prefeitura de Bom Jesus assina convênio com o Hospital São Vicente



A Prefeitura de Bom Jesus do Itabapoana assinou na última quinta-feira (19/05) um convênio no valor total de cerca de R$ 5,85 milhões com o Hospital São Vicente de Paulo (HSVP). O acordo vai até o fim de 2016 e a primeira parcela foi de R$ 1.164.482,28.

Os próximos repasses do Executivo terão o valor fixo de R$ 672.358,96. Mas o hospital, único da cidade, não fica restrito a esta quantia. Caso haja produção excedente, a instituição pode receber recursos extras:
- Com esse convênio o hospital terá mais de fôlego. Já temos a UTI e isso dará suporte para o centro cirúrgico. Agradeço o apoio do Executivo, afirmou o presidente do HSVP, Valdir Batista Motta.

Da primeira parcela, R$ 400 mil são referentes à segunda parte do adiantamento de recursos para Unidade de Terapia Intensiva e poderão ser usados para reforma do centro cirúrgico, etapa de seu plano de recuperação.

Durante a assinatura do convênio, o secretário de Saúde, Sávio Saboia aproveitou para agradecer “a confiança da direção do HSVP, do Conselho de Saúde e a vários setores do Executivo municipal”.

A Prefeita Branca aproveitou para parabenizar o trabalho em parceria do hospital com a Secretaria de Saúde e a todos que fizeram o planejamento para enfrentar a crise, iniciado no fim de 2014:
- É assim que vamos seguir trabalhando: investindo forte na saúde. Fizemos os ajustes necessários, mas não podemos deixar a Saúde sem os recursos básicos, finalizou Branca Motta.


Ascom


quarta-feira, 18 de maio de 2016

Maior fábrica da Fiat no mundo, em Minas, suspende produção por falta de peças

Com a decisão, os 18 mil trabalhadores da unidade da montadora em Betim ficarão em casa por tempo indeterminado, até a retomada das atividades

Paralisação da Fiat em Betim afeta a produção de
dezenas de outros fornecedores, deixando mais
 de 50 mil trabalhadores sem atividade na região (Pedro Motta/VEJA)



A fábrica da Fiat em Betim, Minas Gerais, está com sua produção suspensa por tempo indeterminado. A paralisação, que começou na última segunda-feira, ocorre porque as fabricantes de autopeças Tower e Mardel, da multinacional Keiper, interromperam o fornecimento de componentes e estruturas metálicas soldadas.

Com isso, os 18.000 trabalhadores da Fiat em Betim ficarão em casa. A montadora esclareceu, no entanto, que eles serão remunerados normalmente, como se estivessem trabalhando.

Segundo a empresa, a paralisação também afeta diretamente a produção de dezenas de outros fornecedores, deixando mais de 50.000 trabalhadores sem atividade na região. A fábrica em Betim é a maior da Fiat no mundo.

A decisão da Keiper, que tenta reajustar os valores de seus contratos, surpreendeu a Fiat e foi vista pela montadora como uma "medida extrema". "A Fiat entende que a decisão não é uma atitude construtiva, principalmente neste momento de crise econômica pelo qual passa o país", disse a empresa, em nota. A montadora tem tentado negociar a retomada do fornecimento com a Keiper e não descarta entrar na Justiça.

Volkswagen – A Volkswagen também tem enfrentado problemas com a Keiper. Na última segunda, as três fábricas da montadora no Brasil tiveram a produção paralisada em razão da falta de bancos e cerca de 10.000 funcionários ficaram sem trabalhar.

Para retomar a produção, a Volkswagen obteve liminar, na noite de segunda, que obriga a Keiper a voltar a fornecer o produto em até 24 horas. O não-cumprimento da medida resultará em multa diária de 500.000 reais.

Fonte: Veja


Batalhão da Polícia Militar será instalado em Cordeiro


No sábado, 14, Cordeiro recebeu a visita de representantes do Governo Estadual para a definição da instalação do Batalhão de Polícia Militar no município. O prefeito Leandro Monteiro, o presidente da Câmara Municipal, Anísio Costa, e a vereadora Jussara Barrada recepcionaram o secretário de Estado de Governo, Affonso Monnerat, o deputado estadual Luiz Martins e o Major Faria, representante da PM.

A comitiva veio conhecer as dependências da Escola Professor Ítalo Mileno Lopes e de um prédio da Emater-RJ, próximo à escola, que integrarão o espaço físico destinado ao batalhão dentro do Parque de Exposições Raul Veiga. A escolha foi feita pelo próprio Governo Estadual, responsável pelo parque.

Fruto de uma indicação legislativa do deputado Luiz Martins, a vinda do destacamento para o município atende a uma antiga reivindicação de Cordeiro e dos municípios vizinhos, que também serão atendidos com o aumento do efetivo policial. Inicialmente, a previsão é de que 250 policiais sejam integrados ao batalhão de Cordeiro.

Durante o encontro, os representantes da Emater-RJ entregaram as chaves dos prédios, que ocupam um quarteirão no Parque Raul Veiga, ao Major Faria. O representante da PM informou que as visitas técnicas serão iniciadas para que o local esteja pronto, o mais rápido possível, para receber o Batalhão da PM.

Ascom


Situação dos pacientes renais e transplantados é tema de audiência presidida pelo deputado Jair Bittencourt


Os problemas enfrentados pelos pacientes que fazem diálise renal e transplante foram discutidos em audiência pública promovida pela Comissão de Saúde da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). A reunião aconteceu no Auditório Senador Nelson Carneiro, 6º andar do prédio anexo do Palácio Tiradentes.

O presidente da Associação dos Renais e Transplantados do Estado do Rio (ADRETERJ), Gilson Nascimento, explicou que, por mês, cada paciente realiza, em média, 13 hemodiálises, o que resulta em um custo mensal de R$ 2.327 para o Governo Federal, que precisa repassar a verba às clínicas que realizam os procedimentos através do Sistema Único de Saúde (SUS). No entanto, há quatro anos essas clínicas estão sem receber reajuste e, em alguns casos, acontece ainda atraso no repasse.

O vice-presidente da Associação Brasileira das Clínicas de Diálise e Transplantes (ABCDT), Luiz Carlos Pereira, apresentou dados preocupantes: nos últimos 10 anos, nove clínicas fecharam no estado do Rio por falta de recursos e, caso os valores repassados não sejam reajustados, outras clínicas irão fechar. O estado tem hoje quase 10 mil pacientes em diálise e já faltam vagas na rede de clínicas credenciadas pelo SUS.

Sobre a falta de medicamentos para os pacientes transplantados, o representante da Secretaria Estadual de Saúde, Anderson Silva, afirmou que os atrasos são reflexo da crise econômica do país. "Até o ano passado trabalhamos com muita tranquilidade; recebíamos os repasses com pequenos atrasos, mas a Secretaria conseguia contornar internamente, mas neste ano o quadro se agravou. A frequência dos atrasos e a quantidade dos medicamentos em atraso aumentaram, o que dificulta e traz comprometimento para o paciente, que tem dificuldade em manter seu tratamento de forma adequada", disse Anderson Silva.

O presidente da Comissão de Saúde, deputado Jair Bittencourt, se comprometeu a lutar pela causa. "Temos uma situação que precisa ser solucionada rapidamente. Determinamos aqui hoje que seja organizado um grupo de trabalho para que se discutam soluções. Iremos cobrar da Secretaria de Saúde e do Ministério da Saúde o cumprimento de suas obrigações. As pessoas estão morrendo e não podemos permitir que isso continue. A Comissão de Saúde vai trabalhar firme para que possamos trazer um atendimento digno para a população", declarou o deputado Jair Bittencourt.  

Ascom

Orquestra Sinfônica Cesgranrio homenageia Edu da Gaita em turnê pela região


Os amantes da música erudita têm uma ótima oportunidade esta semana. O SESI Cultural trará a Campos e Itaperuna apresentações da Orquestra Sinfônica Cesgranrio, que, este ano, convidou o renomado gaitista José Staneck como solista para seu “Concerto para Harmônica e Orquestra de Radamés Gnattali” em comemoração aos 100 anos de nascimento do compositor e gaitista brasileiro Edu da Gaita.

Eduardo Nadruz, artisticamente conhecido por Edu da Gaita, nasceu na cidade gaúcha de Jaguarão em 13 de outubro de 1916, filho de imigrantes árabes e é reconhecido como um dos grandes talentos da música instrumental brasileira. Participou de muitas gravações, acompanhando outros músicos. Em 1957, gravou o Moto Perpetuo de Pagannini, originalmente escrito para violino e transcrito para a harmônica por ele próprio. Além de gravar como solista, também tocou com o Sexteto de Radamés Gnattali e apresentou-se pela Europa e América do Sul. Edu da Gaita faleceu em 1982.

Nas apresentações da OSC, coube ao gaitista José Staneck interpretar as composições do Concerto. Staneck é reconhecido pela crítica especializada por talento e pela divulgação da gaita no Brasil. O músico atua com diferentes formações camerísticas e já foi solista de diversas orquestras sinfônicas brasileiras e internacionais.

Em Campos e Itaperuna, as apresentações acontecem nos dias dia 20/05 no Teatro SESI Campos e no dia 21/05 no Teatro SESI Itaperuna, ambos às 20h. Os ingressos custam R$10,00 ( inteira ) e R$5,00 ( meia). O Teatro SESI Itaperuna está localizado à Av. Deputado José de Cerqueira Garcia, número 883, bairro Presidente Costa e Silva. O Teatro SESI Campos fica na Av. Deputado Bartolomeu Lysandro, 862, Guarus.

A orquestra Cesgranrio
Regida pelo maestro Eder Paolozzi, a Orquestra Sinfônica Cesgranrio possui uma proposta diferente. É formada por 55 jovens estudantes, selecionados entre as principais universidades públicas e cursos técnicos da área musical da cidade do Rio de Janeiro. A Orquestra reúne violino, violoncelo, flauta, trompa, clarineta, viola, contrabaixo, tímpano, oboé, fagote e trompete.

Desde a sua estreia, no ano de 2015, a orquestra já marcou presença em diversos espaços culturais e reuniu plateias de diferentes perfis e classes sociais, cumprindo sua proposta de divulgar a música erudita e estimular a profissionalização de seus integrantes. Sua breve trajetória inclui concertos no Cine Arte UFF, Espaço BNDES e participação em eventos como o Festival Internacional Villa-Lobos (Venezuela), Festival Mimo (Rio e Paraty) e a primeira edição do Festival Internacional de Fagote UFRJ-USP.

Sebrae e Prefeitura lançam o programa ‘Jovens Empreendedores’

Evento foi realizado na histórica Fazenda Santa Rita, em Euclidelândia. Estão sendo capacitados 33 professores, que trabalharão com 817 alunos



Na última terça-feira, 17 de maio, na histórica Fazenda Santa Rita, em Euclidelândia, terceiro distrito de Cantagalo, a Regional Serrana I do Sebrae/RJ (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Estado do Rio de Janeiro), em parceria com a Prefeitura, através da Secretaria Municipal de Educação, lançou no município o programa ‘Jovens Empreendedores: Primeiros Passos (JEPP)’.

O objetivo do programa é, durante uma semana, com os demais encontros no auditório da Secretaria Municipal de Educação, capacitar pelo menos 33 professores da rede municipal de ensino, que serão multiplicadores do projeto para os demais profissionais que vão trabalhar o empreendedorismo com 817 estudantes, todos do 1º ao 5º ano do primeiro segmento do ensino fundamental, de seis escolas municipais: Antônio Raposo, de Boa Sorte, quinto distrito (125 alunos e seis professores), Cel. Manoel Marcelino de Paula, de São Sebastião do Paraíba, quarto distrito (46 alunos e dois professores), Elestar Caetano Mendes, de Euclidelândia, terceiro distrito (142 alunos e seis professores), Professora Lúcia Helena Pinheiro do Couto, de Santa Rita da Floresta, segundo distrito (104 alunos e quatro professores), Maria Bellieni D’Olival, do bairro Santo Antônio (178 alunos e sete professores), e Lameira de Andrade, do Centro (222 alunos e 10 professores).

Nos encontros desta semana, esses profissionais de ensino estão recebendo capacitação técnica para estarem preparados para abordar as principais questões teóricas e metodológicas do curso de empreendedorismo, adquirindo conhecimento sobre a estrutura e o conteúdo dos livros de cada um dos anos do ensino fundamental em que serão aplicados.

O ‘Jovens Empreendedores’ também conta com apoio de empreendedores locais envolvidos no projeto de turismo rural ‘Caminhos do Imperador’, desenvolvido em Boa Sorte, quinto distrito. Durante a abertura, os professores envolvidos com o JEPP receberam palestra do empresário Mezak Gualberto do Couto, que falou um pouco da sua experiência e de como o empreendedorismo poderá mudar a vida das crianças a serem atendidas pelo programa.

Para a coordenadora da Regional Serrana I do Sebrae/RJ, Fernanda Gripp, o programa segue a premissa que o empreendedorismo pode ser ensinado através de estímulos educacionais que possibilitam futuras buscas de inserção no mercado de trabalho por meio de uma postura empreendedora, ou da futura criação de negócios próprios por parte dos estudantes.

A PARCERIA – Tudo começou em 1º de março deste ano, quando o acordo entre Prefeitura e Sebrae foi firmado numa reunião realizada no gabinete do prefeito Saulo Gouvêa. Nesse dia, o prefeito e a secretária municipal de Educação, Fernanda Torres, receberam a coordenadora regional do Sebrae em Nova Friburgo, Fernanda Gripp, e a analista do Sebrae, Raquel Mattos Stumm. Segundo Fernanda Gripp, a ação faz parte do Plano Nacional de Educação Empreendedor (PNEE) e a proposta é que as noções de empreendedorismo em sala de aula sejam incluídas como uma ação extracurricular.

De acordo com a analista da Regional Serrana I do Sebrae/RJ, Raquel Mattos Stumm, o curso apresenta dois eixos de atuação: estímulo ao comportamento empreendedor e orientação para plano de negócios, além de quatro temas: cultura da cooperação e inovação, ecossustentabilidade, ética e cidadania.

O JEPP é um programa voltado para implantar no cotidiano dos estudantes o hábito de empreender, pois, para os técnicos do Sebrae/RJ, quando a criança se depara com novas possibilidades as verá de forma muito natural, pois, para elas, seus sonhos sempre podem se tornar realidade, o que são características fundamentais para um bom empreendedor. A metodologia aponta que as crianças não possuem medo e estão mais abertas a enfrentar novos desafios, pois isso já faz parte do processo de aprendizado delas.

Os temas de trabalho para os anos letivos serão os seguintes: O mundo das ervas aromáticas (1º ano); Temperos naturais (2º ano); Brinquedos ecológicos (3º ano); Locadora de produtos (4º ano); Sabores e cores (5º ano).

Ascom/Foto:JF Photos

Bom Jesus é a terceira cidade do Noroeste Fluminense a receber Escolinha Leo Moura



Bom Jesus do Itabapoana é a terceira cidade do Noroeste Fluminense a receber Escolinha de Futebol Leo Moura. O projeto foi lançado na última terça-feira (17/05) pelo secretário estadual de Esporte, Lazer e Juventude, Marco Antonio Cabral, em reunião com a Prefeita Branca Motta.

O núcleo de Bom Jesus vai funcionar no Complexo Esportivo Sebastião Pimentel Marques e terá capacidade para atender até 200 meninos e meninas entre sete e 17 anos de idade. O trabalho tem finalidade social, mais já revelou 80 jovens para times de profissionais em todo o país.

Os representantes da escolinha trouxeram uma amostra do material que será usado pelos professores e alunos. São bolas (oficiais e de fundamentos), cones, bombas de encher, redes, bolsas, além de uniforme completo – camisas, calções, chuteiras, meiões, caneleiras, luvas e camisas de goleiros e cones:
- As crianças não precisam se preocupar em levar e trazer o material nos dias de treinamento, pois haverá lugares para a guarda. Isso facilita a vida dos pais e conserva mais o material, informou Cadú, coordenador geral da escolinha.

O município de Bom Jesus foi contatado pela Escolinha de Futebol Leo Moura, que tem parceria com a Secretaria Estadual de Esporte, Lazer e Juventude, no ano passado e o Executivo prontamente se interessou pelo projeto. Hoje já são 24 núcleos em várias regiões do estado com cerca de 7 mil jovens atendidos. Cada cidade e região participam de uma seletiva e os campeões ganham o direito de disputar a final da Copa Leo Moura no Rio de Janeiro:
- No início de junho vamos assinar o convênio e fazer parte desse time campeão. Para as crianças basta ter vontade e estar matriculada na rede regular de ensino, finalizou a Prefeita Branca Motta.



Ascom

Lançamento do Parlamento Juvenil da Alerj acontece nesta sexta-feira

Objetivo do projeto é ampliar a consciência sobre a política, criar novas lideranças e dar mais voz aos jovens de todo Estado do Rio de Janeiro





A história da décima edição do Parlamento Juvenil, um projeto da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro em parceria com a Secretaria Estadual de Educação e Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude já está a todo vapor. Nesta sexta-feira, 20 de maio, acontece o lançamento do projeto, no Auditório Senador Nelson Carneiro, no Palácio 23 de Julho, anexo ao Palácio Tiradentes, a partir das 10h.

Sob a coordenação do deputado Wanderson Nogueira, o Parlamento Juvenil deve reunir mais de 90 jovens de todas as cidades do Estado. Durante uma semana, de 20 a 26 de novembro, os parlamentares juvenis terão a oportunidade de apresentar projetos de lei, debater e propor melhorias em políticas públicas.

A programação da décima edição, que promete ser histórica, já foi fechada. Uma consulta pública nas redes sociais do Parlamento Juvenil foi realizada para que os próprios estudantes tivessem a oportunidade de sugerir e colaborar com a montagem da semana de atividades. Para o deputado Wanderson, ouvir os jovens para compor a programação é fundamental. "Eles sabem o que pode agregar mais para eles. Entre as novidades deste ano estão visitas a projetos sociais e principalmente cursos para formação. O projeto amplia a visão política do jovem e contribui com o surgimento de novas lideranças", destaca o parlamentar.

O objetivo do projeto é aproximar os jovens do parlamento fluminense, ampliar a consciência política, formar novas lideranças e oferecer a oportunidade de estudantes da rede estadual de ensino, de 14 a 17 anos, do 1ª e 2ª anos do Ensino Médio, defenderem projetos no plenário da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro. As inscrições serão novamente on-line e irão de 23 de maio a 24 de junho.

Na reunião de lançamento será apresentado o calendário, as mudanças e a equipe que participará da semana do Parlamento Juvenil, em novembro. Representantes da Secretaria de Educação(Seeduc), da Secretaria de Juventude, Esporte e Lazer(Seelje), integrantes da equipe do Parlamento Juvenil e ex-parlamentares jovens estão confirmados no evento. As informações serão divulgadas pelo coordenador deputado Wanderson Nogueira. Além disso, será ministrada uma palestra sobre formação política pelo professor e consultor internacional Istvan Kasznar. 


ALERJ vai doar recursos para Hospital e Universidade


A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) vai doar R$ 4,4 milhões para a conclusão das obras de construção do Hospital Regional do Médio Paraíba, em Volta Redonda, e mais R$ 1,5 milhão para a Universidade Estadual do Norte Fluminense (Uenf), em Campos. A decisão foi tomada pela Mesa Diretora, em reunião nesta terça-feira (17/05). Os recursos vão sair do orçamento da Casa, que, desde o início de 2015, tem cortado despesas no seu custeio. Só no ano passado, as medidas resultaram numa economia de mais de R$ 169 milhões.
O Hospital Regional, que está 90% concluído e vai atender a mais de um milhão de pessoas de 12 municípios da região, foi visitado por deputados na última semana. "Não vejo motivos para não atendermos a mais esse pleito de extrema relevância para o estado", afirmou o presidente da Alerj, deputado Jorge Picciani (PMDB), durante a visita.

Já a doação para a Uenf foi decidida após pedidos da Comissão de Educação da Casa e de deputados da região, preocupados com a crise financeira que ameaça o funcionamento da instituição. "O estado trata mal os recursos das universidades. É preciso garantir um orçamento mínimo", afirmou o presidente da Comissão de Educação, deputado Comte Bittencourt (PPS).

Obras
Em 2009, a Alerj já havia destinado R$ 20 milhões para o início das obras do Hospital Regional. "O Parlamento Fluminense ajudou no início da construção e fará o mesmo na conclusão. Não tenho dúvida que esse hospital será de grande valia para todo o estado do Rio", afirmou o líder do governo na Casa, deputado Edson Albertassi (PMDB).

A unidade terá capacidade para realizar cerca de sete mil consultas por mês. Com 229 leitos, sendo 132 de internação e 97 de UTI, oferecerá serviços de alta e média complexidades. De acordo com o presidente da Comissão de Fiscalização das Obras, Sebastião Faria, o atraso foi causado por falta de cálculo dos reajustes anuais no contrato inicial. "Por causa desse incidente, não conseguimos entregar na data prevista, que era dezembro de 2015, mas já nos readequamos e, com esses recursos, a obra poderá ser finalizada em julho", anunciou.

Doações
Esta é a segunda vez neste ano que a Mesa Diretora decide doar recursos para órgãos e programas estaduais que passam por dificuldades com a crise econômica que atinge o estado. No início de maio, a Alerj entregou cheques, num total de R$ 16 milhões, para a secretaria de Estado de Segurança (R$ 3,5 milhões), Universidade Estadual da Zona Oeste (UEZO - R$ 1,5 milhão), Instituto Estadual de Hematologia (Hemorio - R$ 2 milhões), Fundação da Infância e Adolescência (FIA - R$ 2 milhões); Rio Sem Homofobia (R$ 2 milhões); Secretaria de Estado de Esporte (Seelje), para a realização dos Jogos Estudantis Estaduais (R$ 2 milhões); Programa de Prevenção à Dependência Química (R$ 2 milhões) e Conselho Estadual de Direitos da Mulher (Cedim - R$ 1 milhão).

Quarenta mil pessoas prestigiam a passagem da Tocha Olímpica em Itaperuna

Despesas referentes ao Revezamento da Tocha OlímpicaRio 2016são de responsabilidade dos patrocinadores oficiais



O município de Itaperuna foi o primeiro do Estado do Rio de Janeiro, a receber a Tocha Olímpica. O evento realizado na tarde da última segunda-feira, 16, reuniu cerca de 40 mil pessoas ao longo da Avenida Cardoso Moreira, segundo informação do comando da Guarda Municipal.

Aconteceu uma parada técnica no Centro Poliesportivo Edgard Pinheiro Dias, onde os condutores da tocha passaram a fazer parte da comitiva. A Tocha Olímpica foi acesa pela primeira vez na Avenida Cardoso Moreira, em frente à Igreja Assembleia de Deus do Relógio, onde foi iniciado o revezamento que seguiu pela avenida até a Concha Acústica. Cada condutor percorreu cerca de 250 metros.

Os gastos referentes ao Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016 são de inteira responsabilidade do Comitê Organizador, bem como de seus patrocinadores oficiais, Coca-Cola, Nissan e Bradesco. A Prefeitura colaborou apenas com as grades e o som, custos que não chegaram a R$ 10 mil.

CONDUTORES DA TOCHA OLÍMPICA

Os condutores da Tocha Olímpica em Itaperuna foram Rogério Ferreira Costa (Bradesco), Jéssika Kamp de Andrade (município/comitê), Waldney Ruivo de Paula (Coca-Cola) e Dayvid Carlos Tozato Piovezan (Nissan).

Jéssika Kamp - Jéssika participou entre os dias 25 a 27 de setembro de 2015, da VI Olimpíadas Especiais das APAEs do Estado do Rio de Janeiro, realizada em Rio das Ostras RJ, tendo se classificado em 1º lugar na modalidade de natação, e convocada para participar da XXI Olimpíadas Especiais das Apaes - Edição Nacional, que foi realizada na cidade de Campo Grande no Estado do Mato Grosso do Sul, no período de 03 a 07 de dezembro de 2015. Em dezembro de 2015 participou da XXI Olimpíadas Especiais das APAES - Edição Nacional, tendo obtido 1 medalha de prata e 1 medalha de ouro em provas de natação.

Dayvid Carlos Tozato - É professor de Educação Física de escola pública, apaixonado por esportes. Este mês completou 14 anos de profissão, dentro destes 14 anos, 12 foi direcionado ao esporte educacional, Handebol, Voleibol, Futsal e Atletismo, onde por duas vezes participou dos Jogos Escolares Brasileiro (etapa nacional), promovido pelo COB.

Waldney Ruivo - É estudante e gosta de reunir os amigos para acompanhar os eventos esportivos preparatórios para as Olimpíadas Rio 2016. “Estar com a minha galera é ouro... É por eles e para eles, que quero conduzir a Tocha Olímpica dos Jogos Rio 16”, diz Waldney.

Rogério Ferreira - É professor de Educação Física e, no distrito de Retiro de Muriaé, teve a iniciativa de ministrar atividades físicas de forma voluntária para os moradores da terceira idade. Sua dedicação contribui com a qualidade de vida dos moradores, que antes estavam ociosos e sedentários.

O prefeito Alfredo Paulo Marques Rodrigues, o Alfredão; Alexandre Pereira da Silva, o Alexandre da Auto Escola, presidente da Câmara; demais autoridades e convidados recepcionaram o atleta condutor da Tocha Olímpica.

Após o cerimonial, alguns atletas, ex-atletas e representantes do esporte itaperunense foram homenageados, dentre eles, a professora Carmozina Reis do Carmo, Dr. Edgard Pinheiro Dias (enviou representante), Milton Freitas, Wanderlei Cordeiro de Lima e Eduardo Mangaravite.

O evento ainda contou com a participação do grupo de cavaquinho da Orquestra Retocando, integrantes da escola de samba Acadêmicos do Sossego (Niterói, RJ), apresentação de folia de reis, Sociedade Musical Itaperunense e a participação especial do grupo evangélico Desperta Déboras.


Ascom

segunda-feira, 16 de maio de 2016

Morre coronel da Polícia Militar famoso por polêmica declaração

Cel Marcus já comandou o 36º BPM Pádua

A cidade de Niterói e a administração pública municipal perderam na madrugada desta segunda-feira (16) uma de suas figuras mais ilustres: o secretário de Ordem Pública Marcus Jardim Gonçalves. Morreu aos 54 anos de idade, depois de uma longa luta contra um câncer. Deixa mulher e filha.  
Nesta segunda pela manhã, o prefeito Rodrigo Neves anunciou que um dos grandes projetos da sua gestão, a Cidade da Ordem Pública, a ser inaugurada no segundo semestre deste ano, ganhará o nome de Marcus Jardim em homenagem ao seu secretário.

“Infelizmente hoje eu perdi um grande amigo, um grande colaborador, o nosso querido Marcus Jardim. Infelizmente ele nos deixou, vítima desta doença. Sofreu muito nestes últimos cinco meses em que ficou de licença. Mas o Marcus Jardim vai deixar um legado. Ele foi um dos oficiais mais combativos, um exemplo para a polícia militar do Rio de Janeiro. Era respeitado pelos coronéis, pelos soldados, e eu tenho certeza de que ele já está num plano superior. Ele combateu o bom combate”, destacou o prefeito.

Marcus Jardim tinha 34 anos de Polícia Militar  e deixa para Niterói um legado de realizações. Foi pelas suas mãos que a prefeitura municipal ergueu uma das principais obras desta gestão: o Centro Integrado de Segurança Pública (CISP). Além disso, o coronel da PM (estava na reserva) foi o responsável por realizar um ordenamento jamais visto na cidade.
À frente da Secretaria de Ordem Pública, esteve ao lado do prefeito Rodrigo Neves promovendo um redimensionamento e humanização na Guarda Municipal de Niterói. Incentivou a criação do maior concurso municipal já realizado na cidade, dobrando o efetivo da guarda, e trabalhou para dar aumento de remuneração para a corporação logo no primeiro ano de governo.
De acordo com o Coordenador da Cicca (Coordenadoria Integrada de Combate aos Crimes Ambientais), da Secretaria de Estado do Ambiente, Coronel José Maurício Padrone, Jardim, seu amigo pessoal, era um homem de ação e justiça. 
"O Coronel Marcos Jardim foi da minha época na Academia e era meu vizinho de sitio. Homem de ação, justo, motivador e contagiante. Seus posicionamentos e atitudes sempre foram claros e objetivos, respeitados pelos seus pares e adorado pela tropa. Defensor aguerrido da sociedade, entendia o cenário da violência como poucos. Perdem a PM e a sociedade um ícone cujas palavras e ações não serão esquecidas, contou.
Mudou o perfil da Guarda Municipal, tornando-a uma guarda-cidadã, próxima à população, e elevando a autoestima da corporação.
Para combater a violência, buscou a integração entre todas as forças de segurança, realizando um trabalho voltado para a prevenção.
Era formado em Direito e especialista em Segurança Pública. Nascido em Niterói, flamenguista fanático, fazia questão de dizer que era um puro-sangue azul, referindo-se ao amor, orgulho  e fidelidade à Polícia Militar.
 Marcus Jardim Gonçalves ingressou na Polícia Militar em 1982. O seu espírito de liderança o levaria ao comando de vários batalhões, o 35º (Itaboraí); o 12º (Niterói);  o 7º (São Gonçalo);  o 16º (Olaria); e o de Polícia Rodoviária (Niterói). 
Um dos momentos marcantes de sua carreira foi, à frente do  1º Comando de Policiamento de Área (CPA), na capital fluminense, participar da ocupação do Complexo do Alemão, em 2010.  Jardim também liderou o 3º CPA (Baixada).
 Foi secretário de Segurança Pública em São Gonçalo e, desde 2013, comandava a pasta de Ordem Pública de Niterói. 
De temperamento forte, gostava de dizer que "missão dada é missão cumprida". 
Marcus lutava há mais de dez anos contra um câncer
Arquivo/ Marcelo Feitosa

                                                             

O Fluminense


sábado, 14 de maio de 2016

Representação Regional da FIRJAN no Noroeste Fluminense tem novo presidente



O Conselho de Empresários da Representação Regional da FIRJAN/CIRJ Noroeste Fluminense tem novo presidente. É o industrial do ramo gráfico José Magno Vargas Hoffmann. O novo vice é Júlio César Freitas Costa. Hoffmann já atuava como vice de Antônio Carlos Boechat, que deixou a presidência.

José Magno Vargas Hoffmann trabalha no ramo gráfico há 46 anos e atua como conselheiro da Representação Regional da FIRJAN desde a sua fundação. Hoffmann disse que, em seu primeiro mandato, pretende trabalhar para dar mais visibilidade ao Sistema FIRJAN na região e agregar novos empresários às discussões para melhorar o ambiente de negócios do Noroeste. “ Uma das nossa principais metas é capacitar os industriais da região para que as empresas daqui se tornem mais competitivas e viáveis”, finalizou Hoffmann.

Em Campos, o arquiteto e empresário, Fernando Aguiar, foi reconduzido ao cargo de presidente do Conselho de Empresários da Representação Regional da FIRJAN/CIRJ na Região Norte Fluminense. Este será o segundo mandato de Fernando à frente da RR. Luiz Carlos Damião, presidente do Sindicato das Indústrias do Vestuário, continua sendo vice.

Fernando Aguiar acredita que este será um ano de muito trabalho para a recuperação do setor industrial e da economia. “Com a nossa recondução à presidência do Conselho da Representação Norte Fluminense da FIRJAN, reafirmamos o compromisso da casa com os sindicatos industriais e as empresas do seu encadeamento produtivo. Neste momento em que as entidades precisam se manter fortes, os desafios a enfrentar serão ainda maiores”, afirmou ele.



Aguiar disse que pretende continuar a defender os ajustes para melhorar o ambiente de negócios e retomar o caminho do desenvolvimento. “Neste aspecto, nossa região terá importante papel no retorno de um ambiente de pujança econômica”, afirmou ele.


Itaperuna recebe a Tocha Olímpica Rio 2016 na próxima segunda-feira

DEMUT solicita aos motoristas que não utilizem seus veículos no dia 16 de maio

O município de Itaperuna será o primeiro do Estado do Rio de Janeiro, a receber a Tocha Olímpica, no dia 16 de maio, às 15 horas.
Haverá uma parada técnica no Centro Poliesportivo Edgard Pinheiro Dias, onde os condutores da tocha passarão a fazer parte da comitiva. A Tocha Olímpica será acesa pela primeira vez na Avenida Cardoso Moreira (nas proximidades da Casa das Peças), dando início ao revezamento que seguirá pela avenida. Cada condutor percorrerá cerca de 250 metros.
TRAJETO E RECOMENDAÇÕES
Em Itaperuna, o trajeto do Revezamento da Tocha Olímpica será o seguinte: Avenida Cardoso Moreira, no sentido Casa das Peças até à Concha Acústica. Esse lado da avenida será fechado na véspera, 15 de maio (domingo), ou seja, não haverá trânsito de veículos. A pista só será liberada após a passagem da tocha.
O Departamento Municipal de Trânsito (DEMUT), atendendo às exigências do Comitê Organizador do Revezamento da Tocha Olímpica, orienta aos motoristas a não utilizarem seus veículos no dia do evento, pois, o trânsito estará fechado para a passagem da Tocha Olímpica.
Outra recomendação para motoristas é que fiquem atentos às sinalizações sobre os locais em que serão proibidos estacionar. O comércio, estabelecido no trajeto da Tocha Olímpica, irá funcionar normalmente. O encerramento do Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016 acontecerá nas proximidades da Concha Acústica.
CIDADE DEVERÁ RECEBER 50 ÔNIBUS
Estima-se que a cidade receberá aproximadamente 50 ônibus de municípios vizinhos. O DEMUT pretende utilizar o espaço ao lado da rampa de skate, na Avenida Senador Francisco Sá Tinoco, (Beira Rio), para o estacionamento desses ônibus, além é claro, de algumas ruas paralelas naquela região. Portanto, é de fundamental importância que os motoristas colaborem deixando seus veículos em casa.
CONDUTORES DA TOCHA OLÍMPICA
É importante esclarecer que o município indicou três nomes para a condução da Tocha Olímpica, dentre eles, o nome da professora Carmozina Reis do Carmo. No entanto, a escolha dos nomes ficou a cargo do Comitê e dos patrocinadores. Os condutores da Tocha Olímpica em Itaperuna são: Rogério Ferreira Costa (Bradesco), Jéssika Kamp de Andrade (município/comitê), Waldney Ruivo de Paula (Coca-Cola) e Dayvid Carlos Tozato Piovezan (Nissan). Outras informações podem ser obtidas junto à assessoria de imprensa do Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016: imprensa.tocha@rio2016.com.
CUSTOS DO EVENTO POR CONTA DO COMITÊ E PATROCINADORES
A Prefeitura de Itaperuna esclarece que TODOS OS GASTOS referentes ao Revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016 são de inteira responsabilidade do COMITÊ ORGANIZADOR, bem como de seus patrocinadores oficiais, COCA-COLA, NISSAN e BRADESCO. A Prefeitura colabora apenas com as grades e o som. 

Ascom